patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Arouca 1-0 Freamunde

Grande penalidade garante vitória

GOLO DE KIKO AOS 54 MINUTOS
O Arouca despediu-se este domingo da Liga Orangina 2010/11, na qual fez a estreia em competições profissionais de futebol, com uma vitória em casa frente ao Freamunde, com um golo conseguido na conversão de uma grande penalidade.

A partida foi muito morna, com ambas as equipas a pensarem nas férias e o Freamunde chegou mesmo a dispor de uma grande penalidade, aos 93 minutos, por Bock, que acabaria por ser desperdiçada.

A primeira parte foi desinteressante, essencialmente disputada junto à linha de meio campo e sem jogadas de perigo.
Ao quarto de hora Maciel apareceu sozinho no lado direito do ataque e valeu Kiko para tirar a bola quase em cima da linha de golo. Dois minutos depois foi a vez de Hugo Cruz falhar golo para os locais.

A segunda parte começou lenta, mas, aos 53 minutos, Pedro Soares mostrou toda a sua valia, travando dois remates do Freamunde, o segundo com uma defesa acrobática.
No minuto seguinte o árbitro assinalou grande penalidade a favor do Arouca. Kiko converteu e igualou Jeremie N'Jock como melhores marcadores do Arouca, com 11 golos.
Aos 85 minutos, Luiz Carlos serviu Bock que falha um golo fácil, algo pouco habitual no melhor marcador da Orangina.

Ao intervalo: 1-0.
Marcador:1-0, Kiko, aos 54 (gp).

Arouca: Pedro Soares, Bruninho, Fernando, Kiko, Paulinho, Nené (Diogo, aos 70), Hugo Cruz, Jorge Leitão, Hélder Silva, Hugo Monteiro (Edu Souza, aos 53) e Romeu Torres (Jeremie N'Jock, aos 81).
Suplentes: Marco, Filipe, Diogo, Edu Souza, André Soares, Jeremie N'Jock e Pardieiro).

Freamunde: Douglas, Raviola, Sérgio Nunes, Hélder Sousa, Paulo Monteiro (Luciano, aos 67), Luis Pedro (Bock, aos 70), Alonso, Brandão, João Rodrigues (Marcelo, aos 69), Maciel e Luiz Carlos.
Suplentes: Tó Figueira, Bock, Luciano e Marcelo.

Árbitro: Rui Costa (Porto).

Ação disciplinar - Cartão amarelo a: Hugo Cruz (36), Luis Pedro (39), Hugo Monteiro (43), Kiko (44), Helder Sousa (54) e Jeremie (90+2).

Assistência: cerca de 300 espetadores.

@Record

Nenhum comentário: