patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Belenenses 1-0 Freamunde

Um golo do defesa Léo Kanú permitiu este domingo ao Belenenses vencer o Freamunde, por 1-0, em jogo da quinta jornada da Liga Orangina, e manter o registo sem derrotas desta época.
O central brasileiro, emprestado pelo Benfica, marcou o único tento da partida aos oito minutos.
A beneficiar da condição de invicto nos oito jogos oficiais que disputou nesta temporada, o Belenenses desde cedo mostrou que queria continuar na senda dos bons resultados e alcançar os lugares cimeiros.
Apesar da réplica inicial dos visitantes, os "azuis" abriram o marcador por intermédio do central Léo Kanú - já havia sido decisivo frente ao Portimonense - a responder de cabeça a um canto apontado por Miguel Rosa.
A partir desse momento, o Belenenses controlou totalmente o encontro e poderia ter ido para o descanso com uma vantagem mais dilatada, em função das perdidas de Miguel Rosa e Rodrigo António, além das "negas" de Tó Figueira a Abel Camará e Victor Lemos.
Em vantagem no marcador, a formação do Restelo tirou "o pé do acelerador" no segundo tempo, mostrando-se muito "macia" no meio-campo, e permitiu que o Freamunde fosse ganhando fôlego na procura do empate.
José Mota tentou corrigir a passividade da sua equipa, colocando Sidnei e Victor Silva no "miolo" do terreno, mas as alterações não surtiram efeito e, já em tempo de compensação, João Rodrigues ainda viu a barra negar-lhe a igualdade.
Com este triunfo, a formação do Restelo está no 3.º posto a apenas 1 ponto do líder Atlético.

Jogo realizado no Estádio do Restelo, em Lisboa
Marcadores: 1-0, Léo Kanú, 8 minutos
Belenenses: Coelho, Duarte Machado, Pedro Ribeiro, Léo Kanú, André Pires, Koukou, Fernando Ferreira (Victor Silva, 73’), Rodrigo António (Sidnei, 68’), Miguel Rosa, Victor Lemos e Abel Camará (Geovane Maranhão, 88’)
Freamunde: Tó Figueira, Amorim, Batista, Sérgio Nunes, Paulo Monteiro, Brandão, Babo (Pedro Moita, 64’), Bruno Magalhães, Luis Machado (Luciano, 46’), Horácio (João Rodrigues, 55’) e Bock
Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro)
Ação disciplinar: cartão amarelo para Koukou (18’), André Pires (25’), Sérgio Nunes (41’) e Pedro Moita (78’)
Assistência: cerca de 900 espectadores

@Record

Nenhum comentário: