patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Horácio faz sorrir Vaqueiro em Freamunde

Nicolau Vaqueiro sorriu, hoje, com o regresso de Horácio ao trabalho de campo. O treinador, que recentemente lamentou a falta de soluções ofensivas, tem assim um novo trunfo para o ataque. Horácio lesionou-se, ainda na pré-época, e procura agora ganhar ritmo para poder ser opção, algo que ainda não deverá acontecer na próxima jornada. Quem está fora das contas é Hélder Sousa, que a braços com uma lesão muscular deverá falhar as rondas seguintes. Quanto a Tarcísio, vai ser sujeito a uma ecografia para avaliar o motivo das dores musculares de que se queixa.

@OJogo

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Resumo: Freamunde 3-1 Trofense

Liga Orangina: 2ª jornada

Freamunde 3-1 Trofense
Expulsão precipita desaire forasteiro

 Foi um encontro acidentado e intenso, aquele que o Freamunde venceu, com justiça, perante um nervoso Trofense. Expulsões, frangos, autogolos, este jogo teve de tudo. A primeira parte pautou-se pelo equilíbrio, com poucas situações de perigo. Um remate de Bock desviado por Elvis, já com Marco batido, foi a mais flagrante oportunidade. Após o reatamento, o jogo mudou radicalmente. Moita, com um cabeceamento perfeito, abriu a Caixa de Pandora, e o encontro ficou ríspido. Tó Figueira ainda reequilibrou as contas, ao ser mal batido por Pedro Moreira, mas o ascendente dos da casa iria acentuar-se após a expulsão de Elvis. O Trofense, demasiado nervoso, só não acabou o jogo com menos unidades porque Nuno Almeida alargou, em demasia, o critério disciplinar. Os capões chegariam à vantagem após um lance infeliz de Santos, que marcou na própria baliza. Marco Matias ainda teve tempo de alargar a vantagem, ao aparecer isolado na cara de Marco. O Trofense ainda podia ter reduzido, mas Fortes atirou para fora.

Declarações

A equipa mostrou carácter. O Trofense podia ter acabado com menos jogadores
Nicolau Vaqueiro, treinador do Freamunde

Ficamos muito fragilizados após a expulsão. Não houve o mesmo critério. Fomos muito castigados
António Sousa, treinador do Trofense

@OJogo

domingo, 21 de agosto de 2011

Oliveirense 2-0 Freamunde

Equipa da casa dominou encontro
Dois golos de Pedrinho, ambos apontados na primeira parte, deram este domingo a vitória à Oliveirense sobre o Freamunde (2-0) na ronda inaugural da Segunda Liga.

A Oliveirense entrou no campeonato a ganhar, muito por culpa do avançado, que logo na primeira jogada do encontro frente ao Freamunde disparou a mais de 30 metros da baliza e bateu o guardião Assis.

O golo madrugador motivou a equipa de Pedro Miguel [na foto]que, dominou toda a primeira parte e, por diversas ocasiões, valeu a atenção de Assis para evitar que Guima ampliasse a vantagem.

O Freamunde tentou reagir à desvantagem, mas sempre com remates que passavam longe da baliza oliveirense. Aos 40 minutos, a equipa da casa chegou ao segundo golo, de novo, por intermédio de Pedrinho. O avançado voltou a marcar com um remate à entrada da área visitante ampliou a vantagem da Oliveirense.

Antes do intervalo destaque para o remate à barra do médio oliveirense, Ivan Santos, que ficou perto do terceiro golo.

Bock foi sempre o mais inconformado da equipa de Freamunde. No segundo tempo, as melhores ocasiões para ambas as equipas surgiram na reta final do encontro.

Aos 79 minutos, Pedrinho cruzou para Oliveira que, sem marcação, rematou ao lado da baliza do Freamunde. Os visitantes responderam na ponta final, com um livre de Pedro Moita, para lá do minuto 90, a obrigar Bruno Vale a defesa apertada.

A Oliveirense entrou a ganhar na edição 2011-12 da Segunda Liga, num jogo que marcou ainda o regresso do avançado Adriano ao futebol português.







Oliveirense - Freamunde: 2-0

Ao intervalo: 2-0

Marcadores: 1-0, por Pedrinho (1'); 2-0, por Pedrinho (40')



Equipas:


Oliveirense: Bruno Vale, Chico Silva, Banjai, Laranjeira, Nuno Lopes, Zé Pedro, Oliveira, Ivan Santos (Adriano Pereira, 70'), Rui Lima, Pedrinho (Adriano, 83') e Guima.

Suplentes: Bruno, Vítor, Luis, Zé Sousa, Rafa, Adriano Pereira, Adriano


Freamunde: Assis, Amorim, Sérgio Nunes, Luis Pedro, Serginho (Moita, 31), Nana K, Brandão (Babo, 58), Luciano (Paulo Monteiro, 65), Marco Matias, João Rodrigues e Bock.

Suplentes: Tó Figueira, Moita, Babo, Vieira, Paulo Monteiro, Batista.


Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)


Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nana K (10'), Serginho (22'), Banjai (23'), Marco Matias (30'), Brandão (38'), Zé Pedro (70'), Amorim (82'), Oliveira (88'), Nuno Lopes (90+1'), Adriano Pereira (90+1').


Assistência: Cerca de 900 espectadores.

@Record 

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Vaqueiro reivindica mais poder de fogo

Na ressaca da derrota com o Portimonense e consequente eliminação da Taça da Liga, Nicolau Vaqueiro deixou a porta aberta a reforços que tragam mais poder de fogo ao ataque. Causou, de resto, estranheza que o treinador tenha feito apenas substituições frente aos algarvios, deixando, por exemplo, o extremo Filipe Alberto a aquecer e utilizando o central Sérgio Nunes como ponta-de-lança, já numa fase de desespero.
O ex-jogador do Rio Ave Pedro Henrique, que entrou a 15 minutos do final, são, inclusive, alvo de algumas críticas por parte de Nicolau Vaqueiro, numa altura em que o ataque ficou mais carenciado com a lesão de Horácio. Pedro Henrique entrou mas não foi feliz, como frisou o treinador. "O Pedro Henrique é um ponta-de-lança, mas entrou e refugiou-se no meio-campo. Falhou um golo em que era só encostar. São coisas que um treinador não controla", desabafou. Questionado sobre a utilidade desta dupla, Vaqueiro foi claro. "Temos de sentir que o jogador quer e tem qualidade. São jogadores que ainda não estão em forma de dar o contributo à equipa, e que não têm ainda a minha confiança". Recorde-se que Pedro Henrique está no seu segundo ano em Freamunde - no primeiro disputou onze jogos da Liga Orangina e fez um golo -, enquanto Felipe Alberto chegou por empréstimo depois de uma experiência falhada no Rio Ave.
O técnico não esconde, por isso, que o clube está no mercado atrás da possibilidade de recrutar mais um nome de características ofensivas, se possível emprestado e a custo zero para o Freamunde.

"OJogo"


O poder de fogo é bom, quando uma equipa marca 2 golos e sofre 3 na sua própria casa, e apenas precisa de um empate para passar a fase seguinte, o problema não é o poder de fogo!!! Se existe algum problema ao analisar este jogo, esse problema não são os avançados que marcaram 2 golos mas sim os defesas que sofreram 3!!

Não confiam nos avançados ao seu dispôr????!!! E então confia mais num defesa central de 37 anos a jogar ao ataque nos ultimos minutos de jogo quando ainda lhe restava uma substituição???!! Desculpe lá Sr. Vaqueiro, mas isso não é não confiar nos avançados ao seu dispôr (foram os que o senhor escolheu), isso é passar-lhes um  atestado de autenticos TRÊPOS DA BOLA!!!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Bwin Cup: Freamunde 2-3 Portimonense

Mais do mesmo!



Mais uma vez o Freamunde foi afastado da Taça da Liga precocemente, e desta feita de uma forma que ninguém esperava, depois de ter começado a 1ª fase com uma vitória fora, tendo posteriormente 2 jogos em casa para conseguir somar 2 pontos, desiderato esse que ficou por conquistar por culpa própria!

Ontem ficou mais uma vez demonstrado que as equipas de Nicolau Vaqueiro sentem uma dificuldade imensa para segurar resultados, mesmo quando a vantagem é superior a 1 golo de diferença. Já na temporada passada assistimos ao filme visto ontem frente ao Portimonense, nomeadamente frente ao Arouca, Leixões, Estoril entre outros. De facto assistiu-se a um jogo dominado pelo Freamunde até atingir o golo de vantagem (2-1), bom futebol, jogadas de ataque perigosas ao primeiro toque, futebol ofensivo...bonito de se ver, a partir daqui tudo se alterou, a equipa amedrontou-se, encolheu-se, o técnico do Portimonense alterou o esquema táctico, alterou jogadores e o Freamunde foi "comido de cebolada", tudo isto visto pelo olhar impávido e sereno do Sr. Nicolau Vaqueiro. No momento que foi preciso alterar a equipa para suster o ímpeto ofensivo da equipa algarvia nada se fez, e quando se tentou fazer, já foi muito tarde, com os jogadores de cabeça perdida a insistirem no futebol directo, sem a serenidade suficiente para conseguir novamente alterar o rumo dos acontecimentos.

Foi mau demais, a equipa é verdade, pratica bom futebol, mas isso hoje em dia no futebol moderno não chega, é preciso saber segurar resultados, saber controlar partida e o tempo, saber ter a posse de bola quando é preciso, jogar feio se assim necessário, e isso nós não sabemos fazer nem de longe nem de perto, e isso meus amigos é preciso treinar-se! Como? Não sei, não percebo nada de treinos, para isso está lá a equipa técnica, que necessita rapidamente de treinar isso, ou então iremos sofrer muitos dissabores como o de ontem, as derrotas, ou melhor as revira-voltas serão uma realidade, e sem resultados positivos e pontos não há futebol bonito que aguente!!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Luís Pedro deu show

Luís Pedro foi a grande figura do amigável entre Freamunde e Vila Meã, abrindo o marcador com um golo de pontapé de bicicleta. João Rodrigues e Moita fizeram o resultado final de 3-0 para os capões. O treinador Nicolau Vaqueiro fez alinhar de início a equipa que deve ser titular frente ao Portimonense, em partida da Taça da Liga.

@OJogo

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Bwin Cup: 1ª fase, 2ª jornada

Freamunde 1-1 Moreirense
Arbitragem de fraco nível
 
Freamunde e Moreirense empataram, este domingo, 1-1 e mantém intactas as esperanças de seguirem em frente na Taça da Liga, num jogo interessante, marcado por uma arbitragem de fraco nível.

O inevitável Bock fez o golo do Freamunde, na cobrança de uma grande penalidade, aos 90+1, repondo justiça no resultado, depois de Bruno Moreira, aos 72, ter colocado o Moreirense na frente do resultado.

Num jogo em que foram mostrados 12 cartões amarelos e um vermelho, dando uma ideia distorcida do que se passou em campo, o Freamunde, em 4-3-3, entrou melhor, com os jogadores em constante movimento e boas trocas de bola, e justificava mais do que o empate ao intervalo.

Marco Matias, que viria a ser expulso, foi um dos elementos mais ativos e rápidos no ataque dos locais, protagonizando os principais lances de perigo, face a uma equipa bem organizada, muito coesa defensivamente e que teve em Bruno Moreira a sua principal referência no ataque.


Com este resultado, as duas equipas somam quatro pontos, bastando-lhes um empate na última jornada para assegurarem a passagem à fase seguinte da Taça da Liga.

@Record

sábado, 6 de agosto de 2011

Bwin Cup: 1ªfase - 2ªjornada

SC Freamunde x Moreirense


Convocados Freamunde:
Tó Figueira, Assis, João Amorim, Sérgio Nunes, Luis Pedro, Hélder Sousa, Serginho, Brandão, Nana K, Babo, Tarcisio, Bruno Magalhães, Luciano, João Rodrigues, Bock, Marco Matias, Pedro Moita, Pedro Henrique e Luis Machado.


Preço dos bilhetes:
Bancada Central: 10 euros
Bancada Lateral (descoberta) : 5 euros
Cartão Jovem: 3 euros
Sócios SC Freamunde e Moreirense FC : 5 euros

DOMINGO - 7 AGOSTO - 16 HORAS

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Vitória (4-0) ao Lousada

Num jogo que ficou marcado pela lesão de Batista
O Freamunde venceu o Lousada da 2ª divisão, por 4-0. Os golos do encontro foram apontados por Felipe Alberto, aos 13 minutos, já depois do Lousada ter desperdiçado uma grande penalidade. Aos 58 minutos, Pedro Henrique, de cabeça, fez o segundo golo. Cinco minutos depois, Nana K ampliou para 3-0 e Marco Matias estabeleceu o resultado final, aos 68.
Destaque para a lesão de Batista. O defesa, de 18 anos, oriundo dos juniores, foi uma das novidades no "onze" do Freamunde, mas saiu cedo de campo, na sequência de um golpe profundo na orelha direita. A extensão da lesão, chegou a preocupar os responsáveis das duas equipas, que chamaram o INEM. O jogador foi estabilizado ainda no local de jogo, mas depois foi transferido para o Hospital Padre Américo, em Penafiel, onde foi completamente tratado.
Neste particular em que o Freamunde utilizou uma equipa de segunda linha, o técnico repetiu apenas três dos titulares utilizados no primeiro encontro oficial da equipa em 2011/12 (vitória com o Atlético por 1-0).

@Record

Felipe Alberto brilha
O Freamunde venceu o Lousada por 4-0 num jogo realizado no recinto da formação lousadense. Felipe Alberto, reforço para esta época, foi um dos destaques, tendo mesmo apontado o golo que dava vantagem aos capões ao intervalo. O extremo brasileiro, que representou o Rio Ave, promete ser uma solução para uma das principais lacunas do plantel: a ausência de um verdadeiro canhoto nas alas.
O Freamunde dilatou a vantagem por Nana K, Marco Matias e Pedro Henrique. O médio marfinense, ex-Mirandela, tem feito uma pré-época de nível, dando indicações de que poderá ser uma das revelações do campeonato. Nicolau Vaqueiro escondeu o onze para o Moreirense. Paulo Monteiro e Horácio estão lesionados. Já Batista foi pisado numa orelha e transportado ao hospital.

@OJogo

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Juvenis

Calendário época 2011/12
Realizou-se esta tarde o sorteio do calendário de Juniores B (Juvenis), para o Campeonato Nacional da categoria, do qual o SC Freamunde faz parte pela 5ª temporada consecutiva.
A competição começa já no próximo dia 14 de Agosto (Domingo), e o Freamunde estreia-se em casa frente ao Varzim, deslocando-se no fim de semana seguinte ao terreno do Sp. Braga.

Eis o resultado do sorteio:
Série A

1. Penafiel
2. Varzim
3. Braga
4. Vitória SC
5. Vizela
6. Mirandela
7. Vila Real
8. Sandinenses
9. Rio Ave
10. Gil Vicente
11. Limianos
12. Freamunde

= Matriz de jogos =

1ª Jornada (14.08.2011): SC Freamunde - Varzim
2ª Jornada (21.08.2011): Braga - SC Freamunde
3ª Jornada (28.08.2011): SC Freamunde - Vitória SC
4ª Jornada (04.09.2011): Vizela - SC Freamunde
5ª Jornada (11.09.2011): SC Freamunde - Mirandela
6ª Jornada (18.09.2011): Vila Real - SC Freamunde
7ª Jornada (25.09.2011): SC Freamunde - Sandinenses
8ª Jornada (02.10.2011): Rio Ave - SC Freamunde
9ª Jornada (05.10.2011): SC Freamunde - Gil Vicente
10ª Jornada (09.10.2011): SC Freamunde - Limianos
11ª Jornada (06.11.2011): Penafiel - SC Freamunde

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Atlético CP 0-1 SC Freamunde

Freamunde vence Atlético com golo de Matias
Um golo de Marco Matias deu domingo a vitória ao Freamunde frente ao recém promovido à Segunda Liga Atlético, em jogo da primeira jornada do grupo C da fase de grupos da Taça da Liga .

A formação de Alcântara, em Lisboa, acusou algum nervosismo inicial permitindo ao Freamunde crescer no terreno e a assumir o jogo, com o primeiro lance de perigo a acontecer, aos 7 minutos, quando Bock introduziu a bola na baliza defendida por Botelho, mas estava em fora de jogo.

A jogar 4x3x3 o Freamunde soube explorar melhor as ofensivas pelos flancos, já que o 4x1x4x1, da equipa comandada por João de Deus não permitia jogadas de perigo pelo meio campo.

Bock, aos 25 minutos, desperdiçou a oportunidade da tarde, depois de ter ganho em velocidade à defensiva alcantrense, permitindo que Botelho atirasse para canto.

Na segunda parte a equipa comandada por Nicolau Vaqueiro entrou a todo o gás e, aos 49 minutos, Marco Matias colocou o Freamunde a vencer, o que obrigou o Atlético a colocar o avançado Aílton em campo para ir atrás do prejuízo.

Uma alteração que poderia ter sido capitalizada não fosse o atacante ter rematado contra Amorim, aos 65 minutos, desperdiçando a melhor oportunidade do Atlético. Contudo esta foi mesmo a única ação de perigo dos alcantrenses, já que o Freamunde controlou o encontro até ao final.

Marco Matias poderia ter bisado, aos 75 minutos, mas deixou-se antecipar por Botelho. O guardião do Atlético voltou a segurar o 0-1, aos 78, quando Nana K, em velocidade, assistiu Bock, que atirou com força, dando a ideia que Botelho tirou a bola para lá da linha de golo.

Contudo o melhor momento do jogo surgiu aos 90+4, quando Aílton, de fora da área, obrigou Assis à defesa da tarde e manter inviolável a baliza do Freamunde.




Jogo disputado no Estádio José Gomes, Reboleira, Amadora


Ao intervalo, 0-0.

Marcador: 0-1, Marco Matias, 50 minutos.




Atlético: Marco Botelho, Vítor Bastos, Rolão, João Meira (Rui Saramago, 71), José Coelho (Laurindo, 59), Bruno Carvalho, Tiago Caeiro, Marcelo, Filipe Ferreira (Aílton, 50), Luís Dias e Pimenta.

Suplentes: Rui Saramago, Aílton, Hélio Vaz, Mario Mateus, Gonçalo Silva e Laurindo.


Freamunde: Assis, Amorim, Nana K, Sérgio Nunes, Marco Matias (Pedro Henrique, 79), Bock, Tarcisio (Hélder Sousa, 79), Bruno Magalhães, Luís Pedro, Luciano (João Rodrigues, 65) e Serginho.

Suplentes: Tó Figueira, Hélder Sousa, Pedro Moita, João Rodrigues, Pedro Henrique, Babo e Brandão.


Ação disciplinar: Tiago Caeiro (7), João Meira (34), Rolão (39) e Sérgio Nunes (81).

Arbitro: André Gralha (Santarém).

Assistência: cerca de 300 pessoas.

@Record

Bwin Cup: Atlético 0-1 Freamunde