patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Freamunde 0-0 Ac Viseu

O Freamunde voltou, esta quarta-feira, a atrasar-se na luta pela subida na 2.ª Liga, ao empatar 0-0 na receção ao Académico de Viseu, que estreou o técnico Bruno Ribeiro, num jogo da 30.ª jornada marcado por lesões.

O próprio Bruno Esteves também teve de ser substituído pelo quarto árbitro, André Narciso, aos 62 minutos, devido a um problema muscular, três minutos antes de Cafu, suplente utilizado no Freamunde, também sair com queixas, repetindo o que sucedera antes com os viseenses Kiko e Lameirão, aos 50 e 55 minutos, respetivamente.

As inúmeras perdas de tempo fizeram ultrapassar os sete minutos de compensação concedidos num jogo pobre e em que o empate penaliza mais as ambições dos locais, focados nos primeiros lugares, apesar de o Académico de Viseu ter sido quase sempre melhor.

O estreante Bruno Ribeiro procurou explorar os corredores, tirando partido da velocidade e qualidade técnica dos alas do Académico, Yuri e Carlos Eduardo, no apoio direto a Forbes, com Clayton nas costas do elemento mais adiantado, e cobertura direta de um dos médios de contenção, Capela ou Romeu Ribeiro.

Em ação defensiva, a formação viseense pressionava logo o portador da bola, retirando espaço ao adversário e condicionando a forma de jogar do Freamunde, assente num futebol em apoios.

A formação viseense estava melhor no jogo, mas a luta pela posse de bola retirava brilho a um jogo lento, numa primeira parte com três remates às duas balizas, mas nenhum deles perigoso.

O técnico freamundense demorou 59 minutos a mexer na equipa e no jogo, com as entradas de Fausto Lourenço e de Cafu, dois agitadores que estiveram nos melhores lances da equipa, aos 65, 66 e 67 minutos, respetivamente, mas a lesão de Cafu retirou a dinâmica que a equipa tinha entretanto construído.

Na parte final, o Freamunde intensificou a pressão, com o capitão Pedrinho a chamar a si a responsabilidade de organizar o jogo, mas o terreno pesado pela chuva que se intensificou com o decorrer do jogo e a falta de discernimento que foi tomando conta dos colegas de equipa facilitou os objetivos dos viseenses, claramente satisfeitos com o nulo.

Sem vencer há quatro encontros, o Freamunde caiu para o sétimo lugar, com 30 pontos, a cinco do líder provisório Feirense e a três do Desportivo de Chaves (joga ainda nos Açores), enquanto que o Académico de Viseu desceu para o 12.º lugar, com 39.

Jogo no estádio do SC Freamunde, em Freamunde.

Freamunde: Marco Rocha, Leandro Albano, Rocha, Luís Pedro, Rui Raínho, Paulo Grilo, Celeste, Pedrinho, Ivan Pérez (Fausto Lourenço, 59), Diogo Ramos e Mauro Dalla Costa (Cafu, 59, Robson, 75).

(Suplentes: Rui Nereu, Amadeu, Huguinho, Robson, Pedro Pereira, Fausto Lourenço e Cafu).

Treinador: Carlos Pinto.

Académico de Viseu: Ricardo Janota, Tomé, Lameirão (Tiago Gonçalves, 55), Bura, Kiko (Tiago Costa, 50), Capela, Romeu Ribeiro, Yuri, Clayton, Carlos Eduardo e Forbes (Steve Ekedi, 81).

(Suplentes: Ruca, Tiago Costa, Tiago Gonçalves, Bruno Loureiro, Moses Phiri, Zé Pedro e Steve Ekedi).

Treinador: Bruno Ribeiro.

Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Leandro Albano (17), Kiko (34), Capela (48), Luís Pedro (55), Hugo Grilo (58) e Pedrinho (64).

Assistência: Cerca de 300 espetadores.
Autor: Lusa

PONTUAÇÃO INDIVIDUAL

MARCO - 7
LEANDRO - 6
LUIS PEDRO - 5
ROCHA - 7
RAINHO - 6
GRILO - 6
PEDRINHO - 6
IVAN PEREZ - 4
CELESTE - 5
DALLA COSTA - 5
DIOGO - 5
CAFU - 4
FAUSTO - 4
ROBSON - 3




Nenhum comentário: