terça-feira, 25 de junho de 2013

Bock deixa o SC Freamunde


"Acabou um ciclo. Queria agradecer a toda a cidade,sócios e adeptos do freamunde todo o carinho e amizade que sempre demonstraram e tiveram por mim. Queria também agradecer as pessoas mais importantes que tive neste clube, Manuel Pacheco,Mário Meireles,Zé Carlos taipa,Quinzinho,sr.jose Almeida,sr Jacinto e ao meu grande amigo sr Manuel Carneiro que devo tudo o que fui neste clube. Infelizmente não acabou da melhor maneira, e saio como não queria a descer de divisão e uma época a todos os níveis desastrosa. Saio de consciência tranquila e saio com a convicção que fui um grande capitão durante 10 anos e olhei sempre pelo interesse do balneário mas isso não chegou,e tinha que viver com mentiras e ser um puxa saco as pessoas. Difícil no campo sou mas fora sempre me ensinaram a ser honesto e humilde mas no futebol não da. Queria também agradecer a brigata azurri todo o carinho que sempre me deu e demonstrou,ao Andrade,Gustavo Honorato Nandinho e toda a gente do gardens nao posso falar em todos mas eles sabem quem são. O clube não pode pagar por ter pessoas que não sabem estar e que são cínicas em todos os aspectos. Obrigado Freamunde por tudo o que me fez enquanto jogador e homem. Forte abraço para todos."


Foram estas as palavras de Bock na sua página no Facebook. Até ao momento, esta noticia não foi oficializada por nenhum elemento do SC Freamunde, mas ao que parece, Bock vai mesmo partir para outras paragens.
O eterno goleador do Freamunde que no mês de Setembro completa 38 anos, disse ainda antes de terminar a época passada, que tinha decidido continuar a sua carreira como jogador de futebol, ainda não sabia se no Freamunde ou em outro clube, chegou a falar-se na possibilidade de Bock integrar uma equipa Angolana. 
Não sendo perceptível das suas palavras no Facebook qual o motivo a que se deveu este «divórcio» de uma união que durou 9 épocas completas e duas meias épocas, ficamos a aguardar, se foi por opção própria, se por opção técnica ou directiva, ou se houve algum desentendimento de verbas entre as partes.
De qualquer forma, este parece ser um Adeus ao Freamunde de Fernando Oliveira, nome de guerra BOCK.

Obrigado por tudo que deste ao Freamunde, pelas dezenas ou centenas de golos marcados com a nossa camisola, ficarás na história deste clube!
Boa sorte para o teu futuro, seja ele em que clube for!

4 comentários:

Joao Paulo disse...

É evidente ke a falta de atributos pessoais dos atuais (dirigentes/?)do SCF foi o motivo da não continuidade do Bock.Sobressaiem, desde logo,a falta de carácter,rectidão e verdade,só...pessoas des(educadas)com valores civicos e morais.
Mas a culpa nao é desta direção,com d muito pequenino,é de Freamunde,que se alheia desta realidade e só se recorda da bola aos Domingos, das 15h às 17h.

Joao Paulo disse...

A falta de principios,verdade,rectidão,honestidade, são caracteristicas dos actuais diretores do SCF.A culpa não é deles,é de quem os elegeu.Freamunde tem o que merece.
A saída do n/ capitão,BOCK,só tem a ver com este facto:VERDADE.

Joao Paulo disse...

É evidente ke a falta de atributos pessoais dos atuais (dirigentes/?)do SCF foi o motivo da não continuidade do Bock.Sobressaiem, desde logo,a falta de carácter,rectidão e verdade,só...pessoas des(educadas)com valores civicos e morais.
Mas a culpa nao é desta direção,com d muito pequenino,é de Freamunde,que se alheia desta realidade e só se recorda da bola aos Domingos, das 15h às 17h.

Opinião Desportiva disse...

é com pena que se vê partir o maior goleador de sempre do Freamunde, assim como o Capitão dos Freamundenses. A sua saída dos relvado já por si só era difícil de aceitar, ainda mais desta forma como ele a relata. Triste para os sócios do Freamunde que veem um homem da casa a ser praticamente "despejado" por senhores que em dois anos tem vindo a lesar o que é a grande imagem do nosso Freamunde. UNIÃO E FORÇA DE VENCER.