patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Fim do policiamento obrigatório nas competições jovens dita novas instruções para árbitros e clubes

A Federação Portuguesa de Futebol divulgou esta quinta-feira novas normas e instruções para árbitros e clubes devido à entrada em vigor do decreto-lei 216/2012, que põe fim à obrigatoriedade de policiamento em competições de escalões juvenis, iniciados e inferiores.

O organismo recomenda aos clubes visitados que comuniquem às forças policiais a data e hora do jogo para que possam «ser efetuadas rondas policiais ao local do jogo» e que nomeiem uma equipa de segurança.

Tal equipa, liderada pelo responsável de segurança do clube visitado, deverá dar o necessário apoio à equipa de arbitragem e preencher «no final de cada jogo, um relatório com os factos ocorridos independentemente do seu grau de gravidade e entregá-lo à equipa de arbitragem».
 

A Federação aconselha também aos árbitros uma estreita colaboração com o responsável de segurança do clube, antes, durante e depois do encontro.

Criado pela FPF será também um gabinete de segurança para recolher e publicar os dados relativos a violência nos jogos das suas competições.

O diploma em questão, recorde-se, entra em vigor amanhã, prevendo que «nos espetáculos referentes a competições de escalões juvenis e inferiores, quando realizadas em recinto, em regra, não deve ter lugar o policiamento», acrescentando que se o policiamento for requerido, «de forma justificada», os encargos serão «suportados pelos respetivos promotores».

A AF Lisboa já se manifestou contra esta decisão do Governo, tendo para já decidido suspender os campeonatos jovens e informando que nas próximas três semanas terão lugar diversas ações de protesto.

O organismo presidido por Nuno Lobo sustenta também que as novas regras sejam apenas aplicadas na época 2013/2014.


Jornal A Bola

Nenhum comentário: