patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Freamunde 1-2 Santa Clara

Descanso levado a sério

JJ

A forma "aparvalhada" - assim o classificou Nicolau Vaqueiro - como o Freamunde abordou o segundo tempo revelou-se fatal para as pretensões dos capões. Bock, de penálti, abriu cedo o marcador numa primeira parte tranquila. Após o descanso, Bruno Moura alterou o seu sector mais recuado. O empate aconteceu cedo, num erro de Amorim aproveitado por Platini. O triunfo acabaria por chegar da marca de grande penalidade, após derrube de Pedro Moita a Minhoca. Houve ainda tempo para os azuis reclamarem uma mão na área dos ilhéus, mas Bruno Esteves não o entendeu e o Santa Clara pode sorrir no final.

Declarações

"Entrámos aparvalhados na segunda parte, sem nada que o fizesse prever"
Nicolau Vaqueiro, treinador do Freamunde

"Tentámos ajustar algumas coisas ao intervalo e a resposta foi excelente"
Bruno Moura, treinador do Santa Clara 

@OJogo

Ao intervalo: 1-0.
Marcadores:
1-0, Bock, 07 minutos (grande penalidade).
1-1, Platini, 48.
1-2, Alex, 71 (grande penalidade).

Freamunde: Tó Figueira, João Amorim (Luciano, 80), Luís Pedro, Sérgio Nunes, Serginho, Bruno Magalhães, Nana K (Horácio, 74), Tarcísio, Marco Matias, Bock e João Rodrigues (Pedro Moita, 64). (Suplentes: Assis, Batista, Luciano, Brandão, Pedro Moita, Pedrinho e Horácio).
Santa Clara: Stefanovic, Márcio Piccolo, Sandro, Ilic (Nelson, 46), Paulo Grilo, Pacheco, Edgar (Minhoca, 46), Lourenço, Platini, Alex (Moreira, 83) e Sylvestre. (Suplentes: Brice Niclos. Nelson, André Simões, Minhoca, Moreira, Valdinho e Dincic).

Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ilic (06), Sandro (21), Nana K (58), Tarcísio (65), Pedro Moita (70), Marco Matias (82), Lourenço (82), Bock (83), Sylvestre (88) e Platini (90+2).
Assistência: Cerca de 660 espectadores.

Nenhum comentário: