quarta-feira, 20 de maio de 2015

Todos ao estádio mostrar a nossa força!!



Se calhar, pela primeira vez na história do futebol português, a 2ª Divisão ganha destaque em relação ao 1º escalão. Com a Liga Nos quase sem interesse na ultima jornada, onde quase tudo está decidido, a II Liga mostra o quão competitiva é e tem uma ultima jornada super emotiva. E por esse motivo, é talvez inédita uma jornada da II Liga ser jogada e transmitida em directo (2 jogos) ao Domingo ás 17 horas, e a Liga Nos ser jogada na sua totalidade no Sábado.

O jogo Freamunde x Tondela será certamente um jogo com uma audiência acima da média, sendo ele jogado num horário muito mais «nobre» do que um Domingo ás 11:15h como habitualmente.

Freamundenses, vamos mostrar ao país que temos um grande clube. Que mesmo não subindo de divisão e mesmo este ser um jogo quase a«feijões», somos um clube grande.
Vamos ao estádio homenagear a nossa equipa que fez uma grande época e merece todo o nosso apoio!

Segundo a imprensa, vão dirigir-se a Freamunde cerca de 1000 adeptos do Tondela. Vamos recebe-los com toda a cortesia, mas vamos mostrar que somos melhores do que eles. TODOS AO ESTÁDIO!

#SeElesSão1000
#NósSeremos2000

terça-feira, 12 de maio de 2015

Beira-Mar-Freamunde, 1-1: Empate penaliza visitantes

O Beira-Mar e o Freamunde empataram este domingo a um golo, em jogo da 44.ª jornada da 2.ª Liga, disputado em Aveiro e marcado pela eficácia.

Com este empate, os visitantes ficaram praticamente arredados da luta pela subida, enquanto o Beira-Mar permanece tranquilo na classificação, somando oito partidas sem perder.

O jogo teve poucas situações de golo de parte a parte, mas a equipa visitante entrou melhor e foi mais consistente no primeiro tempo, perante um conjunto da casa, que só conseguiu impor o seu futebol na segunda parte.

O golo dos forasteiros foi marcado aos 22 minutos por Rocha, que, na sequência de um pontapé de canto, rematou para o fundo das redes da baliza do Beira-Mar, após defesa incompleta do guardião Rui Rego.

Ao minuto 60, Dally esteve próximo de dilatar a vantagem, numa jogada de confusão na área dos aveirenses, que quase resultou em golo para o Freamunde.

O jogo só ganhou novo fôlego no segundo tempo, após a dupla substituição no conjunto auri-negro ao minuto 68, em que o técnico Paulo Alves lançou na partida o defesa Diego e o avançado Edema.

Aos 74 minutos, o recém-entrado Edema igualou as contas do jogo, numa jogada rápida do ataque aveirense, dando o melhor seguimento ao cruzamento providencial de André Nogueira.

O Beira-Mar galvanizou-se e dois minutos depois, Nadson voltou a estar perto do golo, mas o avançado da turma de Aveiro permitiu a defesa do guardião Marco para fora.

Aos 88 minutos, o Freamunde podia ter fechado o encontro, num remate de cabeça de Dally, que passou muito próximo da baliza do Beira-Mar, mas o avançado não conseguiu concretizar a derradeira oportunidade para desfazer a igualdade na partida.

Jogo no Estádio Municipal de Aveiro

Beira-Mar - Freamunde, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Rocha, 22 minutos.

1-1, Edema, 74.

Equipas:

Beira-Mar: Rui Rego, André Nogueira, Fábio Santos (Diego, 68), Alan Henrique, Vítor Vinha, Assis, Kingsley, Anderson (Alex, 88), Manafá (Edema, 68), Chaparro e Nadson.

Suplentes: Diego, Miguel, Piffero, Alex e Edema.

Treinador: Paulo Alves.

Freamunde: Marco, Mesquita, Luís Pedro, Rocha, Raínho, Barbosa, Pedrinho, Robson (Leandro, 42), Ansumane (Paulo Roberto, 82), Jô e Djim (Dally, 59).

Suplentes: Jorge Baptista, Amadeu, Braima, Tiago Leão, Leandro, Paulo Roberto e Dally.

Treinador: Filipe Rocha.

Árbitro: Artur Soares Dias (Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Rocha (30), Anderson (78), Diego (90+1) e Paulo Roberto (90+1).

Assistência: cerca de 400 espetadores.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Freamunde 1 - 1 Chaves

Num jogo de candidatos à subida, Freamunde e Chaves empataram esta quarta-feira 1-1, um resultado da 43.ª jornada da II Liga que desagrada a ambos, após jogo repartido e decidido em lances de bola parada. 

O Freamunde inaugurou o marcador por Pedrinho, aos 22 minutos, de livre direto, mas o Chaves restabeleceu a igualdade por Patrão, aos 42, na cobrança de uma grande penalidade, a punir uma entrada de Barbosa sobre Luís Pinto na área freamundense.

O lance pareceu regular, mas os adeptos locais queixaram-se com razão do critério do internacional Duarte Gomes, tanto em termos disciplinares, como na marcação das faltas.

Num estádio bem muito bem composto para um dia de semana, o jogo foi dividido, com alternância de posse de bola, apesar de os melhores lances do jogo terem pertencido aos locais, face a um adversário que, em função das credenciais que apresenta desde o início da época, devia de ter mostrado mais ambição.

Os flavienses contaram com um inspirado João Góis, reforço do Paços de Ferreira que se mostrou hoje ao técnico Paulo Fonseca, presente nas bancadas, mas revelaram dificuldades na construção de jogo e, sobretudo, na aproximação à área contrária.

Numa partida muito tática, com as defesas a anularem os ataques, o Freamunde, mais atrasado na classificação, arriscou tudo e, mesmo sem grandes lances de perigo junto das duas balizas, podia, já nos descontos, ter marcado, mas Leandrinho, calculou mal a entrada à bola, e desperdiçou a mais flagrante oportunidade de todo o jogo.

Com este empate, o Chaves, agora com 73 pontos, perdeu o segundo lugar para o Sporting da Covilhã, com 74, que hoje goleou na receção ao Oriental por 7-1.

O Freamunde, por sua vez, é oitavo, com 69, e pode ter-se despedido em definitivo da discussão por um dos dois lugares de subida na II Liga, que continua a ser liderada pelo Tondela (79 pontos), surpreendentemente derrotado em casa pelo Desportivo das Aves (3-0), desperdiçando a oportunidade de celebrar já hoje a inédita promoção.

Jogo no estádio do SC Freamunde, em Freamunde.

Freamunde - Desportivo de Chaves, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcador:

1-0, Pedrinho, 22 minutos.

1-1, Patrão, 42 (grande penalidade).

Equipas:

- Freamunde: Marco Rocha, Tiago Mesquita, Rocha, Amadeu, Huguinho, Pedrinho, Barbosa (Leandrinho, 66'), Robson, Jô (Tiago Leão, 79'), Djim (Dally, 62') e Ansumane.

(Suplentes: Jorge Baptista, Artur Jorge, Lio, Leandrinho, Dally, Tiago Leão e Paulo Roberto).

Treinador: Filó.

- Chaves: Paulo Ribeiro, Sagna, Stéphane Madeira, Miguel Ângelo, João Góis, Bruno Magalhães, Hugo Santos (João Mário, 63'), Raphael Guzzo (Tarcísio, 69'), Patrão, Luís Pinto (João Vieira, 81') e Barry.

(Suplentes: Stéfanovic, Ícaro, Tarcísio, João Vieira, João Mário, João Reis e Gustavo Souza).

Treinador: Carlos Pinto.

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Amadeu (9'), Huguinho (35'), Stéphane Madeira (40'), Barbosa (42'), Tarcísio (70'), Luís Pinto (74'), Robson (81'), Sagna (85').

Assistência: Cerca de 2.000 espectadores.

@Record

segunda-feira, 4 de maio de 2015

golo Djim no Aves x Freamunde


Aves 1-1 Freamunde

O Freamunde atrasou-se este sábado na corrida à subida de divisão, ao empatar 1-1 no reduto do Desportivo das Aves, com um golo apontado quando já atuava com 10, na 42.ª jornada da 2.ª Liga.

Depois de à passagem da meia hora ter materializado a superioridade do seu jogo com o golo inaugural, de Mauro Caballero, que surgiu solto no segundo poste a marcar, o Aves aproveitou o crescimento dos visitantes para, em contra-ataque, tentar ampliar o marcador.

Marco Brandão (33 minutos) evitou, então, o segundo golo, quando Platiny lhe surgiu na 'cara' a rematar a meia altura, e foi dessa forma que se chegou ao intervalo, com os visitantes a não irem além de tímidas tentativas de finalização.

Fruto das substituições ao intervalo, os 'capões' ressurgiram a jogar em '4-2-4' quando em posse de bola, o que obrigou os laterais contrários, tão importantes no apoio ao ataque na primeira parte, a subir menos.

Contudo, voltou a ser Marco Brandão (57 minutos) a ter de aplicar-se para evitar que um remate de Jorge Ribeiro, que sofreu um desvio, terminasse no fundo das redes. 

Reduzido a 10 homens por expulsão de Rainho (63), o Freamunde nem assim deixou de tentar o empate, alcançando-o num livre direto de Djim (70), cobrado a cerca de 30 metros, a que Quim não deu a melhor resposta.

Minutos depois, o recém-entrado Rafinha encheu o pé na área, mas falhou o alvo.

Até final, o jogo conheceu momentos de grande intensidade e as balizas voltaram a estar sob ameaça de ambos os ataques, acabando por prevalecer o empate, desfecho que atrasa ambas as equipas na luta pelos seus objetivos.

Jogo no Estádio do CD Aves, na Vila das Aves.

Desportivo das Aves - Freamunde, 1-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Mauro Caballero, 30 minutos.

1-1, Djim, 70'.

Equipas:

- Aves: Quim, Leandro, Miguel Vieira, Ginho, Jorge Ribeiro, Grosso, Luís Manuel, Renato Reis (Rafinha, 69), Platiny, Mauro Caballero (Perdigã, 83) e Pedro Pereira.     

(Suplentes: Rui Faria, Rúben Neves, Perdigão, Romaric, Marco André, Rui Jorge e Rafinha).

Treinador: Vítor Gomes.

- Freamunde: Marco Brandão, Mesquita, Rocha, Luís Pedro, Rainho, Lio (Dally, 46), Barbosa, Pedrinho, Leandro (Huguinho 67), Jô e Paulo Roberto (Djim, 46).

(Suplentes: Jorge Batista, Tiago Leitão, Huguinho, Artur Jorge, Braima Candé, Dally e Djim).

Treinador: Filipe Rocha.

Árbitro: Manuel Mota (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Renato Reis (6'), Luís Pedro (27'), Mauro Caballero (40'), Luís Manuel (41'), Mesquita (50'), Marco Brandão (57'), Rainho (61' e 63'), Grosso (68'), Ginho (90'+2) e Huguinho (90'+4). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Rainho (63').

Assistência: cerca de 800 espectadores.

II Liga - 42ª jornada

42.ª JORNADA

Sp. Covilhã-Feirense, 2-2
(Erivelto 57' g.p. e Kizito 88'; Luiz Phellype 48' g.p. e Diogo Fonseca 90+4')

Santa Clara-Atlético, 1-0
(Pierre 80' p.b.)

Beira-Mar-Tondela, 1-1 
(Leandro Chaparro 6'; Tozé Marreco 73')

Aves-Freamunde, 1-1 
(Mauro Caballero 30'; Celestin Djim 71')

U. Madeira-Leixões, 3-1 
(Diogo Firmino 34', Miguel Fidalgo 66' e Zarabi 79'; João Novais 48')

Oriental-Oliveirense, 1-0 
(Bruno Aguiar 43')

Olhanense-Chaves, 3-0
(Femi Balogun 47', Galassi 68' e Murilo 81')



Farense-Ac. Viseu, 3-0
(Harramiz 23', Rui Duarte 62' g.p. e Neca 66')

Benfica B-Sp. Braga B, 1-0
(Jonathan Rodriguez 31')

Portimonense-Trofense, 2-3
(Ricardo Pessoa 24' g.p. e Pires 34'; João Pedro 45', Rateira 82' e Fonseca 86')

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Quinteto ao sprint pela segunda vaga

CORRIDA VAI AQUECER NAS ÚLTIMAS JORNADAS

 
A 2.ª Liga vai entrar na fase das grandes decisões. Um campeonato que parece interminável, com 46 jornadas, entra nas cinco últimas com quase tudo por definir. Este sprint final promete ser bem animado, pois há cinco equipas a correr por uma vaga no escalão principal na próxima época. Isto, partindo de um princípio: o Tondela dificilmente deixará de ocupar o outro lugar de subida, tal a sua vantagem sobre o 3.º (8 pontos).

O Chaves aparece na melhor posição, mas a vantagem sobre o 3.º classificado é curta – apenas dois pontos – e o calendário não é fácil. Começa já com duas saídas, uma delas a casa de outro candidato, o Freamunde. Depois dessas jornadas será mais fácil analisar, mas o Chaves era o principal candidato à subida, facilitou e não pode tropeçar novamente.

No 3.º lugar aparece a grande surpresa: Sp. Covilhã. Os leões da Serra estão a fazer um campeonato fantástico, principalmente em casa, onde venceram 16 dos 20 jogos e perderam apenas um. Esse pode ser o trunfo dos serranos, pois ainda vão jogar três vezes em casa e, já na próxima ronda, podem atrasar o Feirense nessa luta.

A equipa de Pedro Miguel fez uma recuperação notável e entrou na corrida, mas o tropeção na última ronda (1-2 em casa, com o Beira-Mar) pode ter sido decisivo. Se ganhar na Covilhã, volta a ficar em boa posição.

União e Freamunde precisam de recuperar cinco pontos, mas como ambos ainda defrontam outros envolvidos na luta, estão na corrida, pelo menos por agora.

Oriental defronta três dos pretendentes à subida

• O calendário das últimas jornadas revela um pormenor curioso. OOriental, tranquilo no 15.º lugar, pode ter papel importante na corrida, pois ainda vai defrontar três dos cinco candidatos à subida:Sp. Covilhã, Feirense e União. A equipa de Marvila pode assim "ajudar" os outros dois, Chaves e Freamunde, caso roube pontos. De resto, falta disputar-se cinco jogos entre os envolvidos e dois dos clubes ainda defrontam o Tondela.


@RECORD

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Freamunde-Benfica B, 2-0: Péssimo arranque trama encarnados

Uma entrada de rompante, com dois golos no espaço de quatro minutos, assegurou hoje ao Freamunde uma vitória na receção ao Benfica por 2-0, num jogo da 41.ª jornada da Segunda Liga com duas expulsões.

Confira o direto do encontro.

Os locais entraram no jogo praticamente a ganhar, quando Leandrinho, decorridos apenas três minutos de jogo, inaugurou o marcador, num canto direto. 

No minuto seguinte, Pedrinho desmarcou Jô e o extremo, isolado, foi carregado na área por Bruno Varela, que acabou por ser expulso. Na conversão do castigo máximo, Rui Raínho iludiu o suplente Miguel Santos, que rendeu Diogo Gonçalves (júnior de primeiro ano, que faz hoje a estreia pela equipa B) e fez o segundo golo.

Estavam jogados sete minutos e, a partir daí, o Freamunde consentiu o domínio de jogo aos 'encarnados', mas a posse de bola não teve tradução em oportunidades de golo, faltando quem definisse os lances no último terço do terreno.

À medida que os minutos iam passando, o Freamunde passou a explorar mais e com outro critério as saídas para o ataque, privilegiando a circulação de bola, e voltou a ameaçar o golo em dois remates de Jô, aos 29, levando a bola ao ferro, e aos 44.

A segunda parte foi mais repartida em matéria de posse bola, mas foi só neste período que o Benfica esteve perto de marcar, num desvio de cabeça de Pavel (50 minutos) e num centro traiçoeiro de Rebocho, que levou a bola ao poste da baliza de Marco Rocha (67).

O Freamunde, que acabaria o jogo também com 10 elementos, depois da exagerada expulsão do suplente Ansumane (por acumulação de amarelos), também dispôs de oportunidades para ampliar o resultado, mas o internacional guineense, que esteve em campo apenas 20 minutos, e Jô chegaram atrasados aos centros da direita.

Com este triunfo, o Freamunde ultrapassou o Benfica B e ocupa provisoriamente o quinto lugar, com os mesmos 67 pontos dos 'encarnados', sextos, capitalizando a derrota caseira do ainda terceiro Feirense, com 69, diante do Beira-Mar (2-1).

Jogo no estádio do Freamunde, em Freamunde.

Freamunde-Benfica B, 2-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Leandrinho, 3 minutos.

2-0, Rui Raínho, 7 (grande penalidade).

Equipas:

Freamunde: Marco Rocha, Tiago Mesquita, Rocha, Luís Pedro, Rui Raínho, Pedrinho, Lio, Robson, Leandrinho (Djim, 80), Jô (Huguinho, 86) e Paulo Roberto (Ansumane, 56).

Suplentes: Jorge Baptista, Artur Jorge, Huguinho, Barbosa, Dally, Djim e Ansumane.

Treinador: Filó.

Benfica B: Bruno Varela, Nelson Semedo, Victor Lindelof, Marcos Valente, Pedro Rebocho, Pavel Dawidowicz (Oliver Sarkic, 71), Diogo Gonçalves (Miguel Santos, 05), João Teixeira, Nuno Santos (Renato Sanches, 39), João Carvalho e Gonçalo Guedes.

Suplentes: Miguel Santos, João Nunes, Oliver Sarkic, Clésio, Alexandre Alfaiate, Renato Sanches e Elbio Alvarez.

Treinador: Hélder Cristóvão.

Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rui Raínho (45+1), Gonçalo Guedes (58), Ansumane (63 e 76) e Robson (88). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Ansumane (76). Cartão vermelho direto para Bruno Varela (4).

Assistência: 913 espetadores.

II Liga - Resultados - 41ª jornada

41.ª JORNADA

Sporting B-Oriental, 4-3
(Francisco Geraldes, 12', Wallyson 18', Gelson Martins 52' e Daniel Podence 58'; Tom 15',  Pedro Alves 88' e Daniel Almeida 90' gp)

Atlético-FC Porto B, 2-1
(Silas 9' gp, Jorge Gonçalves 75'; David Bruno 63')

Chaves-Aves,  2-0
(João Vieira 34')

Ac. Viseu-V. Guimarães B, 2-0
(Sandro Lima 34' e Clayton 83')

Tondela-Portimonense, 4-2
(Tozé Marreco 5' e 73', Piojo 31' e Pacheco 61'; Dener 3' e 15')

Oliveirense-U. Madeira, 2-2
(Élio Martins 6')



Trofense-Olhanense, 0-1
(Rodrigo António 54')

Sp. Braga B-Sp. Covilhã, 1-2
(Fábio Martins 80'; Édgar 18' e Traquina 67')

Sábado

Freamunde-Benfica B, 2-0
(Leandro 2' e Rui Rainho 7' g.p.)

Feirense-Beira-Mar, 1-2
(Henrique 61'; Nádson 41' e 44')

segunda-feira, 20 de abril de 2015

40ª jornada | II Liga

40.ª JORNADA

domingo

Beira-Mar-Chaves, 1-1
(Alan Soares 90+5'; João Patrão 73' gp)
FC Porto B-Leixões, 1-1
(André Silva 51' ;Bruno Lamas 21')
U. Madeira-Sporting B, 0-1
(Gelson Martins 33')
Santa Clara-Ac. Viseu, 2-0
(Amoreirinha 4')
Oriental-Atlético, 2-0
(Daniel Almeida 89' e Miguel Paixão 90'+4)
Benfica B-Aves, 2-1
(Nuno Santos 11' e Gonçalo Guedes 54'; Lindelof 52' a.g)
Olhanense-Sp. Braga B, 0-1
(Nuno Valente 18' g.p)
Portimonense-Freamunde, 0-2
(Robson 45' e Djim 89')
Sp. Covilhã-Oliveirense, 4-1
( Zé Tiago 34' e 83', Erivelto 34' e 87'; Zé Pedro 62')
Farense-Tondela, 1-2
(Harramiz 42'; Renato Santos 64' e Tozé Marreco 73')
Feirense-Marítimo B, 1-0
(Fabinho 57' g.p)
V. Guimarães B-Trofense, 2-0
(Denis Duarte 43' g.p e Ricardo 78')

Portimonense-Freamunde, 0-2: Vitória fácil dos forasteiros

CAPÕES APROXIMAM-SE DO 7.º LUGAR

 
O Freamunde venceu este domingo no terreno do Portimonense por 2-0, em jogo da 40.ª jornada da 2.ª Liga, partida que os algarvios terminaram com dez elementos.

No Estádio Municipal, o Freamunde chegou ao intervalo em vantagem, com um golo de Robson, apontado aos 45+2 minutos, tendo Djim, aos 88, sido o autor do segundo tento.

O Freamunde foi superior ao longo da partida, perante um adversário que deixou uma fraca imagem e terminou reduzido a dez elementos, por expulsão de Gleison (66) por acumulação de cartões amarelos, principalmente na primeira parte, quando raramente conseguiu contrariar o melhor futebol da formação de Filipe Rocha.

Aproveitando as falhas do meio-campo algarvio, onde Dener, Ewerton e Gleison se evidenciaram pela negativa, a turma de Freamunde, com um futebol esclarecido e prático no ataque, abriu o marcador em cima do intervalo, por intermédio de Robson, com um remate a cerca de 30 metros, que surpreendeu o guarda-redes Ricardo Ferreira.

No segundo tempo, o Portimonense entrou melhor e no melhor lance de toda a partida, Gleison, isolado, depois de contornar o guarda-redes, viu o golo ser evitado por Luís Pedro, lance que os algarvios reclamaram, por considerarem que a bola já havia transposto a linha de golo.

Aos 66 minutos, o Portimonense ficou reduzido a dez elementos, por expulsão de Gleison, mas conseguiu ainda assim, assumir o controlo do jogo à procura da igualdade, naquele que foi o seu melhor período, mas apesar de ter tido mais posse de bola, raramente ameaçou a baliza de Marco.

O Freamunde geria a vantagem e mostrou-se sempre mais perigoso, em lances de contra-ataque, com Robson e Leandro a desperdiçarem oportunidades para ampliarem a vantagem, aproveitando as facilidades concedidas por Acácio.

O golo da confirmação da vitória do Freamunde acabaria por surgir, aos 88 minutos, por intermédio de Djim, que havia entrado para o lugar de Lio.

Jogo no Estádio Municipal de Portimão.

Portimonense - Freamunde, 0-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Robson, 45 minutos.

0-2, Djim, 88.

Equipas:

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, João Paulo, Acácio (Rafinha, 84), Ewerton, Dener (Ryuki, 64), Fabrício, Zambujo (Pires, 64), Gleison e Fidelis.

(Suplentes: Carlos, Ryuki, Pires, Marakis, Rafinha, Paraíba e Dieguinho).

Treinador: José Augusto.

Freamunde: Marco, Mesquita, Rocha, Luís Pedro, Rainho, Jô, Pedrinho, Robson, Lio (Djim, 64), Leandro (Huguinho, 83) e Paulo Roberto (Ansumane, 64).

(Suplentes: Jorge Baptista, Tiago, Huguinho, Ansumane, Artur Jorge, Braima e Djim).

Treinador: Filipe Rocha.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Lio (23), Jô (29), Mesquita (45+2), Gleison (55 e 66), Ivo Nicolau (63), Robson (70), Leandro (72) e Pires (87). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos a Gleison (66).

Assistência: Cerca de 600 espectadores.


@Record

domingo, 12 de abril de 2015

Olhanense-Freamunde, 1-0 RUBRO-NEGROS NÃO VENCIAM EM CASA À 3 MESES

O Olhanense venceu este sábado o Freamunde por 1-0, em jogo da 38.ª jornada da 2ª Liga, com um golo de Weldon a colocar ponto final em três meses de jejum de vitórias caseiras dos algarvios.

O golo do avançado brasileiro, aos 76 minutos, na melhor ocasião de uma partida de fraca qualidade, permitiu ao Olhanense acabar com um ciclo sem vitórias em casa que se prolongava desde 11 de janeiro, quando venceu por 2-1 a Oliveirense, na 22.ª jornada.

Quase sem momentos de interesse, a primeira parte revelou-se apenas um somatório de erros individuais e coletivos de ambas as partes: Olhanense e Freamunde acumularam passes falhados e sem destino, para desespero dos adeptos presentes.

Na melhor jogada, aos nove minutos, Rodrigo António encontrou espaço dentro da área mas viu o seu remate ser intercetado por um defesa contrário, enquanto, do outro lado, só Djim tentou, com um remate fraco ao lado, de cabeça (34).

O espetáculo continuou a ser mau na segunda metade mas, apesar da fraca qualidade, as duas equipas conseguiram chegar com perigo mais vezes às duas balizas, com o Freamunde a ameaçar primeiro, por Rainho, num remate de meia distância defendido por Ricardo Ribeiro (69).

Na reação, um contra-ataque conduzido por Gonzalez Prado encontrou Femi Balogun isolado e o jogador nigeriano só teve de fixar o guarda-redes para assistir Weldon, que encostou para a baliza para assinar o seu segundo golo da época.

Até final do jogo, o Freamunde forçou mas só criou perigo no primeiro minuto de descontos, com Ricardo Ribeiro a desviar um remate de Dally, que acabou expulso momentos depois, por entrada perigosa sobre Pedrelli.

Com o triunfo, o Olhanense, 19.º, com 41 pontos, ganhou um espaço de seis pontos para os lugares de descida, enquanto o Freamunde ocupa um provisório sétimo lugar, com 61.

Jogo no Estádio José Arcanjo, em Olhão.

Olhanense - Freamunde, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Weldon, 76 minutos.

Equipas:

Olhanense: Ricardo Ribeiro, Duarte Machado, Nuno Diogo, Diakhite, Pedrelli, Murilo, Rodrigo António, Celestino (Diogo Melo, 41), Femi Balogun, Galassi (Gonzalez Prado, 70) e Weldon (Coubronne, 86).

(Suplentes: Svedkauskas, Giraldo, Gonzalez Prado, Faye Balla, Diogo Melo, Ponce e Coubronne).

Treinador: Cristiano Bacci.

Freamunde: Marco, Mesquita, Rocha, Luís Pedro, Rainho, Barbosa (Jô, 79), Pedrinho, Robson, Fausto, Ansumane (Paulo Roberto, 79) e Djim (Dally, 62).

(Suplentes: Jorge Baptista, Lio, Jô, Leandro, Paulo Roberto, Artur Jorge e Dally).

Treinador: Filipe Rocha.

Árbitro: Manuel Mota (Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rocha (42), Barbosa (45), Robson (64), Luís Pedro (76), Rodrigo António (80), Fausto (84), Weldon (84). Cartão vermelho direto para Dally (90+1). Filipe Rocha, treinador do Freamunde, foi expulso do banco (81).

Assistência: Cerca de 500 espetadores.

@Record