quinta-feira, 24 de abril de 2014

Todos ao estádio!!

Obrigado Guerreiros!!

Há um ano atrás sofríamos pelo nosso Freamunde.
Há menos de um ano atrás um clube do lado queria fazer de nós a sua equipa B.....mas este humilde clube chamado Freamunde, que quase sempre é colocado para 2º plano neste concelho aos poucos está a reerguer-se, a caminhada é longa, as dificuldades continuam e são imensas, ainda há muito caminho a percorrer, mas com estes valerosos guerreiros, com este enorme grupo que nos dá alegrias todos os fins de semana, o nosso FREAMUNDE vai voltar a viver de cabeça erguida, pronto para todas as lutas!!

ESTÁ NA HORA DE AGRADECERMOS DECENTEMENTE AS ESTE MAGNIFICO GRUPO DE TRABALHO TUDO O QUE TÊM FEITO PELO SC FREAMUNDE....TODAS AS ALEGRIAS QUE TÊM DADO A NÓS ADEPTOS, TODOS OS SONHOS QUE NOS TÊM ALIMENTADO.

NESTAS ÚLTIMAS 4 FINAIS, QUE PODERÃO SER 5,
OBRIGATÓRIO ESTÁDIO CHEIO!!!

#CarregaFreFre

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Golo da vitória no Bessa


Boavista-Freamunde, 0-1: Um líder com sorte no Bessa





Numa partida pobre e confrangedora, o Freamunde venceu no Bessa, por 1-0, e cimentou a liderança. Tendo em conta os nomes das duas formações, nada fazia prever que o jogo se tornasse tão enfadonho e desinteressante.


As duas equipas apresentaram sistemas muito semelhantes, com os sectores intermediários a anularem-se mutuamente. Com marcações cerradas e sem linhas de passe, as jogadas de perigo eram inexistentes e nem os lances de bola parada incomodaram os guarda-redes. Com as duas equipas mais preocupadas em não sofrer do que em marcar, o jogo não passou de um combate selado com pacto de não agressão. Sem um remate digno desse nome, o intervalo chegou com um resultado que castigava a falta de arte, criatividade e, acima de tudo, de ousadia de todos os intervenientes, que mostraram muita transpiração e nenhuma inspiração para sobressaírem no meio do marasmo.

Continuação

Para não variar, a segunda parte foi uma cópia fiel da primeira metade, com a agravante de o futebol praticado pelas duas equipas ser assobiado pelos adeptos. Aos 76 minutos, o recém-entrado Theo, em lance individual, rematou a rasar o poste esquerdo de Rui Nereu, criando o primeiro lance de perigo. Aos 83’ e na sequência de um canto, Monteiro apontou, de cabeça, o golo que ditaria o vencedor.

Em suma, numa partida em que apenas existiram dois verdadeiros remates – um para cada lado –, nenhuma das equipas merecia arrecadar os três pontos, mas oFreamunde acabou por ser mais feliz, deixando umas amêndoas amargas para o conjunto comandado por Petit.

@Record

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Sários em atraso

Salários em atraso no Freamunde
16/04/2014 Plantel e equipa técnica emitiram um comunicado a denunciar o incumprimento salarial.
O jornal O Jogo adianta que os jogadores e a equipa técnica do Freamunde – formação que lidera a fase de subida Zona Norte, do Campeonato Nacional de Seniores – emitiram um comunicado a alertar para as dificuldades que atravessam devido ao incumprimento salarial.

O grupo acrescenta que tem dois meses e meio de salários em atraso e solicita auxílio à massa associativa. Apesar das dificuldades, jogadores e treinadores prometem continuar a lutar pela subida de divisão.

 http://sjpf.pt/index.php?pt=news&op=OP_SHOW_DETAIL&id=545

AJUDE O SC FREAMUNDE

FAÇA-SE SÓCIO!!

 

Agenda

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Resumo completo do Freamunde 1-0 Cesarense


Juniores subiram à 1ª Divisão Nacional


A equipa de Juniores do SC Freamunde venceu em Tondela a equipa local por 0-1 e garantiu matematicamente a subida à 1ª Divisão Nacional de Juniores, quando ainda falta uma jornada por disputar

A equipa liderada por Pedro Barroso fez uma campanha irrepreensível nesta 2ª Divisão Nacional, conquistando um lugar na próxima época entre as melhores equipas nacionais deste escalão. O Freamunde chega desta forma pela 4ª vez ao escalão máximo de Juniores.

PARABÉNS MALTA!!
SOMOS FREAMUNDE!!

in: www.estrelinhascf.blogspot.com

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Resumo da jornada: Freamunde continua líder


A 9ª jornada do Campeonato nacional de seniores zona norte pouco trouxe de novo à classificação geral, os 3 primeiros classificados venceram e continuam com algum destaque na frente do campeonato, a alteração mais notada é a aproximação do Boavista aos 3 da frente, sendo que o clube do Bessa já não conta para a discussão quanto à subida à II Liga, uma vez que vai transitar directamente para a divisão maior do calendário futebolístico nacional.
O Freamunde venceu o Cesarene por 1-0, e colocou a equipa de Cesar praticamente arredada da discussão por um dos 2 primeiros lugares. Foi uma vitória suada, principalmente devido ao desacerto dos atacantes freamundenses que foram demasiado perdulários na hora de atacar as redes adversárias, com esta vitória o Freamunde manteve-se seguro na 1ª posição.
O 2º classificado Vizela foi a Ponte de Lima e levou consigo a estrelinha da sorte, estando na posição de derrotado em grande parte dos 90 minutos de jogo, conseguindo a reviravolta total já no período de descontos, não deixando desta forma o Freamunde aumentar a vantagem de 1 ponto que trazia da jornada anterior.
O Vitória B em casa perante o SJ de Ver não teve dificuldade de bateu o seu adversário por 2-0. Com alguns jogadores pertencentes à equipa A, os vimaranenses fazem tudo por tudo para não perder o «comboio» da subida. recorde-se que nas próximas jornadas há embate entre os primeiros e tudo poderá ficar quase decidido.

Golo da vitória de ontem


quarta-feira, 9 de abril de 2014

Novos quadros competitivos: saiba tudo sobre o figurino da próxima época

reportagem zz
Depois de confirmada a inscrição do Boavista na Liga de Clubes e a consequente reintegração no principal escalão do futebol português, os quadros competitivos dos campeonatos profissionais vão sofrer alterações assinaláveis.

Como tal, o zerozero.pt decidiu explicar, da forma mais clara possível, aquilo que será alterado. No fundo, duas infografias que expliquem: primeiro, aquilo que vai acontecer no final da presente temporada, quanto a subidas e descidas de divisão; depois, como ficarão 'arrumados' os dois principais escalões do futebol português.


As contas para o fim da presente época ©Sérgio Oliveira
Na atual Liga ZON Sagres, o último classificado terá descida automática, enquanto o 15º e penúltimo classificado irá discutir, a duas mãos, um playoff com a terceira equipa melhor classificada da Liga2 Cabovisão (as equipas B não podem subir, logo não contam para este cálculo).

Do segundo escalão subirão duas formações e desse playoff sairá o 17º clube que irá compor o nova Primeira Liga - à qual se acrescenta o Boavista, que vem diretamente do Campeonato Nacional de Seniores.

Por seu turno, na atual Liga2 Cabovisão as duas equipas que se classificarem mais acima na classificação (exceptuando equipas B) sobem diretamente ao principal escalão do futebol português, como vinha acontecendo nas últimas temporadas - como já referido, o terceiro também pode subir, se vencer o playoff com o 15º classificado da Liga ZON Sagres.

O novo figurino das provas profissionais ©Sérgio Oliveira
Quanto a descidas, apenas o último classificado dos 22 clubes que disputam a competição desce de divisão, caindo para o Campeonato Nacional de Seniores. Dessa competição, organizada pela Federação Portuguesa de Futebol, vão subir quatro equipas - as duas primeiras de cada uma das zonas de playoff que atualmente se disputam (exceptuando o Boavista, que já tem a subida garantida). Esta subida de quatro formações é excecional, pois o regulamentado é que sobem apenas três (os vencedores de cada zona e o vencedor do playoff entre os segundos classificados), só que, com a reformulação dos campeonatos, fica a faltar uma equipa nos quadros profissionais para 2014/2015.

Na próxima temporada a mudança será grande. Existirão mais quatro equipas profissionais do que atualmente (de 38 passará para 42) e as duas provas mudam de rosto competitivo.

A Primeira Liga volta a ter 18 equipas, aumentando logicamente o número de jornadas de 30 para 34No segundo escalão, o campeonato será dividido por duas séries (Norte e Sul), com 12 equipas cada. Será jogada uma primeira fase, a duas voltas e, posteriormente, os seis primeiros de cada disputarão, com os pontos a começar no zero, a subida ao primeiro escalão. Os seis últimos de cada série também se juntam para uma segunda fase, onde se definirão os clubes que descem ao Campeonato Nacional de Seniores.