patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Nuno Espírito Santo: Freamunde «vai exigir de nós o maior respeito»

Não é por o Freamunde ser da Segunda Liga que merece menos respeito por parte do Rio Ave. As duas equipas defrontam-se hoje, às 18h00, e Nuno Espírito Santo, técnico dos vila-condenses, adivinha «dificuldades» frente a um adversário que exige «respeito».
«O Freamunde é uma equipa difícil, vimos isso no primeiro jogo. Foi um adversário que se bateu bem e que, entretanto, mudou ligeiramente o seu modelo», começou por dizer o técnico, em conferência de imprensa, referindo-se à primeira-mão desta eliminatória, que os vila-condenses venceram por 2x3.
Nuno Espírito Santo sabe que apesar de a sua equipa partir em vantagem o jogo de amanhã vai ser tudo menos fácil: «Adivinham-se dificuldades frente a um opositor que tem legítimas aspirações de seguir em frente na prova, o que vai exigir de nós o maior respeito e aquilo que nos caracteriza: a nossa vontade de vencer para alcançarmos o objetivo de estar na fase de grupos da competição», projetou.
Por isso, e mesmo sabendo que o Freamunde ocupa o último posto da classificação da Segunda Liga com seis pontos conquistados em 11 partidas, o treinador não alinha em facilitismos: «Vamos apresentar aquela que consideramos a melhor equipa».
Na lista de convocados para a receção aos capões, destaque para as ausências dos lesionados Rodríguez, Feliz, Pateiro e Edimar, bem como de Oblak, Edimar, Tarantini, Ukra e João Tomás, todos convocados para o jogo do último fim de semana, com o Nacional, mas que ficam de fora por opção.
Ao invés, Nuno Espírito Santo chamou Rafa, André Costa, Soares, Del Valle e Esmael.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Agenda


Maritimo B 1-0 Freamunde

BOA 2ª PARTE DO FREAMUNDE

Um golo de Kukula, logo aos 11 minutos, foi o suficiente para o Marítimo B derrotar o Freamunde, em jogo da 11.ª jornada da segunda Liga, somando os insulares o sexto triunfo em outros tantos encontros disputados em casa.

Além de ainda não ter perdido pontos em casa, o Marítimo B também ainda não sofreu qualquer golo no Campo da Imaculada Conceição e, com este triunfo, subiu provisoriamente ao quarto posto, enquanto o Freamunde, que tinha conseguido o primeiro triunfo na prova na última jornada, frente ao Atlético, continua na última posição.

Apesar da derrota, o conjunto orientado por João Eusébio transmitiu uma boa imagem no Funchal, sobretudo na segunda parte, conseguindo uma exibição que lhe poderia ter dado outro resultado.

Os madeirenses entraram bem jogo e, pouco depois de Tó Figueira ter parado uma boa tentativa de Ibrahim, Kukula conseguiu, aos 11 minutos e após uma boa jogada individual, marcar o único golo da partida.

Com este tento, o Marítimo B ganhou algum ascendente e, aos 37 minutos, após um livre de Nuno Rocha, surgiu novamente Kukula, a cabecear para uma grande defesa de Tó Figueira.

A etapa complementar mostrou um Freamunde muito pressionante e empenhado em dar a volta ao resultado e, aos 52 minutos, Christophe esteve muito perto do golo, tendo, no minuto seguinte, Ricardo Ferreira, com uma boa defesa, negado o golo a Tico.

Mesmo num terreno muito pesado, assistiu-se a um jogo com bons momentos de futebol e, aos 68 minutos, após um contra-ataque bem conduzido, Lio, com um bom corte, impediu que o Marítimo B, em contra-ataque conduzido por Nuno Rocha e João Vieira, sentenciasse a partida.

A última grande oportunidade da partida surgiu aos 87 minutos, com Sérgio Marakis a evitar que, na sequência de um livre de Pedro, o Freamunde empatasse.

Marítimo B - Freamunde, 1-0.
Ao intervalo:
1-0.
Marcador: 1-0, Kukula, 11 minutos.

Equipas:

Marítimo B: Ricardo Ferreira, Armando, Gegê, Patrick Bauer, Igor Pita, Sérgio Marakis, Nuno Rocha, Hassan (Romeu Ribeiro, 66), Kukula, João Vieira (Ricardo Alves, 85) e Ibrahim (Edivândio, 72). (Suplentes: Carin, Edivândio, Ricardo Alves, Romeu Ribeiro, André Ferreira, Alexandre Soares e Tiago).

Treinador: José Barros.

Freamunde: Tó Figueira, Zé Ferreira, Nana K, Batista, Lio, Babo (Tico, 27), Pedro, Barbosa (Machado, 75), Christophe, Bock e Diogo Ramos (Joel, 87). (Suplentes: Peter, Vieira, Joel, Machado e Tico).

Treinador: João Eusébio.

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Igor Pita (77) e Machado (90+2).

Assistência: Cerca de 100 espetadores.

RESUMO DO JOGO:  http://www.maritimo.tv/pt/emissao/play/2-2/297-maritimo-b-1-0-freamunde

domingo, 21 de outubro de 2012

Rescaldo no Zona Mista da RTP Informação

O Freamunde x Benfica para a Taça de Portugal foi analisado no programa Zona Mista da RTP informação, e para o analista de serviço ao jogo de Freamnde, o melhor jogador em campo foi Paulo Lopes, o guarda redes da equipa visitante, o que demonstra que o resultado é algo enganador apesar da vitória benfiquista ser justa.


Para Nuno Farinha, talvez o principal fracasso do Freamunde foi a fragilidade dos centrais.




 TODO O PROGRAMA EM: http://www.rtp.pt/programa/tv/p24386/c96299

sábado, 20 de outubro de 2012

Crónica do Maisfutebol

Freamunde 0-4 Benfica
É a magia da Taça de Portugal. No jogo entre o 1º classificado da I Liga e o antepenúltimo da II Liga, as diferenças não foram tão grandes como se esperava. O Benfica dominou, mas o Freamunde não desistiu de chegar ao golo.

Veja a ficha do jogo

Logo nos primeiros minutos, o Benfica começou a fazer as despesas do ataque. Com uma dupla nova: Lima e Cardozo na frente. E Sálvio e Carlos Martins a levar o jogo para a frente, rapidamente os encarnados chegaram junto da baliza de Tó Figueira com perigo. Primeiro Luizinho, num belo jogo de estreia, depois Lima, tentaram o golo, mas sem sorte.

Veja como foi o jogo Ao Minuto

Aos 16 minutos, o brasileiro acabou por conseguir. Assistência de Sidnei, com as costas após um centro do lado esquerdo e a defesa do Freamunde, que se esqueceu de marcar o jogador encarnado, viu Lima marcar o primeiro.

O Freamunde tentou responder. Primeiro Bock, depois Pedró, poderiam ter feito o empate, mas esteve muito bem Paulo Lopes, a conseguir manter a bola longe das redes encarnadas.

Aos 28 minutos, uma mancha na festa da Taça. Matic faz uma falta dura sobre Pedró, que fugia para o ataque e, quando o adversário estava no chão, pisou-o deliberadamente. O árbitro mostrou o amarelo ao sérvio do Benfica, mas em Freamunde pedia-se vermelho.

Depois, aos 45 minutos, ainda antes de o árbitro apitar para o intervalo, um lance de entendimento entre Lima e Cardozo aumentou a vantagem dos encarnados para 2-0.

Na segunda parte, o Benfica continuou a dominar, com os homens da casa a aproveitarem as bolas ganhas a meio campo para saírem para o ataque. Paulo Lopes negou o golo a Diogo, Bock e Pedró, e foi uma barreira intransponível num jogo em que a defesa cometeu alguns erros.

Na baliza contrária, apesar da boa exbição de Tó Figueira, Sálvio, com assistência do estreante Luizinho, e outro estreante, André Gomes, acabariam por marcar também, fazendo o 4-0 final.

Jorge Jesus sai de Freamunde com mais opções.
A dupla Lima e Cardoso funcionou bem na frente e com jogadas de entendimento. Seguríssimo Paulo Lopes mostrou que está à altura da baliza encarnada. André Almeida fez um grande jogo e é uma boa opção para o lugar de lateral direito e os estreantes Luizinho e André Gomes também a colocarem-se como valores a ter em conta.

 OUTROS DESTAQUES

Luizinho
Agarrou bem a oportunidade que lhe foi dada por Jorge Jesus neste jogo e mostrou uma exibição dinâmica, fazendo a transição da defesa para o ataque no corredor esquerdo com muita segurança. Fez a assistência para o golo de Salvio

Paulo Lopes
Excelente exibição do guardião das redes benfiquista na noite de estreia. Na primeira parte evitou por duas vezes aquele que poderia ser o golo do empate com duas excelentes defesas. Esteve muito seguro e conseguiu manter incólume a sua baliza, apesar de algumas investidas do Freamunde e de falhas várias da defesa.

André Gomes
Mais uma grande exibição em noite de estreia. Chamado aos 65 minutos, entrou bem no jogo e acabou por fazer um excelente jogo. Coroado, claro, com o golo que apontou: leu bem a jogada, entrou pela defesa adversária, recebeu de Jardel e tocou sem hipótese para Tó Figueira. Mostrou pormenores que fazem sonhar os adeptos: impoência física, inteligência e simplicidade de processos.

Pedró
Um jogo de encher o olho deste médio que veio do Mirandela. Um dos mais perigosos jogadores do ataque do Freamunde, conseguiu levar perigo à baliza do Benfica por mais de uma vez.

Bock
Bem o veterano jogador do Freamunde a aproveitar os espaços na defesa do Benfica e a chegar com perigo à baliza de Paulo Lopes. Ficou a faltar o golo, resultado de um pouco de falta de sorte e de uma boa exibição do guarda-redes do Benfica.

Tó Figueira
Grandes defesas do guarda-redes do Freamunde. Travou bom remates do Benfica e é o responsável por a vantagem dos encarnados não ser maior.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Resumo: Freamunde 0-4 Benfica


BENFICA VENCEU EM FREAMUNDE

Freamunde perdoou nas chances que teve
 

Os números são demasiado frios para o Freamunde, que criou algumas excelentes oportunidades mas desperdiçou-as todas. Com Cardozo e Lima o assunto é outro. Estes matam.
Veja aqui as principais incidências do jogo.

Não, não foi um simples passeio o jogo do Benfica em Freamunde. O resultado diz que sim, as oportunidades desperdiçadas pelo Freamunde garantem que não. Conclusão: quem tem Cardozo e Lima na frente tem sempre mais possibilidades de fazer golo. Foi assim que os encarnados abriram o marcador, com o brasileiro, na cara do guarda-redes, a não desperdiçar.

O Freamunde, que se bateu valentemente, até podia ter empatado. Falhou a hipótese na cara do golo e instantes depois viu como se faz: Lima serve Cardozo de cabeça e este, com um bom trabalho, aumentou a vantagem.

Ao intervalo o assunto parecia resolvido. Com Luís Filipe Vieira na tribuna e Rui Rangel no meio dos adeptos, o Freamunde esteve a centímetros de reduzir. Diogo, com a pontaria desafinada, falhou a glória. Nos encarnados, André Almeida brilhava pela direita, mas na esquerda Luisinho não se quis ficar atrás. Tirou um cruzamento impecável para Salvio, de uma vez por todas, decidir a eliminatória.

A verdade é que não faltou muito para o Freamunde criar mais uma grande chance. Jardel foi desastrado e deixou Diogo, novamente, na cara de Paulo Lopes. O resultado foi o mesmo: levou a melhor o guarda-redes.

OJogo

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Capão à Freamunde na frente das camisolas do Freamunde

A partir do jogo desta noite frente ao Benfica, o Freamunde vai jogar na frente da sua camisola com a marca "Capão à Freamunde".
O SC Freamunde passa assim a ser o maior veiculo de divulgação das principais atrações da Cidade de Freamunde, transportando na sua camisola oficial a marca das "Festas Sebastianas" e do "Capão à Freamunde"


JUNTE-SE E APOIE O CLUBE DA SUA TERRA...ELE MERECE!!!!


O pai jogou no Benfica, o filho defronta as águias

Luís Machado, FreamundeMais de dez anos antes de Luís Machado nascer, o pai, Toni, sagrou-se campeão nacional de juvenis com a camisola do Cracks Lamego e deu o salto para o Benfica. Acabaria por não ficar muito tempo nos encarnados, mas passou essa ligação ao Benfica para o filho. Agora, o avançado de 19 anos do Freamunde, tem a possibilidade de defrontar as águias no jogo da Taça de Portugal.

«Vai ser um jogo especial. Não só por ser um clube grande, mas por ser o meu clube. Mas claro que se jogar defenderei as cores do Freamunde», disse ao Maisfutebol, Luís Machado. «Vai ser um jogo difícil, mas estamos motivados e esperamos fazer uma surpresa na Taça».

E numa altura em que o clube está nos últimos lugares da II liga, com apenas seis pontos em 10 jogos, o avançado avisa: «Se conseguirmos ganhar este jogo, ganhamos confiança para o resto da época.

Dar o salto para Inglaterra

O jovem, que em 2009, com apenas 16 anos, se sagrou campeão da 3ª divisão nacional pelo Paredes, tem jogado, mas não tem sido titular na equipa de João Eusébio, ainda assim, mostra-se otimista para esta quinta-feira. «Espero jogar. Frente ao Benfica toda a gente espera jogar», disse, reconhecendo que um jogo destes «acaba por ser uma montra, sobretudo para os jogadores mais novos».

«Nunca se sabe como isto pode acabar», adiantou, recordando o salto que a carreira do pai (António Machado, conhecido no futebol por Toni) deu após ter marcado o golo na final do Campeonato Nacional de Futebol de Juvenis. E Luís Machado revelou-nos o salto que gostaria de dar: «Gostava de ir para um clube grande estrangeiro, de preferência em Inglaterra».

Aimar, o ídolo

Luís Machado confessa que Pablo Aimar é o seu ídolo no Benfica. «Gostava de lhe pedir a camisola». O argentino está lesionado e em dúvida para o jogo frente ao Freamunde, mas o avançado dos capões já tem um plano B. «Também gosto do Nolito, aprecio as características dele, e, se o Aimar não jogar, peço-lhe a camisola a ele».

Entusiasmo em Freamunde

Embora os jogadores tentem encarar o encontro com o Benfica como «outro jogo qualquer», a verdade é que, à volta, o ambiente é diferente. «Isto é uma coisa nova em Freamunde. Há mais movimentações à nossa volta, mais entusiasmo, pessoas a falar, e até sócios que voltam a aproximar-se de clube», confessa. É o efeito Taça na cidade dos capões.

Maisfutebol

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Jorge Jesus só admite ganhar em Freamunde

O Benfica desloca-se a Freamunde, esta quinta-feira, para jogar a terceira eliminatória da Taça de Portugal, em futebol. Na antevisão ao encontro o treinador dos encarnados, Jorge Jesus, mostrou-se convicto que o Benfica triunfará no jogo de amanhã.

Jorge Jesus só admite ganhar em Freamunde

Jorge Jesus fez ao início da manhã o lançamento do desafio com o Freamunde, antes do treino da equipa no centro de estágio do Seixal.

"Sabemos que vamos para o nosso primeiro jogo da Taça deste ano e a experiência diz-nos que na Taça há muitas surpresas. É uma prova na qual eles acalentam muita esperança e querem chegar à final do Jamor. Estamos preparados para todos os cenários. Temos muito respeito pelo Freamunde, mas vamos lá para passar a eliminatória, como é óbvio", realçou o treinador.

Sobre a forma como a equipa está a encerar a participação nesta prova o técnico afirmou: "Temos o maior respeito pelo Freamunde mas vamos passar, como é óbvio. A Taça é uma competição do calendário português com muito prestígio, os adeptos querem chegar à final do Jamor e o Benfica está enquadrado nesse espírito. Aqui, no Benfica, eu ainda não cheguei lá - já lá cheguei, mas não pelo Benfica".

Jorge Jesus está consciente de que nesta competição há sempre "surpresas" e é preciso estar precavido para dificuldades inesperadas que possam surgir.

Em relação aos jogadores com que conta para o desafio o técnico admitiu que poderá utilizar Cardozo mas os jogadores que estiveram envolvidos nos trabalhos das respetivas seleções devem ficar de fora.

O técnico conta com quatro jogadores lesionados para o jogo da Taça. Aimar, Carlos Martins, Gaitán e Kardec não devem recuperar a tempo do jogo de amanhã (quitna-feira).

Devido a compromissos nas seleções e gestão de esforço haverá outros jogadores que podem ser poupados e estarão neste caso: Garay, Enzo Pérez, Maxi Pereira e Matic.


LUSA

Reatório Benfica

www.facebook.com/scfreamunde

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Segue o SC Freamunde no facebook

Se és adepto, sócio ou simplesmente simpatizante do SC Freamunde, segue-o e fica a saber tudo sobre o dia a dia do clube através da sua página oficial no FACEBOOK.

Se és apenas um simples curioso ou adepto do futebol e gostas de saber tudo sobre os vários clubes a nível mundial, faz o mesmo, vai a http://www.facebook.com/scfreamunde e clica em GOSTO!


Antevisão do jogo da Taça frente ao Benfica

Freamunde: «Benfica é favorito mas temos os nossos trunfos» - João Eusébio

 Ponto prévio: o Campeonato é «o grande objetivo» do Freamunde para esta época. Não obstante, diz João Eusébio que a equipa que orienta não vai entrar derrotada no jogo de quinta-feira com o Benfica, da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

«Estamos inseridos em três competições: Campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga e o nosso grande objetivo é o Campeonato. O próximo adversário é o Benfica, é neste jogo que temos de concentrar as nossas forças mas não é o jogo mais importante», começou por esclarecer o treinador, em conferência de Imprensa.

«Sabemos qual é a qualidade do Freamunde e a do Benfica. Esperamos um Benfica muito forte, é uma das melhores equipas nacionais e, quiçá, da Europa, que pratica um futebol intenso, de muita qualidade e circulação de bola», elogiou João Eusébio, que perspetiva «um jogo extremamente difícil» diante dos encarnados.

Ainda assim, garantiu, vai o Freamunde entrar em campo com o firme propósito de lograr o apuramento para a próxima fase da prova rainha.

«O favoritismo pertence ao Benfica mas temos os nossos trunfos e a nossa capacidade. Se estivermos inspirados e ao nosso melhor nível, teremos as nossas possibilidades», afiançou.

No comando técnico do Freamunde há menos de 15 dias, realçou João Eusébio que a equipa está ainda em «fase de implementação de processos de jogo». Do outro lado, observou, apresenta-se um Benfica também «em mudança de processos», privilegiando agora «uma pressão mais baixa». 


 Freamunde: «Jogo contra o Benfica será o mais fácil do ano» - Bock

 Para Bock, capitão do Freamunde, o jogo de quinta-feira frente ao Benfica, para a Taça de Portugal, é importante por ser o próximo mas o avançado considera que será o mais fácil da época, uma vez que a prioridade do clube é o campeonato.

«É um jogo importante porque é o próximo mas estamos focados é no campeonato e nossa recuperação, depois do empate e da vitória nas últimas duas jornadas», disse Bock na conferência de imprensa na qual fez a antevisão do encontro para a Taça de Portugal.

«Estamos motivados depois da vitória sobre o Atlético, que foi muito importante, e o jogo com o Benfica agora é o mais difícil porque é o próximo mais vai ser o mais fácil que vamos ter este ano. É o jogo ideal para desfrutarmos», acrescentou o capitão, reconhecendo que a prioridade do Freamunde não é a Taça de Portugal mas sim a 2.ª Liga.

«É um jogo no qual não vamos ter medo de errar, vamos jogar à Freamunde como o Benfica vai jogar à Benfica e vamos manter a nossa identidade», sublinhou o avançado para quem «marcar ao Benfica ao Atlético [como marcou no fim de semana] é a mesma coisa»

ABola

Todos pelo Freamunde!


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Christophe vai pedir camisola a Salvio

Jogo da taça de Portugal na quinta-feira



O avançado Christophe revelou esta segunda-feira que pretende pedir a camisola do benfiquista Salvio, no caso de o argentino integrar na quinta-feira a comitiva do Benfica que disputará em Freamunde a terceira eliminatória da Taça de Portugal.

À saída de mais um treino, Christophe, de 25 anos, confirmou que só a admiração pelo extremo argentino do Benfica, a par do seu compatriota Aimar, o faz renunciar à ideia de não mais pedir camisolas a adversários, depois da experiência negativa frente ao Sporting, no seu jogo de estreia como sénior, em representação do Gil Vicente.

"Tinha 17 anos, era ainda júnior do Gil Vicente e estreei-me pela equipa principal frente ao Sporting, também no primeiro jogo do João Moutinho pelos leões. No final, para recordação, pedi a camisola ao Rui Jorge, ao Pedro Barbosa e ao Rodrigo Tello, mas todos recusaram e não voltei mais a fazê-lo", recordou.

Sete anos depois, o portista Christophe reencontra um "grande", num jogo, lembrou, que "o Freamunde vai jogar sem o peso da responsabilidade", mas "sem esperar facilidades".

"Pode acontecer [o Benfica] apresentar-se mais fraco individualmente, mas não como equipa. O Benfica é sempre o Benfica. Tememos a intensidade do seu jogo e teremos de respeitá-los muito defensivamente, mas vamos jogar à vontade, sabendo que não é nossa obrigação ganhar o jogo", sublinhou.

Christophe confessou já se ter imaginado a realizar frente ao Benfica um jogo semelhante ao do Atlético, no domingo, no qual apontou dois dos três golos que ajudaram o Freamunde a conseguir a primeira vitória na 2.ª Liga (3-2). O camisola 21 do Freamunde explicou ainda os "festejos explosivos" após os golos frente ao Atlético, que partilhou com a namorada e os adeptos, com a "raiva acumulada" pelos resultados negativos que a equipa vinha acumulando no campeonato.

"Estava à espera que este resultado pudesse acontecer, depois de tanto tempo a sofrer, e agora não podemos quebrar", afirmou Christophe, "um ala puro", que confessou sentir-se mais favorecido pelo 4-3-3 implementado por João Eusébio, em substituição do 4-4-2 usado pelo antecessor Nuno Sousa.

O avançado, que aos 17 anos realizou oito jogos na Liga, explicou a travessia no deserto com uma lesão no joelho sofrida no último ano da formação, mas prometeu "agarrar com tudo" esta segunda oportunidade para confirmar o seu potencial.

Freamunde e Benfica defrontam-se pelas 20 e 15 de quinta-feira, num jogo referente à terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol.

LUSA

Cristophe e Bock fizeram a diferença

Freamunde-Atlético, 3-2

 

O Freamunde alcançou este domingo a primeira vitória na II Liga, ao derrotar em casa o Atlético, por 3-2, num encontro da 10.ª jornada decidido com um "bis" de Cristophe.

O avançado freamundense foi a figura do encontro, pelo que correu, fez jogar e pelos dois golos marcados, aos 38 e 72 minutos. O inevitável Bock marcou o terceiro do Freamunde, aos 79, enquanto os tentos do Atlético foram apontados Ailton, que também bisou, aos 49 e 88 minutos.

No segundo jogo de João Eusébio no comando técnico dos freamundenses, a equipa local apareceu em campo num sistema diferente do que era habitual com o seu antecessor, Nuno Sousa, passando do "4-4-2" para o "4-3-3", e pareceu mais solta.

Os locais, sempre por cima no jogo, colocaram-se em vantagem aos 38 minutos, por Cristophe, que aproveitou um corte incompleto de Tininho, na sua grande área, para bater Leão. Na segunda parte, o Atlético surgiu em campo com Quinaz, que substituiu o médio mais defensivo Hugo Pina, e a equipa mostrou mais ambição, tendo conseguido restabelecer a igualdade aos 49 minutos, num lance de contra-ataque, simples e rápido, com Hernani a centrar para Ailton, nas costas de Batista, aparecer e "fuzilar" Tó Figueira.

A formação freamundense acusou o golo e, durante alguns minutos, o domínio do jogo foi repartido, assim como as oportunidades: Com o jogo aberto, seria o Freamunde a recolocar-se na frente do marcador, por Cristophe, aos 72 minutos, a emendar com a biqueira da bota esquerda uma receção de bola defeituosa, e, sete minutos depois, Bock aumentou a vantagem, a concluir a melhor jogada do encontro, depois de uma triangulação envolvendo Cristophe e Pedró.

A reação do Atlético foi positiva e ainda fez tremer os locais, quando Ailton, aos 88 minutos, a centro de Hernani, voltou a marcar no encontro, mas o resultado não sofreria mais alterações. Com esta vitória, a que se segue ao empate conseguido na Covilhã, o Freamunde passou a somar seis pontos e, provisoriamente, deixou a zona de descida, enquanto o Atlético, que averbou a sétima derrota na prova, manteve os nove pontos.

Jogo no Estádio do Complexo Desportivo do Freamunde




Marcadores: 1-0, Cristophe, 38 minutos. 1-1, Ailton, 49. 2-1, Cristophe, 72. 3-1, Bock, 79. 3-2, Ailton, 88
- Freamunde: Tó Figueira, Zé Alberto, Batista, Luís Pedro, Tico, Nana K, Brandão (Barbosa, 46), Pedró, Cristophe, Bock (Joel, 90+3) e Diogo (Pedrinho, 89)
Suplentes: Peter, Tiaguinho, Barbosa, Edu, Pedrinho, Machado e Joel
Treinador: João Eusébio

- Atlético: Leão, Luís Dias, Paulo Renato, Hugo Carreira, Tininho (Julian, 76), Hugo Pina (Quinaz, 46), Marco Bicho (Adilson, 69), Taira, Vasco Varão, Hernani e Ailton
Suplentes: Janota, Vítor Moreno, Bernardo, Quinaz, Julian, Adilson e Diogo Pires
Treinador: António Pereira

Árbitro: Renato Gonçalves (Guarda)
Ação disciplinar: cartão amarelo para Hugo Pina (44), Nana K (56), Pedró (62), Tó Figueira (73) e Tico (90+3)
Assistência: Cerca de 600 espetadores

LUSA

FOTOS: www.facebook.com/scfreamunde

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Preço dos bilhetes para o Freamunde x Benfica



Sócios SCF - 8 euros
Superior - 11 euros
Bancada Central - 22 euros

Cartão Jovem - 5,5 euros

NOTA: Os Bilhetes não estarão disponíveis antes de segunda-feira, pelo que não vale a pena procurar antes. Logo que estejam disponíveis o clube avisará.

Freamunde-Benfica antecipado para dia 18 de outubro

Federação e Freamunde acederam ao pedido das águias


A Federação Portuguesa de Futebol e o SC Freamunde aceitaram o pedido do Benfica para antecipar o encontro com o Freamunde, referente à 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. O jogo estava agendado para dia 21 de outubro, passando agora a disputar-se no dia 18.

O pedido das águias tem como objetivo dar mais tempo à turma encarnada para preparar a deslocação ao reduto do Spartak Moscovo, na Champions, no dia 23.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Benfica quer antecipar jogo com Freamunde



Jorge Jesus quer mais tempo para preparar a Taça (foto ASF)Benfica pediu esta segunda-feira a antecipação do jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Freamunde, marcado para o próximo dia 21, um domingo.

Os encarnados pretendem que o encontro se realize na sexta-feira anterior, dia 19, de modo a poder preparar com mais tempo a partida da Liga dos Campeões, diante do Spartak Moscovo, no dia 23.

De resto, a data inicialmente marcada pela Federação Portuguesa de Futebol para o Freamunde-Benfica terá mesmo de ser alterado, uma vez que o clube da Luz joga em Moscovo logo na terça-feira. Ou seja, terá de ter 72 horas obrigatórias de descanso, levando o jogo para sábado ou, como quer o Benfica, para sexta-feira.

O pedido de antecipação já foi enviado para o Freamunde, esperando agora a direção do Benfica uma resposta positiva para solicitar a alteração à Federação Portuguesa de Futebol. 


ABola

domingo, 7 de outubro de 2012

Sp. Covilhã-Freamunde, 0-0: Visitantes continuam sem vencer

O Freamunde continua sem vencer na II Liga, mas conquistou o terceiro ponto no empate de hoje (0-0) em casa do Sporting da Covilhã, num encontro em que os serranos foram melhores.

Se no primeiro tempo o último classificado conseguiu responder e até criar algum equilíbrio, após o reatamento limitou-se a defender, perante uns "Leões da Serra" avassaladores, mas perdulários. Na primeira metade, cada uma das equipas criou duas boas ocasiões, mas ao intervalo mantinha-se o nulo.

Os serranos foram os primeiros a criar perigo, aos seis minutos, num remate a rasar o poste de Paulo Grilo. Diogo, de livre, respondeu, mas Jorge Batista resolveu. Os "Leões da Serra" voltaram a assustar, por Fabrício, e os visitantes por Pedró. Ao minuto 14, Tó Figueira, com o pé, negou o golo certo a Fabrício, à boca da baliza. Seis minutos depois foi Adriano, solicitado por Dani, a fazer a bola passar um palmo acima da trave. Quando estavam jogados 28 minutos, Christophe também esteve perto do golo e, aos 40, Nana atirou ao lado.

No segundo tempo, o jogo teve sentido único: o da baliza do Freamunde. O Sporting da Covilhã entrou com as linhas mais subidas, a empurrar o adversário para o seu reduto e, constantemente, a rondar as redes defendidas por Tó Figueira, mas faltou eficácia na finalização. Adriano e Nené estiveram perto de inaugurar o marcador. Ao minuto 64, Tó Figueira fez a mancha a Fabrício, que, isolado, voltou a não conseguir desfeitear o guardião.

Aos 73 minutos, o guarda-redes do Freamunde tirou a bola da cabeça de Fabrício quando o golo parecia iminente. Aos 86 minutos, Tarcísio ficou a reclamar grande penalidade e, aos 89 minutos, Fabrício, pela terceira vez sozinho frente a Tó Figueira, não conseguiu concretizar nem dar os três merecidos pontos aos serranos.

Jogo no Complexo Desportivo da Covilhã

Sporting da Covilhã - Freamunde, 0-0

- Sporting da Covilhã: Jorge Batista, Edgar, Gaspar, Ricardo Rocha, Dani Matos, Gilberto, Nené (Moreira, 76), Grilo, Tarcísio, Adriano (João Rodrigues, 60, Gui, 85) e Fabrício

Suplentes: Igor Araújo, Paulico, Filipe Fernandes, Milton, Gui, João Rodrigues e Moreira

Treinador: Filipe Moreira

- Freamunde: Tó Figueira, Laranjeiro, Baptista, Nana, Lio, Brandão, Zé Alberto (Barbosa, 79), Pedró, Christophe (Joel, 76), Bock e Diogo (Machado, 90+4)

Suplentes: Peter, Barbosa, Joel, Machado, Tico, Pedrinho e Fábio Jorge)

Treinador: Rui Martins

Árbitro: Manuel Oliveira (Porto)

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Dani (34), Lio (38 e 90+3) Nana (40), Gilberto (71), Brandão (86). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, a Lio (90+3).

LUSA

Segunda Liga: 9ª jornada

Sp. Covilhã-Freamunde, 0-0

Atlético-Trofense, 2-1 (Adilson 46 e Rui Varela 90+2; Paulinho 32')

Marítimo B-Arouca, 3-0 (Nuno Rocha 27', Ruben Brígido 71' e Kukula 90+3)

Leixões-Naval, 4-3 (Mailo 14', Quinzito 38' e 49' e Tiago Borges 51'; Tozé Marreco 8', Roberto 13' e Vila 32')

Penafiel-Sp.Braga B, 2-0
(Ferreira 32', Robson 76')

V.Guimarães B-Santa Clara, 2-1
(Índio 68' e Tiago Rodrigues 85'; Porcellis 47')

Oliveirense-Feirense, 2-0 (Diogo 20' e Carlitos 78')

Tondela-U.Madeira, 3-2(Fonseca 37', Luís Aurélio 38' e Tiago Barros 66'; Ouattara 33' e Hugo Morais 45+3)

Portimonense-Benfica B, 3-3 (Ruben Fernandes 33', Roberto 39 e Márcio 90+3 ; Ivan Cavaleiro 4', Kardec 25' e André Gomes 47')

Sporting B-FC Porto B, 2-0
(Esgaio 43' e Eric Dier 55')

D. Aves-Belenenses, 2-1
(Rabiola 68' e 86; Fernando Ferreira 22')

João Eusébio: "Nasci para sofrer"

Treinador lembra que enfrentou situações difíceis em quase todos os clubes por onde passou e atingiu os objetivos.
O treinador João Eusébio foi apresentado em Freamunde e assumiu como primeira preocupação melhorar os resultados da equipa, motivando os jogadores para criar um "grupo forte". "Nasci para sofrer e, em quase todos os clubes por onde passei, sofri, mas consegui os objetivos. O primeiro critério é aparecer o resultado desportivo e depois se verá, tem o seu tempo e a sua estratégia", disse João Eusébio, na conferência de apresentação.

Prometendo "dar o máximo" para retirar a equipa nortenha do último lugar da II Liga, João Eusébio, de 50 anos, disse apostar no trabalho como receita para a crise de resultados, através da valorização dos ativos do clube. "Com a crise, os clubes têm cada vez mais de olhar para o seu produto interno (jogadores) e, pelo que me foi dado ver, vê-se que são jogadores jovens irreverentes, que querem aprender e a quem é fácil transmitir", sublinhou, no final do primeiro treino que orientou no relvado secundário de Freamunde.

João Eusébio disse ser necessário retirar o melhor dos jogadores mais experientes e usar isso como ensinamento dos mais novos, seguindo o princípio de que "o que importa é entender o jogo". A ideia de modelo de jogo e a filosofia da equipa técnica visam "criar um grupo forte", mas, nesta fase, insistiu, "o mais importante é trabalhar a motivação e o estímulo dos jogadores". "Nas vitórias, tudo é fácil. A vitória dá tudo, moraliza a equipa e a direção, e é essa dinâmica que queremos", disse, reconhecendo que esta fase de avaliação é a primeira de uma "caminhada longa", sem especificar se o plantel irá ser reforçado.

João Eusébio substitui Nuno Sousa, que rescindiu após a derrota com o Sporting B (2-0), na sequência de uma série de resultados negativos. Com oito jornadas realizadas na II Liga de futebol, o Freamunde ocupa o último lugar, com dois pontos, menos três do que o trio formado por Braga B, Feirense e Naval.

LUSA

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Babo mais uma vez na selecção

Preparação com Austrália
Quarta-Feira , 03 Outubro 2012
O Treinador Nacional, Edgar Borges, divulgou, esta quarta-feira, a lista de convocados para os compromissos de preparação da Selecção Nacional Sub-20 diante da sua congénere australiana.

Para as partidas que servem os interesses de preparação da Equipa das Quinas que irá estar presente no Campeonato do Mundo Turquia 2013, agendadas para os dias 11 e 14 de Outubro, em Mafra e no Estádio Nacional, respectivamente, o técnico chamou 20 jogadores.
Entre os convocados estão 13 jogadores que podem estrear-se na Selecção Sub-20, mas apenas o defesa do Arsenal, Elton Monteiro, pode cumprir a sua primeira internacionalização.
Eis a lista completa de convocados:
Anorthosis FFC: Pedro Almeida;
Arsenal FC: Elton Monteiro;
Benfica: André Gomes e Ivan Cavaleiro;
Blackburn Rovers: Rafael Veloso;
FC Aprilia: Aladje;
FC Barcelona: Agostinho Cá;
FC Porto: Tiago Ferreira e To-Zé;
Liverpool FC: João Carlos;
Marítimo: José Sá;
SC Braga: Tomas Dabo;
SC Freamunde: Babo;
Sporting: Betinho, João Mário, Michael, Ricardo Esgaio e Tiago Iliori;
Vitória FC de Setúbal: Kiko;
Vitória SC de Guimarães: Ricardo Pereira.
Clique aqui para consultar o Mapa de Internacionalizações dos jogadores convocados.

João Eusébio já trabalha


terça-feira, 2 de outubro de 2012

João Eusébio novo treinador do Freamunde

O treinador João Eusébio será o próximo treinador, do Sport Clube de Freamunde, começando já amanhã a trabalhar com a equipa, tendo acordado contrato até ao final da época. João Eusébio conta com passagens pelo Rio Ave, Bragança, Trofense, Gil Vicente, Chaves, Covilhã e Esposende, tendo como pontos altos dois titulos da 3ª Divisão e uma subida à 1ª Liga com o Rio Ave. O técnico, de 50 anos, trará como adjuntos Paulo Lima Pereira, seu adjunto de longa data,  e o Prof. Nuno Barbosa, que foi jogador e treinador das camadas jovens do Freamunde, que tratará da parte física. Rui Ribeiro continua no clube nas funções de treinador de guarda-redes.

in: www.scfreamunde.pt

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Freamunde rescindiu com Nuno sousa





O Freamunde rescindiu por mútuo acordo o contrato com Nuno Sousa, devido aos resultados desportivos, confirmou, esta segunda-feira, à agência Lusa o próprio treinador.


"Falámos no final do jogo com o Sporting B, a direção disse-me que estava a ser pressionada devido aos resultados e, apesar de dizerem que estavam satisfeitos com o meu trabalho, acabámos por chegar a um acordo de rescisão", disse Nuno Sousa.

Estreante nos campeonatos profissionais de futebol, o técnico, de 32 anos, reconheceu que "era muito importante começar [a época] com vitórias", o que não se verificou, tendo em conta a mudança no modelo de jogo e nos elementos que integraram o plantel.

"Há miúdos com muito valor, que vieram de escalões inferiores, mas que precisam de tempo. Viemos para uma equipa que tinha um modelo de jogo diferente do que pretendíamos e, em alguns jogos que podíamos e merecíamos ter vencido, não fomos felizes", argumentou o técnico. Nuno Sousa despediu-se hoje dos jogadores, garantindo que "sempre foram impecáveis".

Nenhum elemento da estrutura do Freamunde esteve disponível para explicar a saída do técnico, apresentado no início da época como uma aposta da atual direção.

Após oito jornadas cumpridas na II Liga de futebol, o Freamunde ocupa o último lugar, com apenas dois pontos, menos três do que Sporting de Braga B, Feirense e Naval 1.º de Maio.

@Record
foto: OJogo

Freamunde-Sporting B, 0-2: Esgaio resolve com bis

Dois golos de Ricardo Esgaio garantiram, este domingo, ao Sporting B uma vitória tranquila na deslocação a Freamunde, por 2-0, na oitava jornada da 2.ª Liga, marcada pela estreia nos leões do indiano Sunil Chhetri .

A tranquilidade da vitória do Sporting B, alcançada no segundo tempo, permitiu a estreia do internacional indiano, lançado pelo técnico Oceano Cruz aos 88 minutos, num jogo em que a figura foi Ricardo Esgaio, que bisou, somando o sétimo golo da época, seis deles de grande penalidade.

O Sporting B não precisou de forçar muito o andamento para vencer uma equipa intranquila, no último lugar da prova, com Bruma, João Mário e Ricardo Esgaio em plano de evidência, ao obrigarem Tó Figueira, guarda-redes do Freamunde, repetidamente a mostrar serviço.

Ainda antes do golo de Esgaio, aos 49 minutos, num lance individual em que não teve a oposição dos defesas contrários, o Freamunde, pelo inevitável Bock, podia ter inaugurado o marcador, mas o remate do avançado saiu por cima.

A toada do jogo manteve-se no segundo tempo, com o Sporting a dominar, face a uma equipa curta, que só voltou a incomodar Golas num cabeceamento de Babo, aos 60 minutos, antes de o mesmo Ricardo Esgaio bisar no jogo, aos 65, na cobrança de uma grande penalidade, a castigar uma pretensa falta de Tó Figueira sobre Santiago Arias.

Até ao final, os pupilos de Oceano Cruz limitaram-se a gerir a vantagem, num final do encontro marcado pela contestação dos adeptos locais ao técnico Nuno Sousa. Com esta vitória, o Sporting B passou a somar 19 pontos, menos dois que o líder Belenenses, enquanto o Freamunde manteve os dois e o último lugar.

Jogo no estádio do Complexo Desportivo do Freamunde.

Freamunde - Sporting B, 0-2.
Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:
0-1, Ricardo Esgaio, 49 minutos.
0-2, Ricardo Esgaio, 65' (grande penalidade).

Equipas:

Freamunde: Tó Figueira, Laranjeiro, Brandão, Luís Pedro, Tico, Babo (Diogo, 71), Barbosa (Machado, 54), Pedró, Lio, Joel (Cristophe, 79) e Bock. (Suplentes: Peter, Zé Alberto, Nana K, Fábio Jorge, Machado, Diogo e Cristophe). Treinador: Nuno Sousa.

Sporting B: Victor Golas, Santiago Arias, Tiago Ilori, Pedro Mendes, Eric Dier, Luís Almeida (Júlio Alves, 85), Zezinho, Ricardo Esgaio (Jorge Chula, 85), João Mário, Bruma e Diego Rubio (Sunil Chhetri, 88). (Suplentes: Luís Ribeiro, Júlio Alves, Sunil Chhetri, Jorge Chula, Nii Plange, Ruan Yang e Lucas Patinho). Treinador: Oceano Cruz.

Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Bock (60), Tó Figueira (64), Lio (68) e Luís Pedro (80).
Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.