patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

domingo, 19 de maio de 2013

Belenenses 2-1 Freamunde


Um Belenenses em "velocidade de cruzeiro" fechou este sábado uma época de sucesso, com mais um triunfo, desta vez sobre o já despromovido Freamunde (2-1), em jogo da 42.ª e última jornada.

O 29.º triunfo do líder, que jogou cerca de 20 minutos reduzido a 10, por expulsão de Tiago Caeiro, começou a ser desenhado aos cinco minutos, numa grande penalidade apontada por Desmarets, e que seria dilatada aos 76 minutos, num grande golo de Fredy, de nada valendo o tento de Coelho, aos 84 minutos, também da marca de penálti.

A vitória veio abrilhantar ainda mais o dia de festa que se viveu no Restelo e que teve como ponto alto a entrega da taça de campeão da Segunda Liga à formação de Belém, que está de volta ao convívio entre os "grandes" do futebol português.

No entanto, a partida que encerrou a época no Restelo esteve longe de ser um "regalo" para os olhos de quem lá esteve, com um Belenenses em "modo económico" e um Freamunde a dar pouquíssima réplica ao campeão.

Perante um adversário bastante frágil, os "azuis" cedo impuseram o seu jogo e adiantaram-se no marcador, por intermédio de Desmarets, que não deu qualquer hipótese a Peter Rusina, na conversão de um castigo máximo. De resto, não fossem duas intervenções de grande nível do guardião eslovaco, a negar as intenções a Fredy e Arsénio, e o Belenenses poderia ter saído para o intervalo com o jogo resolvido, ainda para mais quando a única tentativa de remate dos capões surgiu apenas à beira do descanso.

Ainda que a vantagem nunca tenha estado em perigo, a formação da casa percebeu que o segundo golo poderia serenar os ânimos, mas só à entrada para o último quarto de hora o Belenenses conseguiu aumentar o "placar", num grande golo de Fredy, antes de Coelho reduzir para os "capões".

O fecho de época no Restelo apenas ficaria "manchado" pela expulsão de Tiago Caeiro, três minutos após entrar em campo, em contraste com as estreias dos jovens Rafael Veloso e Daniel Martins, que receberam um "brinde" de Van der Gaag e também inscreveram o seu nome na lista dos campeões.

Jogo no Estádio do Restelo, em Lisboa.
Belenenses - Freamunde, 2-1Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0, Desmarets, 6 minutos (grande penalidade). 2-0, Fredy, 76. 2-1, Coelho, 84 (grande penalidade).

Equipas:
Belenenses: Filipe Mendes (Rafael Veloso, 90), Duarte Machado, João Meira, João Afonso, Nélson (Daniel Martins, 80), Ricardo Alves, Diakité, Arsénio, Desmarets (Tiago Caeiro, 69), Fredy e Rambé. (Suplentes: Rafael Veloso, André Teixeira, Ruizinho, Tiago Caeiro, Filipe Ferreira, Diawara e Daniel Martins). Treinador: Mitchell van der Gaag

Freamunde: Peter Rusina, Zé Alberto, Baptista, Orlando, Hugo Costa, Nana K. (Machado, 69), Tengarrinha, Barbosa, Rogger (Diogo Ramos, 46), Bock (Joel, 46) e Coelho. (Suplentes: Tó Figueira, Pinto, Babo, Joel, Machado, Diogo Ramos e Brandão). Treinador: Jorge Regadas.

Árbitro: Renato Gonçalves (Guarda). Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nélson (70) e João Meira (83). Cartão vermelho direto para Tiago Caeiro (72).

Assistência: cerca de 1.500 espectadores.
 @Record

Nenhum comentário: