patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Solução «Liguilha» é a mais provavel


 «Liguilha» para alargar campeonato

Mário Figueiredo anunciou ainda que irá apresentar na próxima Assembleia Geral da Liga, agendada para 12 de março, uma proposta para a disputa de um «liguilha» no final do campeonato com vista ao alargamento do principal campeonato a 18 clubes na próxima temporada.

A proposta prevê um mini-campeonato entre os dois últimos classificados da Liga e o terceiro e quarto classificados da II Liga, ficando as duas novas vagas no campeonato principal reservadas para os dois primeiros classificados.

O alargamento da Liga de 16 para 18 clubes foi uma das promessas eleitorais de Mário Figueiredo, que terá de ver a proposta aprovada pela Federação Portuguesa de Futebol.


Liga admite apresentar queixa na Comissão Europeia
  Mário Figueiredo, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), admite vir a processar o Estado português por falta de cumprimento das regras impostas pela Comissão Europeia na atribuição de monopólios como o que oferece à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa o exclusivo das apostas desportivas.

«O monopólio da Santa Casa não cumpre a legislação europeia porque o estado português não notificou a Comissão Europeia da sua decisão de atribuir tal direito sem respeitar a lei da concorrência», explicou Mário Figueiredo aos jornalistas, esta manhã, num encontro informal, na sede da Liga, no Porto, curiosamente, horas antes de se deslocar a Lisboa para estar presente na reunião do Conselho de Ministros que discutirá uma eventual abertura do mercado de apostas on-line a outros operadores.

O presidente da Liga não poupa ainda críticas à atuação do seu antecessor no cargo, pois, diz, «este processo em que a Santa Casa reclama à Bwin e à Liga uma indemnização de 27 milhões de euros já poderia estar resolvido». Como? A resposta sai pronta: «Se a Liga, em 2003, altura em que foi atribuído à Santa Casa o monopólio das apostas, tivesse apresentado queixa na Comissão Europeia por falta de cumprimento das regras!...»

Sem apontar o dedo a quem quer que seja, Mário Figueiredo insiste em afirmar «que a Liga nada fez desde então» e até revela o facto de «todo o processo judicial de defesa estar a ser liderado pela Bwin, que assumira tais responsabilidades contratuais, enquanto a Liga nada fez para apoiar a sua defesa, confiando no trabalho dos outros».

«Fui a Florença, falei com os maiores especialistas em direito europeu da concorrência e todos me dizem que o que o Estado português fez em 2003 viola as leis comunitárias», volta à carga, prometendo, por isso, apresentar queixa nas instâncias europeias. Em causa, repete-se, estão 27 milhões de euros exigidos pela Santa Casa à Liga e à Bwin.


@ABola

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Os MAIS e os MENOS do Freamunde 2-1 Belenenses

O principal destaque é sem duvida a vitória do Freamunde, apenas a 6ª em 20 jogos, o que faz com que estes 3 pontos sejam ainda mais saborosos.
Foi uma vitória difícil, conquistada apenas nos minutos finais, mas foi ao mesmo tempo justíssima. O Freamunde apesar de não ter feito uma excelente partida, conseguiu ser quase sempre superior à turma do Restelo.


DESTAQUE

Em alta:
Marco Matias - O regresso ás grandes exibições de um excelente jogador. É um desiquilibrador nato, a sua velocidade e técnica fazem mossa nas defesas contrárias. com um Marco Matias ao seu melhor nível até final da época, existirá certamente mais confiança na conquista dos objectivos por parte dos adeptos freamundenses.

Pedro Henrique - Da fama de mau profissional a dispensável foi um passo, e de dispensado a craque foi outro. Se por um lado é um facto que Pedro Henrique no inicio da época jogou mal, parecia que andava a fazer um frete, acho que passou demasiado tempo «encostado», e agora está a provar isso mesmo. O brasileiro tem provado que tem lugar no onze titular de Nicolau Vaqueiro, e pode ser uma peça muito importante nesta recta final na luta pela manutenção.



Bruno Magalhães - actua numa posição em que é pouco notado dentro do campo, mas trabalha como poucos. Nunca vira a cara à luta, não dá um lance como perdido, corre kms. Apesar das lesões, foi e continua talvez a ser a melhor contratação do Freamunde para a época 2011/12.


Em queda

Horácio - Foi titular mais uma vez, mas continua a não convencer, muito apagado em todo o jogo e perdulário. Prometeu muito no inicio da época mas tarda em afirmar-se,e pelo contrário, parece cada vez mais piorar.

Moita - Veio como craque, mas de craque mostrou muito pouco até ao momento. Não consegue afirmar-se, muito menos ser titular e quando entre como no Domingo passado, não acrescenta nada. Um fracasso até ao momento esta contratação!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

2ª fase de Juniores sorteada. Freamunde começa na Madeira

O sorteio da segunda fase do Campeonato Nacional de Juniores da 2ª Divisão teve lugar, esta segunda-feira, no Auditório Manuel Quaresma da Sede da Federação Portuguesa de Futebol.
 
Zona 2
1. Freamunde
2. Câmara de Lobos
3. Penafiel
4. Vizela
 
Jogos:
Camara de Lobos x Freamunde - 10/3/2012
Freamunde x Penafiel - 17/3/2012
Vizela x Freamunde - 24/3/2012
Freamunde x Camara de Lobos - 31/3/2012
Penafiel x Freamunde - 14/4/2012
Freamunde x Vizela - 21/3/2012
 

Resultados do fim de semana Departamento de Formação

Jogo de consagração dos sub-16

JUVENIS B (SUB-16)
SC Freamunde 3-0 Marco
Realizou-se a ultima jornada da 1ª fase, o Freamunde ficou em 1º lugar de serie e subiu à 1ª Divisão Distrital

INICIADOS A (SUB-15)
Freamunde 2-2 Alpendorada
25ª jornada, o Freamunde manteve o 3º lugar na tabela classificativa

INICIADOS B (SUB-14)
Freamunde 2-0 Vilanovense
Depois de garantir o 1º lugar na 1ª fase, o Freamunde iniciou no Sábado o apuramento de campeão distrital, ocupando o 1º posto juntamente com mais 4 formações.

INFANTIS A (SUB-13)
Felgueiras 1-6 Freamunde
O Freamunde subiu um lugar ocupando actualmente a 5ª posição à passagem da 23ª jornada.

INFANTIS B (SUB-12)
Freamunde 5-0 Aves
O Freamunde ocupa a 2ª posição com os mesmos pontos do Lixa que é primeiro.

BENJAMINS (SUB-11)
Lagares 0-7 Freamunde
Citânia 0-5 Freamunde

ESCOLAS (SUB-10)
Paredes 1-12 Freamunde
Freamunde 6-1 Geração Honrosa

in: http://www.estrelinhascf.blogspot.com/

Resumo do Freamunde 2-1 Belenenses

Pedro Henrique recoloca os capões no trilho vitorioso

Freamunde 2-1 Belenenses
Após três jogos sem vencer Nicolau Vaqueiro abdicou do habitual 4x3x3 e armou a sua equipa com quatro unidades de ataque num voto de confiança a que os jogadores rapidamente responderam. Um livre bem cobrado por Pedro Henrique colocou os capões na frente e só o poste evitou que Horácio dilatasse. O Belenenses reagiu e chegaria à igualdade da marca de grande penalidade. Pedro Henrique continuou a levar os capões para o ataque, e após muito porfiarem, os azuis da casa chegariam ao triunfo, pelo inevitável de Pedro Henrique.

Freamunde 2 Belenenses 1

Complexo Desportivo SC Freamunde
Árbitro Bruno Paixão [AF Setúbal]
Assis
Vasco
Luís Pedro
Sérgio Nunes
Serginho a 75'
Zé Alberto a 65'
Bruno Magalhães
Bock
Pedro Henrique
Horácio a 65'
Marco Matias
TREINADOR
Nicolau Vaqueiro
Tó Figueira
Hélder Sousa
Micael Babo
Luís Machado
Luciano Cunha d 75'
Brandão d 65'
Pedro Moita d 65'
GOLOS 6' Pedro Henrique, 85' Pedro Henrique
amarelos 12' Zé Alberto, 76' Sérgio Nunes


Coelho
Duarte Machado
Pedro Ribeiro
Rafael Santos a 87'
André Pires
Fernando Ferreira
Victor Silva
Miguel Rosa
Zazá a 73'
Rui Varela a 82'
Rodrigo António
TREINADOR
José Mota
Paulo César
Sidnei
Tomané
Koukou
Léo Kanu d 87'
Victor Lemos d 73'
Waldir d 82'
GOLOS 30' Fernando Ferreira
amarelos 16' Pedro Ribeiro, 26' Duarte Machado, 54' Rafael Santos, 66' Zazá, 71' e 72' Victor Silva
vermelhos 72' Victor Silva


Os pontos são importantes para o ânimo da equipa. O penálti não existiu e intranquilizou a equipa durante algum tempo
Nicolau Vaqueiro
treinador do Freamunde


Entrámos mal no jogo, numa primeira parte muito faltosa em que não percebi o critério usado. A expulsão ditou a sorte do jogo
Marco Paulo
treinador do Belenenses 

@O Jogo

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Liga Orangina: 20ªjornada

Resultados:

Desp. Aves - Moreirense, 0-0
Oliveirense - Estoril-Praia, 0-1
Atlético - Arouca, 1-0
Trofense - União da Madeira, 1-2
Freamunde - Belenenses, 2-1

Portimonense - Santa Clara, 2-2
Sporting Covilhã - Leixões, 2-2
Penafiel - Naval, 0-0

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Convocatória para o Freamunde x Belenenses

O Treinador Nicolau Vaqueiro para o jogo relativo à 20ª Jornada da Liga Orangina convocou os seguintes jogadores:

Tó Figueira, Assis, Vasco, Batista, Hélder Sousa, Luís Pedro, Sérgio Nunes, Serginho, Brandão, Zé Alberto, Babo, Bruno Magalhães, Pedrinho, Pedro Moita, Luciano, Marco Matias, Bock, Horácio, Machado e Pedro Henrique.

http://www.scfreamunde.pt/



quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Domingo todos ao estádio!!


O Freamunde tem um jogo muito importante na luta pela manutenção, não é decisivo mas quase. em caso de derrota ou mesmo empate, o Freamunde fica em posição muito complicada na tabela classificativa, por isso a vitória frente ao histórico Belenenses é importantissima. A equipa não vive uma fase muito boa no campeonato, e embora se possa discordar das opções do treinador e da forma como a equipa é dirigida, o que está em jogo nesta partida e neste momento é a vida do clube na II liga portuguesa, e como o Sport Clube Freamunde é o que mais importa no meio disto tudo, temos que apoiar o clube neste momento mau e depois logo se verá, sabendo de antemão que mais uma derrota faz com que a margem de manobra do Sr Nicolau Vaqueiro como treinador bata completamente no fundo do poço. De qualquer forma, seja quem for que esteja à frente da equipa, a nossa obrigação como adeptos é apoiar sempre incondicionalmente o clube, que é o nosso.

Entrevista a Bock (Freamunde): "Por que motivo nunca joguei na 1.ª Liga? Não sei..."




A sua alcunha deve ser a mais gasta em crónicas desportivas. Juntar a palavra super ao nome Bock é fácil mas também só é tão utilizada porque o jogador o justifica com as exibições e os golos, algo que faz com facilidade.
O nome de guerra nem tem qualquer relação com a cerveja, herdou-o do pai, também jogador, devido a um aparelho de educação física, e quando começou a jogar deixaram de lhe chamar Fernando Jorge, passou a ser Bock, até hoje. Formou-se no FC Porto e ainda é o maior finalizador dos escalões de formação dos dragões.  
Está a disputar este campeonato pela 9.ª vez e apesar do Freamunde ocupar o 15.º lugar já marcou 9 golos. Aos 36 anos pode já não ter a velocidade de outras épocas mas a qualidade mantêm-se e quando a bola chega aos seus pés parece ficar mais feliz.


HL - Continua em boa forma, parece da idade dos outros.
BOCK - Sempre levei uma vida regrada, sem excessos, e tenho um bom ambiente em casa, a estabilidade familiar também é importante. De resto, o segredo é trabalhar com alegria. Gosto do que faço e levanto-me todas as manhãs com vontade de ir treinar. Quando é assim, torna-se mais fácil.
HL - Mas em campo parece estar sempre zangado, ralha muito.
B - Pois é. Infelizmente, não o consigo evitar. Não gosto nada de perder e durante os jogos tenho essas reações, mas não o faço para magoar ninguém, longe disso, é o meu feitio. Mal saio de campo, após os jogos, passa tudo, relaciono-me bem com toda a gente.
HL - Quantas épocas ainda espera jogar?
B - Com esta idade já não dá para fazer planos. Sinto-me bem mas se surge alguma lesão grave pode ser o fim, por isso não faço planos a longo prazo. Ultimamente tenho assinado contratos de uma época e depois vou renovando. Se não tiver nenhum azar espero jogar pelo menos mais um ano.
 
HL - Calculo que já lhe perguntaram muitas vezes, mas é mesmo estranho: por que motivo nunca jogou na 1.ª Liga?
B - Pois, de facto toda a gente me pergunta isso e a verdade é que não sei responder. Talvez pelo facto de nunca ter estado ligado a empresários, fui sempre eu quem tratou da minha carreira. Esse aspecto talvez tenha fechado algumas portas. 
HL - Vai ficar com essa mágoa.
B - Sinto alguma frustração por não o ter conseguido, mas tenho muito orgulho na minha carreira. Consegui títulos coletivos e individuais, fui o melhor marcador da 3.ª Divisão, da 2.ª e da Honra, duas vezes, faltou-me a oportunidade de jogar na 1.ª.
HL - Esta época não está a ser fácil para o Freamunde.
B - Pois não, está muito complicada. Tem faltado alguma sorte. Houve um jogo que estávamos a dominar, e a primeira vez que o adversário foi à nossa baliza marcou. Tentámos reagir e eles marcavam em cada remate, acabámos goleados.

HL - Vai ser uma luta dura até final.
B - Vai e começa já na próxima jornada. Temos de ganhar ao Belenenses para os apanharmos na classificação e, dependendo dos outros resultados, até podermos ultrapassar mais alguns adversários. Vai ser um dos jogos mais decisivos da época, temos mesmo de vencer.

Entrevista ao site: Comunidade Record 
 

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Licá (carrasco do Freamunde), foi sugerido pelo "Freamunde Allez" há 3 anos!

Por vezes dava jeito ouvir as sugestões do Blog Freamunde Allez, se calhar o clube já tinha ganho algum com isso, quer em pontos quer em euros!


O que se escreve aqui no blog nem sempre é o correcto, nem sempre as sugestões são as mais indicadas, mas por vezes até são, e se calhar dar um pouco de atenção ao que aqui é escrito e aos próprios comentários de quem visita o blog, seria um ponto a favor de quem manda na instituição.
Licá, avançado em alta na Liga Orangina, jovem, português, com um futuro promissor, foi sugerido pelo blog há 3 anos atrás, quando o Freamunde procurava reforçar o seu sector atacante em Janeiro da época 2008/2009. Naquela altura o avançado do Estoril que já apontou esta temporada 3 golos ao Freamunde, jogava na Académica e era poucas vezes utilizado, tinha apenas 20 anos e provavelmente tinha saído por empréstimo se o Freamunde tivesse mostrado interesse, na época seguinte foi para o Trofense também por empréstimo.

Foi este o post do dia 21 de Janeiro de 2009 da referida noticia

Liga Orangina: 19ª jornada

Santa Clara-Penafiel, 1-1
(Edgar 90+2'; Manoel 72' gp)

Moreirense-Leixões, 0-1
(Diego Mourão 83')

U. Madeira-Oliveirense, 2-1
(Silva 20' e 82'; Guima 70')

Trofense-Atlético, 1-0
(Reguila 62')

Arouca-Sp. Covilhã, 1-1
(Joeano 6' gp; Gabi 10' gp)

Belenenses-Portimonense, 1-1
(Rodrigo António 44'; Vítor Gonçalves 22')

Naval-D. Aves, 1-1
(Bolívia 28'; Nélson Pedroso 12') 

Estoril-Freamunde, 3-0 
(Licá 33' e 58' e Fabrício 88')

CLASSIFICAÇÃO
 

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Estoril 3-0 Freamunde: Resumo

Estoril 3-0 Freamunde

Será que desta que o treinador põe o lugar à disposição?
O Estoril-Praia venceu o Freamunde por 3-0, com dois golos de Licá e um de Fabrício, em jogo da 19.ª jornada da Liga de Honra, mantendo-se invencível como anfitrião nesta competição.
Com o terceiro "bis" da temporada, Licá, de 23 anos, ultrapassou Joeano (11 tentos) na lista dos melhores marcadores da Liga de Honra, com 12 golos. Contudo o avançado brasileiro do Arouca poderá melhorar a marca, já que defronta o Sporting da Covilhã no domingo.
Com este resultado o Estoril-Praia, que eleva para cinco os jogos consecutivos a vencer (13 sem perder), permanece invicto em casa, situação que apenas se repete na Liga, com o Benfica, FC Porto e Sporting de Braga.
A comandar a Liga de Honra, os pupilos de Marco Silva, que se apresentaram em "4-2-3-1", entraram mais confiantes no encontro, contudo a primeira oportunidade pertenceu ao Freamunde, aos 12 minutos, quando Pedro Henrique, após fintar quatro adversários, surgiu isolado na grande área para defesa de Vagner.
Os estorilistas acusaram o toque, organizaram-se e a partir daí tomaram taticamente conta do jogo e, embora não tenha criado grandes ocasiões de perigo, fez o suficiente para chegar ao intervalo a vencer, graças ao golo de Licá, aos 34 minutos.
Na segunda parte, os pupilos de Nicolau Vaqueiro entraram com a intenção de igualar a partida, empurrando o Estoril-Praia para o seu meio-campo, contudo Gerso conseguiu ganhar uma bola e arrancou a toda a velocidade para a zona defensiva do Freamunde servindo Licá, que ampliou a vantagem com o terceiro "bis" da temporada, depois de Naval 1.º de Maio e Santa Clara.
O Freamunde bem procurou o golo de honra, mas acabou por ser o brasileiro Fabrício a selar o resultado, aos 89 minutos, após assistência de Anderson.

Jogo realizado no Estádio António Coimbra da Mota

Estoril-Praia: Vagner, Anderson, Steven Vitória, Lameirão, Tiago Gomes (Tinoco, 46), João Coimbra (Rodrigo Dantas, 80), Diogo Amado, Licá (Tony Taylor, 83), Carlos Eduardo, Gerso e Fabrício.
Freamunde: Assis, Vasco (Horácio, 65), Luís Pedro, Sérgio Nunes (Babo, 81), Serginho, Bruno Magalhães, Brandão (Pedro Moita, 65), Tarcísio, Marco Matias, Pedro Henrique e Bock.
Árbitro: Rui Patrício (Aveiro).
Ação disciplinar: Cartão amarelo a João Coimbra (13), Diogo Amado (35), Marco Matias (41), Tiago Gomes (44), Pedro Henrique (54), Tarcísio (54), Bruno Magalhães (59) e Steven Vitória (63).

@Record

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Estoril praia vs SC Freamunde - Convocatória

O Treinador Nicolau Vaqueiro para o jogo relativo à 19ª Jornada da Liga Orangina convocou os seguintes jogadores:
Tó Figueira, Assis, Vasco, Sérgio Nunes, Luís Pedro, Hélder Sousa, Serginho, Tarcísio, Brandão, Babo, Bruno, Zé Alberto, Pedro Moita, Pedro Henrique, Machado, Bock, Horácio e Marco Matias.

Acção de solidariedade no Estoril x Freamunde de amanhã


A pior campanha dos últimos anos

O Freamunde conquistou, até ao momento, a menor pontuação desde que regressou à II Liga na época 2007/08, e a diferença para as temporadas transactas, em alguns casos, é bastante significativa. Com 19 pontos até ao momento, decorridas 18 jornadas, o Freamunde conta com menos quatro pontos que a época passada e com menos sete do que em 2007/08, altura em que se encontrava confortável no sétimo lugar.
Considerando que o nível pontual dos últimos lugares tem sido bastante semelhante em todos os anos, este será um motivo de preocupação para as hostes do Freamunde e para os seus adeptos, que têm visto a linha de água cada vez mais próxima. Por isso, uma vitória na próxima jornada tem um interesse fundamental, tendo em vista o objectivo do Freamunde para esta época, ou seja, assegurar a permanência na Liga Orangina. No entanto, a tarefa da equipa de Nicolau Vaqueiro não será nada fácil, pois irá deslocar-se ao terreno do líder Estoril. Além do mais, os capões ainda não venceram fora de casa esta época, conseguindo apenas quatro empates. O Freamunde é, inclusivamente, é o único emblema que não sabe o que festejar um triunfo fora de portas.

Fora a baliza parece encolher

A justificação para a má carreira enquanto visitante tem uma explicação bastante óbvia: marcar golos tem sido uma espécie de pesadelo. Apesar de, no total, ter 21 golos no campeonato, o Freamunde apenas por quatro vezes acertou com a baliza em jogos fora. Curiosamente, desses quatro, três foram da autoria de Bock, melhor marcador da equipa.

@Ojogo

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Estrelinha TV


Estádio cheio pelo Afonso

O Estoril x Freamunde é Sábado ás 16 horas

O Estoril pretende encher o seu estádio no próximo sábado, ante o Freamunde, não só para que a equipa sinta o apoio dos seus adeptos, mas, sobretudo, para ajudar o Afonso, uma criança com 6 anos que precisa de ser operada a nível pulmonar. Os ingressos custam três euros e as receitas de bilheteira revertem a favor do pequeno Afonso. 

 @OJogo

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Freamunde tem a pior pontuação à 18ª jornada das últimas 5 épocas

O Freamunde conquistou até ao momento a sua menor pontuação na II Liga portuguesa desde que regressou na época 2007/08, e a diferença para as temporadas transatas em alguns casos é bastante significativa.

2007/08 - 26 PONTOS
2008/09 - 23 PONTOS
2009/10 - 24 PONTOS
2010/11 - 23 PONTOS
2011/12 - 19 PONTOS

O nivel pontual do fundo da tabela é muito parecido em todas estas ultimas épocas, com a «linha de água» a situar-se entre os 16 e os 19 pontos. Este é mais um factor que faz os adeptos ficarem apreensivos...esperemos por melhores dias, porque o treinador parece que quer ficar até ao fim....enfim!!

Resultados dos adversários muito positivos

ANALISE DA JORNADA:
Apesar do resultado negativo do Freamunde em casa, o clube conseguiu descolar-se da equipa que está abaixo da linha de água, o U. Madeira De resto, podem até dizer que o empate contra o «candidato» Moreirense é um bom resultado (até o treinador disse isso), mas não, o resultado é negativo e não restam duvidas disso, para uma equipa que não consegue ganhar fora de casa e apenas tem 4 empates, ou seja 4 pontos conquistados, todos os jogos em casa, têm que ser para vencer, e não é por ser o Moreirense que o objectivo tem que ser diferente. O que é certo, é que, o SC Freamunde continua numa posição muito perigosa, e não fossem os adversários directos terem perdido os seus jogos de ontem, e estaríamos aqui a falar de um Freamunde em posição de descida e com a distancia para as equipas acima a começar a alargar-se.

Em termos de descida de divisão, parece que o grupo de equipas que vão lutar até ao fim por fugir a esse desiderato começa a deferir-se, e o Freamunde infelizmente vai pertencer mais uma vez a esse lote de clubes que manterá «a corda no pescoço» até à ultima jornada. Uma equipa que faz uma excelente partida na 1ª parte frente ao Moreirense e depois amedontra-se, encolhe-se e põe-se a jeito para perder o jogo(pela enésima vez ao comando deste treinador), nunca na vida pode aspirar a muito mais.

A história da Liga de Honra diz que uma equipa que está tão «enterrada» na tabela classificativa à 18ª não consegue no final da época garantir a manutenção, portanto, um dos 2 últimos lugares parece quase certo vir a pertencer ao Portimonense. Depois resta mais um clube cair na 2ª B, e esse lote de candidatos parece estar cada vez mais definido, e não fugirá muito destes: U.Madeira, Freamunde, Trofense, Covilhã, Belenenses e pode não parecer por ter uma pontuação confortável, mas o Atlético ainda vai ter que suar a camisola para se manter, dá a impressão.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Liga Orangina: 18ªjornada

Sp. Covilhã-Naval, 0-2 (Hugo Santos 4', Edvaldo 38')

Penafiel-U. Madeira, 3-1
(Diogo Viana 69', Sérgio Oliveira 72', Manoel 90' gp; Silva 52')

Atlético-Santa Clara, 0-0

Leixões-Arouca, 0-2
(Joeano 50', 55')

Oliveirense-Trofense, 5-0
(Adriano 10', 83' gp; Zé Pedro 45', Bajai 75', Guima 90+3)

Aves-Belenenses, 3-1 (João Pedro 39'; Pires 60 gp', Pedro Pereira 90+4'; Miguel Rosa 4')

Portimonense-Estoril, 0-2 (Licá, 17', Fabrício 90+1')

Freamunde-Moreirense, 1-1
(Luís Pedro 16'; Cesinha 75')


CLASSIFICAÇÃO

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Agenda Departamento de Formação


Resumo: Freamunde 1-1 Moreirense


Freamunde 1-1 Moreirense: Empate por culpa própria

O candidato Moreirense não foi além de um empate a uma bola no reduto do "aflito" Freamunde, na abertura da 18.ª jornada da Liga de Honra, num jogo de domínio repartido.
Luís Pedro colocou o Freamunde em vantagem, aos 16 minutos, na sequência de um pontapé de canto, mas o Moreirense chegou à igualdade, aos 75 minutos, por Augusto, na cobrança de um livre.
O jogo, que opunha duas equipas com objetivos e percursos diferentes na prova, teve um domínio repartido, com clara supremacia dos locais no primeiro tempo e uma boa resposta no segundo período dos forasteiros, que acabaram por justificar o empate.
Mais rápido sobre a bola e melhor nas transições, o Freamunde beneficiou da velocidade de Marco Matias e Pedro Henrique e da mobilidade de Tarcísio, responsáveis pelos melhores lances da equipa, para dominar um Moreirense que, no primeiro tempo, não mostrou argumentos de candidato à subida.
Basta dizer que a formação de Moreira de Cónegos foi para o intervalo sem ter criado oportunidades de golo, ao passo que o Freamunde marcou por uma vez, num cabeceamento do central Luís Pedro, mas desperdiçou uma mão cheia de golos.
O técnico do Moreirense, Jorge Casquilha, colocou em campo Cesinha e Wagner, a que se juntaria depois Ghilas, e a equipa melhorou de produção, assumindo e dominando o jogo face a uma equipa que foi recuando no terreno e não conseguiu repetir a boa exibição do primeiro tempo.
Com este empate, o Moreirense fez 31 pontos, mas poderá ser igualado no segundo lugar pelo Desportivo das Aves, que recebe o Belenenses, enquanto o Freamunde passou a somar 19 pontos, podendo cair na zona de despromoção, caso o União da Madeira vença o Penafiel.

Jogo no Complexo Desportivo do Freamunde.
Freamunde: Assis, Vasco Campos (Babo, 85), Luís Pedro, Sérgio Nunes, Serginho, Brandão (Zé Alberto, 66), Bruno Magalhães, Tarcísio, Marco Matias, Bock e Pedro Henrique (Horácio, 79).
(Suplentes: Tó Figueira, Zé Alberto, Hélder Sousa, Babo, Pedro Moita, Machado e Horácio).

Moreriense: Ricardo Andrade, Diogo Figueiras (Ghilas, 68), Anilton, Ricardo Fernandes, Augusto, Castro, Júlio César, Fábio Espinho, Luís Pinto (Wagner, 45+2), Tiago Carneiro (Cesinha, 40) e Bruno Moreira.
(Suplentes: Ricardo Ribeiro, Miguel Oliveira, Bru, Filipe Gonçalves, Ghilas, Wagner e Cesinha).

Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Brandão (32), Júlio César (41), Vasco Campos (64), Castro (65), Marco Matias (75) e Tarcísio (77).
Assistência: Cerca de 641 espetadores.

@Record

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Objectivos bem diferentes

O comboio da subida passa hoje por Freamunde, mas o Moreirense é o único com esperança de marcar lugar na carruagem da frente. A derrota caseira diante do Arouca, na última jornada, colocou maior pressão nos comandados de Jorge Casquilha, que em caso de novo desaire podem ser ultrapassados pelo Aves e igualados pela Naval na classificação e ver o Estoril consolidar ainda mais a liderança. Na tentativa de contrariar este cenário negativo, Jorge Casquilha promoveu alterações em relação ao referido jogo com o Arouca, deixando de fora Chico e João Vicente, os habituais donos dos flancos defensivos, posições que deverão ser ocupadas por Diogo Figueiras e Augusto. No caso do primeiro, um dos reforços, trata-se de uma estreia para o campeonato, depois de ter merecido a confiança do técnico na recepção ao Rio Ave, a contar para a Taça da Liga. Também Cesinha, outro dos reforços, deverá ser titular.
Com outras preocupações, Nicolau Vaqueiro tenta manter a equipa a respirar acima da linha de água, pelo que uma vitória pode originar uma jornada gloriosa, tendo em conta as dificuldades dos jogos dos dois últimos classificados. O Portimonense recebe o líder Estoril, enquanto o União da Madeira desloca-se a Penafiel.

Equipas Prováveis


Complexo Desportivo do SC Freamunde
Árbitro Carlos Xistra [AF Castelo Branco]  

Freamunde-Assis; Zé Alberto, Sérgio Nunes, Luís Pedro e Serginho; Bruno Magalhães, Tarcísio e Brandão; Horácio, Marco Matias e Bock
Outros convocados: Tó Figueira, Hélder Sousa, Pedro Moita, Luciano, Babo, Paulo Monteiro, João Rodrigues, Vasco Campos, Batista e Pedrinho
Treinador Nicolau Vaqueiro


Moreirense-Ricardo Andrade; Diogo Figueiras, Ricardo Fernandes, Miguel Oliveira e Augusto; Castro, Filipe Gonçalves e Fábio Espinho; Luís Pinto, Cesinha e Bruno Moreira
Outros convocados: Ricardo Ribeiro, Anilton, Bru, Júlio César, Tiago Carneiro, Wagner e Ghilas
Treinador Jorge Casquilha

@Ojogo

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Árbitro para o Freamunde x Moreirense de amanhã

Carlos Xistra foi o árbitro nomeado para o jogo de amanhã ás 20:15 horas entre o Freamunde e o Moreirense. Não é um juiz que deixe muitas saudades entre os freamundenses, pelo contrário, são vários os jogos em que os «capões» participaram durante as ultimas temporadas em que o Sr. Carlos Xistra deixou muito a desejar. De resto, é um árbitro de que poucos clubes gostam, o albicastrense em termos de qualidade como juiz de futebol é de uma gama bastante baixa. A ver vamos como se vai portar amanhã.