patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

sexta-feira, 7 de março de 2014

Perder não é com eles

Freamunde e U.Leiria arrasam no arranque


Três jogos, três vitórias. Freamunde e U. Leiria arrancaram de forma arrasadora a discussão da subida à 2.ª Liga, alimentando o sonho de um regresso aos escalões profissionais. Perder não é com eles, e esta campanha imaculada da equipa de Carlos Pinto, líder da Zona Norte do CN Seniores, sai ainda reforçada com o estatuto de defesa menos batida nesta 2.ª fase. Sem qualquer golo sofrido, o guarda-redes Rui Nereu é um dos principais rostos do candidato Freamunde, que também se mostra eficaz no ataque (7 golos apontados nas três jornadas já disputadas).

“Sempre nos puseram como candidatos à subida, mas nunca encarámos esse objetivo de frente, embora tenhamos consciência de que os nossos resultados nos abrem boas expectativas para um final feliz”, referiu o jogador, de 28 anos, a figura mais mediática de um plantel recheado de juventude. Formado no Benfica e com experiência de outros palcos, Rui Nereu não hesita nos apelos à ponderação. “Ainda faltam muitos jogos e nós não podemos pensar em algo que ainda estamos longe de conseguir”, sublinhou.

Apesar do papel importante no percurso do Freamunde, o guardião recusou o protagonismo por manter as redes invioláveis nesta fase da prova. “O mérito é o grupo, porque trabalhamos todos na mesma direção. É verdade que ainda não sofri golos, mas os meus colegas da frente também têm sido determinantes para o sucesso”, explicou, sem esquecer o contributo do treinador: “Não conhecia o Carlos Pinto e só tenho a dizer coisas boas sobre ele. É um treinador em progressão e terá muito sucesso pela frente”, garantiu.

Renascer das cinzas

A U. Leiria recomeçou do zero na época passada e, ano e meio depois, está bem encaminhada para subir à 2.ª Liga. A equipa atravessa a melhor fase de resultados da temporada e não perde desde dezembro, quando saiu derrotado dos Riachos (2-1), na 1.ª fase do CNS. Após a entrada de Rui Nascimento para o lugar de Luís Bilro, os leirienses garantiram um lugar na fase final e reforçaram-se para atacarem a promoção. A receção ao Oriental, domingo, pode confirmar a candidatura de um clube que, na época passada, decidiu romper com a SAD e iniciar um trajeto na 1.ª Divisão distrital da AF Leiria.

Uma das figuras dos leirienses é da casa: o avançado Cédric soma 11 golos e voltou ao clube que o projetou, uma vez que fez parte do plantel de 2000/01, embora não tenha sido utilizado por Manuel José no escalão principal. “É o clube do meu coração e fiquei feliz por voltar. Já tinha havido conversas na época anterior, mas desta feita pude aceitar o convite de Luís Bilro, e em boa hora o fiz, porque se sente que a cidade está novamente a viver com o clube”, sublinha o avançado.

Este arranque de 2.ª fase também surpreendeu Cédric, cujo discurso espelha agora maior ambição. “O objetivo inicial era a permanência, mas a época correu-nos muito bem. Já tínhamos uma boa equipa e com as entradas ficámos ainda mais fortes, por isso acredito que podemos subir. A cidade merece ter o clube nos campeonatos profissionais.”

"Record

Nenhum comentário: