patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Jejum de golos já dura há 450 minutos

Já se passaram 450' desde o último golo apontado pelo Freamunde, por intermédio de Marco Matias. O jejum dura desde a goleada ao Belenenses, a contar para a Taça da Liga - nos dois jogos seguintes, a pontaria desafinou. Em três jornadas da Liga Orangina, ainda não houve festa do golo, mas tem havido muito desperdício. Este esbanjamento tem saído caro: cada golo sofrido tem resultado em derrota, sem que haja retaliações produtivas do ataque da equipa de Nicolau Vaqueiro. Mas o azar pode ter os dias contados: nas últimas sete visitas do Varzim, os capões conseguiram marcar sempre, somando cinco triunfos.

in "O Jogo"

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Mais uma derrota!!!

O Sp. Covilhã venceu este domingo o Freamunde por 1-0, na 3.ª jornada, e alcançou o 4.º lugar da classificação da Liga de Honra. O golo apontado por Bruno Severino, de livre, aos 48 minutos, foi o suficiente para a formação da Covilhã atingir os 6 pontos, menos um do que os líderes Penafiel e Gil Vicente e os mesmos do que o Moreirense, 3.º pApós uma primeira parte em que o Freamunde foi melhor, os jogadores do Sp. Covilhã conseguiram equilibrar a partida no segundo tempo, embora o encontro só nos minutos finais tenha conquistado motivos de interesse, com lances de perigo nas duas balizas.
O golo de Severino surgiu aos 48 minutos, numa transformação exemplar de um livre direto, com a bola ainda a embater no poste. Pouco depois, aos 57 minutos, Júnior Maranhão obrigou Igor Araújo a boa intervenção e, já perto do fim, Dani teve oportunidade para aumentar a vantagem do Sp. Covilhã, mas não teve arte para ser eficaz.

Ao intervalo: 0-0
Marcador: 1-0, Bruno Severino (48').

Sp. Covilhã: Igor Araújo, Zezinho, Nuno Gomes, Wagnão, Samson, Dani, Moia, Vasco Varão, Severino (Flávio, 74'), Rincón (Vouho, 82') e Fofana (Milton, 90'+2).

Freamunde: Tó Figueira, Raviola, Hélder Sousa, Sérgio, Luciano, Tarcísio, Alonso (João, 57'), Júnior Maranhão, Maciel (Marco Matias, 45'), Bock (Larry, 65') e Pedro.

Árbitro: Manuel Mota (Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Vasco Varão (25'), Maciel (42'), Zezinho (71'), Pedro (79') e Sérgio Nunes (87'); cartão vermelho direto para Tarcísio (90'+1).

Assistência: cerca de 500 espectadores.

IN "RECORD"

Liga Orangina: 3ª jornada

RESULTADOS
3.ª JORNADA:

Feirense-Santa Clara,1-0
(Henrique 49')

Gil Vicente-Leixões, 0-0


Varzim-Trofense, 0-0


Penafiel-Fátima, 2-
(Víctor 28', Bruno Madeira 36'; Mauro 75')


Covilhã 1-0 Freamunde
(Bruno Severino 48')


Moreirense-Aves, 1-0
(Antchouet 45'+1)


Oliveirense-Estoril, 1-1
(Rui Lima 25'; Tiago Costa 78')


Belenenses-Arouca, 1-0
(Miguel Rosa 23')

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Freamunde vence Joane no "aquecimento" para a Taça

Vitória por 4-1 em jogo particular
O Freamunde venceu esta quinta-feira em casa o Joane, da 3.ª Divisão, por 4-1, num jogo particular de preparação para a estreia da equipa da Liga de Honra de futebol na edição 2010/2011 da Taça de Portugal.
Os golos da formação nortenha foram apontados por Marco Matias (26 minutos), Bock (39), Serginho, com um remate quase do meio campo (70), e Luiz Carlos (76), enquanto o tento de honra da formação do Joane foi marcado de livre por Hugo Matos (49).
Em relação ao último jogo (derrota caseira com o Gil Vicente por 1-0), o técnico Nicolau Vaqueiro procedeu a várias alterações: o guarda-redes Douglas e os avançados Marco Matias e Maciel regressaram à titularidade, enquanto o defesa Serginho, um dos últimos reforços da equipa, também foi testado no onze inicial.
Os defesas Pinto e Hélder Sousa, o médio Larry e o avançado João Rodrigues estiveram ausentes do particular, devido a lesão.
O Freamunde joga no domingo em Tábua com o Tourizense, da 2.ª Divisão, a passagem à terceira eliminatória da Taça de Portugal.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

A Festa da Taça

No próximo Domingo o Freamunde inicia a sua 3ª competição oficial da temporada, a Taça da Liga já faz parte do passado, o campeonato começou muito mal, veremos quanto tempo durará a permanência na Taça de Portugal.

TOURIZENSE SERÁ UM «OSSO DURO DE ROER»
O tourizense é um clube oriundo de Touriz, uma pequena aldeia da freguesia de Midões, concelho de Tábua, distrito de Coimbra. O estádio do Tourizense com 1300 lugares, é grande de mais para albergar todos os habitantes daquela pequena localidade que não chegam ao meio milhar.
Apesar de pertencer a uma terra modesta, o Tourizense tem-se imposto no panorama futebolistico nacional. Com várias presenças consecutivas na 2ª divisão nacional, o clube da região centro já esteve por algumas ocasiões próximo de alcançar a 2ª Liga, obtendo excelentes classificações na Zona Centro da 2ª Divisão.
Este ano o clube volta a ter aspirações altas segundo o seu treinador Tó Margarido, mais uma vez no comando técnico da equipa de Touriz.
No actual plantel entraram 19 caras novas, 9 delas ex. juniores da Académica, a «casa mãe» do Tourizense, uma vez que é o clube satélite da Briosa. Mas para além destes 9 «estudantes», também V. Setúbal, Maritimo e FC Porto, têm jovens jogadores a rodarem em Touriz.
O Tourizense define-se como uma equipa jovem e com alguma falta de experiência, mas que ao mesmo tempo compensa com uma enorme irreverência e muita qualidade técnica. O Aliados de Lordelo que o diga, na 1ª jornada do campeonato foi vergado por uns concludentes 3-0.
Na 1ª eliminatória da Taça, o Tourizense foi ao terreno do Atlético de Monsaraz (2ªB) vencer por 0-1.

O Tourizense mesmo sendo uma equipa de grande valor, o Freamunde tem capacidade para sair vencedor, assim os atletas queiram, lutem e dignifiquem a camisola que vestem.... e o Sr. Nicolau Vaqueiro não invente!!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Departamento de Formação: Resultados fim de semana


JUNIORES - 1ª Divisão Nacional Norte
SC Freamunde 1-1 Rio Ave

JUVENIS - Campeonato Nacional serie A
SC Freamunde 1-0 Varzim

INICIADOS A - Campeonato Distrital serie 2
Penafiel B 0-5 SC Freamunde

INFANTIS A - Campeonato Distrital serie 2
Gandra 0-3 SC Freamunde

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Freamunde 0-1 Gil Vicente

O Gil Vicente venceu fora o Freamunde, por 1-0, e mantém-se na liderança da Liga Orangina, só com vitórias, num jogo da segunda jornada intenso e com várias oportunidades de golo.
O golo que fez a diferença no marcador foi apontado aos 31 minutos por Ramazotti, o segundo em dois encontros, ao desviar a bola de Tó Figueira quando seguia isolado, após assistência de Rodrigo Galo.
Com este resultado, o Gil Vicente, melhor no primeiro tempo, passa a somar seis pontos, mais cinco do que o Freamunde, que pode queixar-se de algum infortúnio na fase de maior assédio à baliza contrária.
O Freamunde, com uma nova dupla de centrais, por impedimento de Sérgio Nunes (castigado) e Hélder Sousa (lesionado), foi quem primeiro rematou à baliza, mas o "disparo" de Bock, aos 18 minutos, saiu ligeiramente por cima da baliza de Murta.
Este lance teve o condão de despertar um jogo até muito disputado a meio campo, e com supremacia das defesas sobre os ataques.
O Gil Vicente, com Richard em plano de evidência a organizar jogo e também nas tarefas defensivas, ameaçou chegar ao golo aos 24 minutos, mas Tó Figueira foi rápido a sair da baliza e "roubou" a bola a Luís Carlos, que seguia isolado.
Ramazzoti marcou sete minutos depois, aos 31, dando sequência a um bom passe de Rodrigo Galo, e André Cunha, aos 37 minutos, podia ter aumentado a vantagem dos gilistas, mas Tó Figueira voltou a brilhar no último lance de perigo da formação orientada por Paulo Alves.
O Freamunde respondeu bem à desvantagem e podia ter estabelecido a igualdade ainda no primeiro tempo, por Luís Pedro, Vítor Bastos e Bock, aos 38, 44 e 45+1, sem contar com a bola no poste enviada inadvertidamente por Daniel, defesa gilista, aos 45 minutos.
O Freamunde foi ainda mais pressionante no segundo tempo, face a um Gil Vicente que foi recuando no terreno com o passar dos minutos, e João Rodrigues, aos 83, teve no pés o lance mais flagrante de golo neste período, mas atirou por cima quando tinha apenas Murta pela frente.

Jogo no Complexo Desportivo do Freamunde.

Freamunde-Gil Vicente, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.
Marcador: Ramazotti, 31'.

Freamunde: Tó Figueira, Raviola, Vítor Bastos (Maciel, 66), Luís Pedro, Luciano, Tarcísio, Larry (Brandão, 46), Junior Maranhão, Bock, Pedro Henrique (Marco Matias, 46) e João Rodrigues.

Gil Vicente: Murta, Paulo Arantes, Sandro, Cláudio, Daniel, Filipe Fernandes, André Cunha, Richard (João Vilela, 59), Rodrigo Galo, Luís Carlos (Hugo Vieira, 75) e Ramazotti (Zé Luís, 68).

Árbitro: Artur Soares Dias (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sandro (67 e 86), Filipe Fernandes (76), Zé Luís (78), Luís Pedro (81). Sandro foi expulso por acumulação de cartões amarelos (67 e 86).

in Record

Liga Orangina: 2ªjornada

RESULTADOS

Estoril-Sp. Covilhã, 3-1

(Paulo Sérgio 26', Alex Afonso 62' e Tony Taylor 89'; Abdoulaye 28')

Fátima-Varzim, 1-0
(João Pereira 5')

Arouca-Feirense, 2-2
(Paulinho 16' e Edu Souza 56'; Roberto 83' e Luciano 90'+2)


Freamunde-Gil Vicente, 0-1
(Ramazotti 30')

Trofense-Moreirense, 1-0
(Nildo 9')

Aves-Oliveirense, 3-0
(Rabiola 43' gp e 69' e Luisinho 90')

Leixões-Santa Clara, 1-0
(Feliciano, 74')

Penafiel-Belenenses, 0-0

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Taça de Portugal: sorteio da 2ª eliminatória

Tourizense x Freamunde

Realizou-se na tarde de hoje o sorteio da 2ª eliminatória da Taça de Portugal Millennium nas instalações da Federação Portuguesa de Futebol.
O Freamunde deslocar-se-a ao terreno do Tourizense da 2ª divisão.
Os jogos estão agendados para o dia 19 de Setembro (domingo), 15h00 (em Portugal continental e Açores) e 16h00 (na Madeira). Eis o resultado dos sorteio onde estiveram envolvidos 96 clubes da 2ª e 3ª divisão e, pela primeira vez, da Liga Orangina (LO).

O sorteio ditou apenas um encontro entre equipas da segunda liga nacional - o Estoril - Praia vai receber o Sporting da Covilhã.

Cartaz de Jogos


Estes são os jogos dos principais escalões de formação do SC Freamunde para as próximas duas jornadas. Os campeonatos das equipas B de Juvenis, Iniciados e Infantis, que disputam a 2ª divisão distrital iniciam-se apenas no final de semana de 18 e 19 de Setembro.
Para o próximo fim de semana, existem alguns jogos a destacar, desde logo o embate entre Freamunde e Rio Ave em juniores na disputadissima 1ª divisão nacional. O Freamunde ocupa a 2ª posição na tabela classificativa e não quererá concerteza deixar o FC Porto destacar-se na 1ª posição.
Em juvenis, o Freamunde com uma vitória e um empate até ao momento, terá que fazer tudo para conquistar os 3 pontos diante do Varzim, e assim solidificar o lugar na 1ª metade da classificação da serie A do Nacional.
De destacar também o inicio do campeonato da 1ª divisão distrital de iniciados. Depois da despromoção na temporada passada do Freamunde do Nacional para o Distrital, o objectivo desta equipa passa seguramente pelo regresso ao convívio dos «maiores». Na deslocação ao terreno do Penafiel, uma vitória seria optima para iniciar o campeonato com o pé direito.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Liga Orangina: 2ª jornada


Sábado, 17 horas
Penafiel x Belenenses

Domingo, 11 horas
Leixões x Santa Clara

Domingo, 16 horas
Freamunde x Gil Vicente ( árbitro, Artur Soares Dias)
Arouca x Feirense
Aves x Oliveirense
Trofense x Moreirense

Domingo, 17 horas
Fátima x Varzim
Estoril x Covilhã

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Um exemplo a seguir

Varzim tem o plantel mais português da 2ª Liga, além de que dos 28 jogadores que o compõem, metade é oriunda da formação poveira!!

Que ninguém tenha duvidas que este é o caminho a seguir pelos clubes mais modestos, onde as receitas não abundam, e no final das contas quem trabalhar melhor no seu departamento de formação e conseguir fazer uma melhor transição dos seus jovens atletas para o futebol sénior, vai retirar dividendos.

No futebol português, onde a maioria dos clubes é de pequena dimensão, a solução para a sua sobrevivencia passa pela formação de novos atletas, com qualidade, que no futuro possam ser vendidos e assim manter uma certa estabilidade financeira.O Freamunde recentemente foi um bom exemplo nesse aspecto, actualmente não podemos dizer que o seja. As coisas parecem não estar a funcionar, o que não parece ser por falta de boa matéria-prima (jogadores), os resultados das equipas assim o indicam.

O Varzim tal como hoje é referenciado no jornal "O Jogo", está apostado em rentabilizar os jogadores da casa, e se calhar esta vai ser a solução para solucionar os seus graves problemas financeiros.
.
"Num campeonato onde a média de estrangeiros por equipa é superior a oito jogadores, o Varzim é um exemplo ao ter, num plantel de 28, apenas dois estrangeiros. Isto sendo que um deles, o brasileiro Telmo, até já tem dupla nacionalidade.
Além disso, metade do plantel poveiro é composto por jogadores oriundos da formação. Tal facto explica-se com o trabalho de base nos escalões mais jovens iniciado pelo agora técnico da equipa sénior, Eduardo Esteves. "Esta situação não acontece por acaso e não é uma questão financeira, mas sim de ideologia. Quando a Direcção do presidente Lopes de Castro entrou em funções, convidaram-me para coordenar as camadas e iniciar um trabalho de base com vista a rendibilizar a formação. Desde então, inserir jogadores da formação nos plantéis seniores tem sido hábito", explica o técnico dos poveiros a O JOGO. Eduardo Esteves garante não haver nenhuma espécie de preconceito. "Os últimos jogadores estrangeiros que chegaram ao Varzim não foram apostas muito felizes", refere Eduardo Esteves, que admite preferir o mercado português. "Fazemos um trabalho de prospecção muito forte nas divisões secundárias, e o nosso mercado preferencial é sem dúvida o português", conclui o técnico, que neste defeso viu partir, para a primeira liga espanhola, André André, atleta formado no Varzim."

sábado, 4 de setembro de 2010

Empate em Braga em jogo treino

Sp. Braga 1-1 SC Freamunde

Que ninguém diga que está completamente bem. Há sempre um alçapão à espera ou uma equipa modesta disposta a causar boa impressão, especialmente se o adversário se chamar Braga. Transformado numa autêntica embarcação pirata, o Freamunde entrou com ferocidade na Pedreira, defendendo com unhas e dentes a sua área, e logo no começo do segundo tempo adiantou-se mesmo no marcador, por intermédio de Júnior Maranhão, que aproveitou bem a falta de rotina de Custódio na posição de lateral-direito. Do outro lado, Domingos Paciência abordava o jogo de uma forma mais descontraída, tentando dar o máximo de minutos aos jogadores menos utilizados, entre os quais Miguel Garcia e Madrid, ambos já recuperados de problemas físicos. A estrela arsenalista da tarde acabou por ser, porém, o talentoso Guilherme, que fez a igualdade após um cruzamento bem medido por Custódio (bem melhor a atacar do que a defender). Atentos ao que se passava no relvado, Paulo César e Matheus faziam gestão de esforço, de sapatilhas calçadas.

Estádio AXA

Árbitro José Carlos Silva (AF Braga)

Treinador Domingos Paciência

Felipe; Miguel Garcia, Moisés, Rodriguez e Elderson; Vandinho, Salino, Luis Aguiar e Hugo Viana; Alan e Lima

Jogaram ainda: Eduardo, Mossoró, Hélder Barbosa, Artur Moraes, Custódio, Paulão, Leo Fortunato, Madrid, Guilherme, Keita, Elton e Meyong.

Treinador NICOLAU VAQUEIRO

Douglas; Raviola, Vítor Bastos, Hélder Sousa e Luciano; Brandão, Marcelo, Alonso e Pedro; Maciel e Marco Matias.

Jogaram ainda: Luiz Carlos, Sérgio Nunes, Bock, Tarcísio, João, Ostolaza, Júnior Maranhão, Luís Pedro, Paulo Monteiro, Larry e Paulo Monteiro.

ao intervalo 0-0

GoLOS 47' Júnior Maranhão, 52' Guilherme
j
in O Jogo

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Amizade inédita com o Guimarães

Entre o Guimarães e Freamunde o que existia, até há pouco tempo, era a curta distância geográfica e a diferença no nível competitivo. Mas há menos de dois meses, as dificuldades do clube liderado por Manuel Pacheco aproximaram os dois emblemas, numa relação que se tornará histórica. E pelas razões mais vulgares no universo do futebol. As cedências de quatro jogadores vinculados aos vitorianos deram uma nova perspectiva ao Freamunde, e colmataram algumas necessidades de um plantel que começou muito tarde a ser reestruturado. À boa maneira portuguesa, é na aflição que se encontraram as melhores soluções. É aqui que entra em acção Nicolau Vaqueiro. O técnico de muitos anos de experiência socorreu-se das "boas relações com Emílio Macedo" e da "amizade com José Pereira", ex-presidente da ANTF agora director-desportivo do Guimarães, para superar obstáculos e colocar o Freamunde na rota de um candidato à Liga Europa.

Não há registos no passado que o Guimarães tivesse emprestado tantos jogadores ao Freamunde. Esta temporada já recebeu Vítor Bastos, Marcelo, Marco Matias e, recentemente, o urugaio Santiago Ostolaza. Nicolau Vaqueiro foi a ponte desta ligação, por ter tido, conta a O JOGO, "a boa lembrança em recorrer ao Guimarães, em busca de alternativas", para colmatar o vazio do plantel.

Pedro Barbosa deu o salto
O jogo-treino com o Guimarães, em Freamunde, em Julho, foi o ponto de partida para uma colaboração inédita. As memórias de intercâmbio de jogadores entre os dois clubes apontam para o sentido inverso, ou seja, saída de Freamunde para entrar em Guimarães. Pedro Barbosa brilhou ao serviço do clube da terra dos capões, dando o salto para a Cidade-Berço, e Sérgio Lomba ingressara no Freamunde vindo de Guimarães, mas não na condição de emprestado.
in "O Jogo"