patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

domingo, 8 de maio de 2011

Estoril 1-1 Freamunde

Jogo morno dita resultado
Estoril-Praia e Freamunde empataram, este domingo, a um golo, em jogo da 27.ª jornada da Liga Orangina, resultado que assenta bem pelo pouco que as duas equipas fizeram em campo.
O conjunto da Linha adiantou-se no marcador, aos 11 minutos, por intermédio de João Coimbra, mas, no segundo tempo, o recém entrado João igualou as contas e aumentou para sete o número de jogos consecutivos sem triunfos estorilistas.
O golo do capitão do Estoril, praticamente a abrir o jogo, foi, de resto, o único momento de maior interesse no primeiro tempo, já que nenhuma das formações conseguiu superiorizar-se à outra.
A estrutura dos visitantes, com apenas três homens na defesa, mas com quatro no centro do terreno, criava enorme congestionamento no meio campo, o que anulava por completo a já habitual fluida troca de bola do Estoril.

Sem velocidade nas transições ofensivas e com uma equipa muito partida e sem ideias, a formação da Linha começava a utilizar o jogo direto, o que apenas beneficiava o Freamunde.
Perante a inoperância estorilista, os visitantes começaram a apoderar-se do jogo, embora sem criar grandes sobressaltos ao guarda-redes Mário Matos, ficando a ideia que a classificação praticamente definida das duas equipas condicionava a forma como se jogava na Amoreira.
Quando se pensava que a qualidade e intensidade iriam aumentar no segundo tempo, assistiu-se a mais do mesmo, com o Estoril a manter as linhas recuadas e a depender muito das acelerações de Luís Leal.
A expulsão do freamundense Brandão podia revelar-se como um tónico para o conjunto de Vinicius Eutrópio, mas, mesmo com 10 elementos, foi o Freamunde que gelou a Amoreira, por intermédio do suplente João, assistido pelo experiente Bock.

O Estoril ainda carregou nos últimos minutos e acabaria por beneficiar de uma grande penalidade em tempo de compensação, mas Clodoaldo falhou o alvo e impediu o triunfo estorilista.

Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril

Ao intervalo: 1-0

Marcadores:
1-0, João Coimbra, 11 minutos
1-1, João, 76

Estoril-Praia: Mário Matos, Anderson Luis, Tiago Bernardi, Steven Vitória, Jefferson, Erick (Clodoaldo, 80), João Coimbra (Carlos Eduardo, 67), Luciano Bebé, Da Cunha (Tiago Costa, 67), Luis Leal e Alex Afonso
(Suplentes: Pedro Carvalho, Tiago Costa, Lameirão, Clodoaldo, Gregg Garza, Edgar Marcelino e Carlos Eduardo)

Freamunde: Douglas, Vítor Bastos (Lucas, 69), Sérgio Nunes, Hélder Sousa, Luis Pedro, Tarciso (Raviola, 28), Brandão, Maciel (João, 62), Luiz Carlos, Marco Matias e Bock
(Suplentes: Tó Figueira, Alonso, João, Lucas, Paulo Monteiro, Raviola e Marcelo)

Árbitro: Hélder Malheiro (Lisboa)
Ação disciplinar: cartão amarelo para Marco Matias (25 e 90+3), Da Cunha (29), Hélder Sousa (36), Anderson Luis (47), Luís Leal (69) e Luiz Carlos (90+1). Cartão vermelho direto para Brandão (72) e por acumulação para Marco Matias (90+3)

Assistência: 426 espectadores

@Record

Um comentário:

SC Freamunde disse...

Junte-se à página oficial do SC Freamunde no Facebook e saiba das noticias do seu clube em 1ª mão!!

http://www.facebook.com/scfreamunde