patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Freamunde 0-1 Tondela

Freamunde desperdiçou penalti nos últimos minutos

O Tondela, promovido na presente temporada aos campeonatos profissionais, garantiu este domingo a sua primeira vitória da Segunda Liga, ao vencer em Freamunde por 1-0, na segunda jornada da prova.

O brasileiro Dyego Sousa sentenciou a partida ainda durante a primeira parte, ao carimbar o golo dos forasteiros, num embate em Bock desperdiçou uma grande penalidade em cima do apito final, que teria valido o empate.

O Tondela começou cedo a ameaçar a baliza da equipa da casa. Logo aos 15 minutos, Tiago Barros cabeceou à barra da baliza do Freamunde, com a bola a cair ainda em cima da linha de golo. Dez minutos depois, e após a marcação de um canto, por Márcio Sousa, a bola sobrou para Dyego Sousa, que não perdoou e colocou o Tondela na frente do marcador.

No segundo tempo, o Freamunde ganhou mais mobilidade, tornou-se mais pressionante e anulou a supremacia que o Tondela evidenciou no primeiro tempo. Na entrada da segunda parte, Bock teve o golo nos pés, mas o guardião Bruno Sousa negou-o por duas vezes.

O avançado português voltou a ter a oportunidade de dar o empate à equipa do Freamunde, mas não foi capaz de concretizar uma grande penalidade assinalada já em cima do final da partida.

Uma mão de Ericson, que deixou algumas dúvidas, fez o árbitro Bruno Paixão assinalar o castigo máximo, mas Bock não conseguiu aproveitar.

Freamunde-Tondela, 0-1
Jogo no
Complexo Desportivo do Freamunde
Ao intervalo: 0-1.
Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)
Assistência: Cerca de 1.000 espectadores

Marcador:
0-1, Dyego Sousa, 24 minutos

Equipas:
Freamunde: Tó Figueira; Laranjeiro (Diogo Ramos 77'), Pinto, Batista e Tico; Barbosa (Lio 55'); José Alberto, Brandão; Bock, Pedró e Cristophe (Joel 60')
(Suplentes: Peter, Vieira, Joel, Diogo Ramos, Lio, Pedrinho e Fábio Jorge)
Treinador: Nuno Sousa

Tondela: Bruno Sousa; Édson, Materazzi, Carlos André (Ericson 71') e Pedro Araújo; Fábio Pacheco, Tiago Barros, Luís Aurélio (William 75') e Piojo; Márcio Sousa e Dyego Sousa (Backar 46')
(Suplentes: Armando, Jô, William, Ericson, Fonseca, Backar e Cândido Costa)
Treinador: Vítor Paneira

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Batista (14), Dyego Sousa (25) e Barbosa (30).

@Record

Nenhum comentário: