patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

patrocinadores Oficiais do SC Freamunde

quinta-feira, 31 de maio de 2007

Presidente do Freamunde recomendou sucessores

«TRÊS CAPÕES» PARA UM POLEIRO
Depois de ter mostrado vontade em abandonar a presidência do Freamunde, Manuel Pacheco já prepara a sua sucessão. O nome do substituto vai sair de três nomes que o presidente recomendou para lhe sucederem.
O Freamunde poderá conhecer um novo presidente, na Assembleia Geral de amanha. Ao que O NORTE DESPORTIVO conseguiu apurar junto do ainda presidente do clube, Manuel Pacheco, existem três possíveis candidatos para lhe suceder na liderança do clube.“Eu já recomendei as três pessoas que eu considero mais capazes de assumir este cargo. Agora vamos esperar para ver o que vai suceder”, confessou Manuel Pacheco ao ND, acrescentando que “estes nomes já fazem parte da actual Comissão Administrativa”.Neste sentido, os dirigentes Maia da Costa, Alves Carneiro e Márcio Araújo são os nomes recomendados por Manuel Pacheco para assumir o comando dos destinos do clube. Ao que tudo indica, a decisão final foi tomada durante uma reunião que decorreu no dia de ontem, mas só na AG de amanha é que vai ser conhecido o nome do futuro presidente do Freamunde, como confidenciou Manuel Pacheco.Quanto ao lugar que irá ocupar na futura estrutura da CA dos «capões», Manuel Pacheco não se quis alongar muito, garantindo apenas que “em principio irei continuar a pertencer aos órgãos sociais do clube”.“Como presidente já está mais do que definido que não irei continuar. Para ocupar outro cargo e ajudar o futuro presidente estou totalmente disponível”, confidenciou Manuel Pacheco, adiantando que “o desgaste acumulado destes últimos dois anos são a principal razão para a minha decisão de abandonar a presidência”.Entretanto, Manuel Pacheco garantiu que “independentemente de quem assumir o cargo de presidente, a renovação do contrato de Jorge Regadas é a principal prioridade”: “Quer o Maia da Costa, quer o Alves Carneiro, quer o Márcio Araújo garantiram-me que pretendem a continuidade do treinador. É vontade de todos que o Jorge Regadas continue ao serviço do Freamunde”.Em relação a qual dos três nomes é que tem a sua preferência, Manuel Pacheco referiu apenas que “todos eles tem capacidade para continuar o bom trabalho que tem sido feito até aqui”.

terça-feira, 29 de maio de 2007

Assembleia geral do S.C.F.

No próximo dia 1 de Junho realiza-se uma assembleia geral do SC Freamunde, pelas 21.30 horas, na casa da cultura de Freamunde, com vista a encontrar uma nova direcção para o clube.
Existem momentos de extrema importância para o clube para alem dos jogos, e este é um deles, por isso, FREAMUNDENSE NÃO FALTES!!

domingo, 27 de maio de 2007

Reportagem IN "Jornal de Noticias"


Freamunde campeão após prolongamento

Local Estádio Municipal de Anadia

Árbitro António Resende (Aveiro), FREAMUNDE: TreinadorJorge Regadas Tó Figueira Coelho Rui Costa Marcão Eduardo Barbosa Filipe Raviola (Cadete, 69) Nelson (Oséias, 52) Milton (André Lisboa, 80) Bock

FATIMA:Treinador Rui Vitória Pedro Duarte Índio Paulo Filipe Samuel Andersson João Fonseca (Hugo Carvalho, 65) JoelMorgado Marinho (Rodrigo Dantas, 85) Devigor Carlos Manuel
Ao intervalo 0-0 Golos Oséias (97), Cartão amarelo Tó Figueira (83), Andersson (89), Filipe (91), Bock (105), Pedro Duarte (110), Eduardo (114) e Cadete (119) (após prolongamento)

O Freamunde sagrou-se campeão nacional da 2.ª Divisão, ao vencer, por 1-0, o Fátima, após prolongamento. Na final de Anadia, presenciada por cerca de dois mil espectadores, os pupilos de Jorge Regadas souberam aguardar pela sua hora e, através de um golo do suplente Oséias, levantaram o troféu.A qualidade do jogo não foi a melhor, talvez devido ao intenso calor, e foi necessário recorrer ao prolongamento, durante o qual o Freamunde foi superior. Os nortenhos acabaram por chegar ao golo, num lance resultante de um cruzamento da direita de Filipe, que Bock amorteceu para a oportuna entrada de Oséias.No final, Jorge Regadas, salientou o "mérito total" da sua equipa no final de uma "época e de uma recuperação notáveis". Já Rui Vitória admitiu que o Fátima esteve "abaixo do seu valor" e admitiu que os seus jogadores sentiram "algum cansaço". Jacinto Martins

Reportagem IN "Jornal O Jogo"

Marcão é das regras

Ansiedade por ser uma final ou só cansaço de final de época, o que é certo é que a maior parte dos jogadores, de um lado e do outro, não fez tudo o que sabe e pode. Exclui-se Marcão, Barbosa, Bock e Oseias, por parte do Freamunde, Anderson, João Fonseca e Joel, do Fátima. Destes, acentuou-se Marcão, um líder no centro da defesa do Freamunde, decisivo para que a sua equipa conseguisse anular um ataque forte (e goleador) como o do Fátima. Sobre os outros: Barbosa circulou bem a bola, Bock revelou-se perigoso e Oseias deu andamento ao ataque; Anderson defendeu bem e ainda foi à frente, João Fonseca segurou, até sair, a zona central e Joel mostrou-se interventivo.

Invasão foi pacíficaAnadia a azul e a grená

A festa foi a valer e fez-se a azul e a grená, as cores de Freamunde e Fátima, tudo ordenada e organizadamente. Uns dois milhares de pessoas, número que não é oficial, é a olho, não faltaram ao jogo do título e, muito provavelmente, eram mais os nortenhos, que até claque organizada têm. Também se viram, é óbvio, algumas personalidades, como Hermínio Loureiro, presidente da Liga, ou Amândio de Carvalho, vice da Federação, que foi a Anadia para entregar o troféu, no caso a Marcão, capitão da equipa do Norte. Já André Leão, reforço dos romenos do Cluj, e Taborda, guarda-redes da Naval, estiveram a torcer pelo seu ex-clube – jogaram, ambos, no Freamunde.

Jorge Regadas

Ninguém pensava que isto tudo era possível
Na sua série, o Freamunde chegou a ter mais de dez pontos de atraso, mas foi capaz de os reduzir até se apossar do primeiro lugar; depois, nos jogos da subida venceu o União da Madeira e no do título superiorizou-se ao Fátima, êxitos que deixam Jorge Regadas feliz da vida. “Ninguém pensava que poderíamos conseguir este percurso de sucesso. Isto é mérito de muita gente, mas é sobretudo mérito da grandiosidade e da generosidade dos jogadores”, disse o treinador dos nortenhos, “sem pressa de decidir” se fica no cargo, embora tudo indique que sim.

Rui Vitória

“Seguir em frente para conseguir mais vitórias”
Só nos dois jogos anteriores, os da eliminatória da subida, frente ao Real, o Fátima marcou sete golos; na decisão do campeonato, nem um e, já no prolongamento, deixou o Freamunde adiantar-se, irremediavelmente. “Foi um pormenor que fez a diferença, porque até aí as duas equipas equivaleram-se, batendo-se muito bem, umas vezes estivemos melhor, noutras esteve o Freamunde”, comentou Rui Vitória, sem demoras, orientando-se já noutra direcção: “Temos de seguir em frente para conseguir mais vitórias. Se fico no Fátima? Vamos conversar, logo se vê”.

Freamunde é o novo campeão nacional da 2ªdivisão


O Freamunde venceu ontem o Desportivo de Fátima por 1-0 e sagrou-se campeão da II Divisão portuguesa de futebol, em jogo que decorreu no Estádio Municipal da Anadia.

A partida terminou sem golos no final dos 90 minutos. Oseias marcou o tento da vitória no prolongamento (97 m).

Sem ser uma partida bem jogada durante a maior parte do tempo, as equipas foram-se anulando uma à outra, o Freamunde foi sempre a que mais procurou a vitoria, e a que arriscou mais para vencer, sendo no computo geral um resultado justíssimo. O Fátima perto do final dos 90 minutos, já estava a pensar no prolongamento, deixando o tempo correr sem grandes pressas, e no inicio do prolongamento já pensava nos penaltis. O Freamunde era a única equipa que pressionava para ganhar, e golo chegou após uma sucessão de lances perigosos na área do guarda-redes Pedro Duarte, Oseias apareceu e "fuzilou", dando a taça de campeão nacional aos capões de Freamunde.


Com arbitragem de António Resende (Aveiro), as equipas alinharam:

FREAMUNDE – Tó Figueira; Coelho, Rui Costa, Marcão, Eduardo, Barbosa, Filipe, Raviola (Cadete, 69 m), Nélson (Oseias, 52 m), Milton (André Lisboa, 80 m) e Bock.

FÁTIMA – Pedro Duarte; Índio, Paulo Filipe, Samuel, Anderson, João Fonseca (Hugo Carvalho, 65 m), Joel, Morgado, Marinho (Rodrigo Dantas, 85 m), Devigor e Carlos Manuel (Pimenta, 98 m).
26-05-2007 20:55

sexta-feira, 25 de maio de 2007

Grande final da 2ª divisão nacional

Sabado, 26 de Maio de 2007, 17 horas
Estadio Municipal da Anadia


SC Freamunde - CD Fatima





FREAMUNDENSES, TODOS A ANADIA APOIAR O NOSSO GRANDE SPORT CLUBE FREAMUNDE!!!!


terça-feira, 22 de maio de 2007

SC Freamunde - U. Madeira


FREAMUNDE 1-0 U.MADEIRA TVTUGA
Colocado por simaodcosta

Videos SC Freamunde - U.Madeira

Entrada das equipas em campo, e a coreografia da Brigata Azzuri.

WE ARE THE CHAMPIONS!!!

Jogadores e treinador em entrevista

Jorge Regadas, o presidente Manuel Pacheco, Milton e Bock em entrevista.


Jorge Regadas
ATRIBUI TODO O MÉRITO AOS JOGADORESDEMONSTRARAM UMA GRANDE AMBIÇÃO

Depois de uma notável recuperação que o levou ao topo da classificação, o Freamunde assegurou um lugar na Liga de Honra. A vitória sobre o União da Madeira, já no prolongamento, confirmou o «impensável». Vasco SamoucoChamado a meio da época para conduzir o Freamunde a um lugar tranquilo na tabela classificativa, Jorge Regadas estava longe imaginar que a esta hora estaria a festejar a subida à Liga de Honra. Em declarações a O NORTE DESPORTIVO, o técnico reconheceu que “a subida nunca foi um objectivo”.“O nosso principal objectivo era assegurar rapidamente a manutenção, mas quando aproximamos dos lugares cimeiros, começamos a acreditar que era possível algo mais”, referiu Jorge Regadas, acrescentando que “foi a partir do início da segunda volta do campeonato, altura em que o Pontassolense começou a perder gás, que o nosso objectivo começou a ser chegar à liderança”.


“É óbvio que beneficiamos dos maus resultados do Pontassolense, mas penso que não houve demérito da parte deles. O mérito desta conquista foi todo nosso”.Na hora da vitória, o comandante da nau freamundense não poupou nos elogios aos seus jogadores, considerando-os “os grandes obreiros desta conquista”: “Todos os jogadores, sem excepção, foram fantásticos. Acreditaram sempre que era possível chegar até aqui e demonstraram uma ambição sem limites”. Em relação à eliminatória final, frente ao União da Madeira, Jorge Regadas considerou o desfecho “justo”, enaltecendo a superioridade da sua equipa sobre os madeirenses: “Fomos muito superiores ao União, principalmente no primeiro jogo, na Madeira. Nestes dois jogos demonstramos a nossa superioridade e vencemos com muito mérito”.Ainda assim, Regadas não dá a temporada como terminada e não esconde a ambição de conquistar o título de campeão. “Era óptimo para a clube se nos sagrássemos campeões. Era a cereja no topo do bolo”, declarou o treinador dos «capões», que acrescentou estar ciente das dificuldades da partida: “Vamos defrontar uma excelente equipa, que ao longo de toda a época provou o seu enorme valor, mas acreditamos que temos possibilidades de conquistar o título”.


Manuel Pacheco:
JORGE REGADAS FOI UMA APOSTA GANHA
A subida à Liga de Honra, apanhou Manuel Pacheco de surpresa. O presidente dos freamundenses não contava com tamanho sucesso e não tem dúvidas quanto aos obreiros deste feito: “Estes resultados devem-se muito ao Jorge Regadas e a toda a sua equipa técnica, que, juntamente com os jogadores, foram os principais responsáveis por esta vitória”, acrescentando que a aposta em Jorge Regadas para substituir Carlos Pinheiro, “foi uma aposta ganha”.revista a "O Norte Desportivo"


Bock:
PARA MAIS TARDE RECORDAR
Após a chegada de Jorge Regadas ao comando técnico do Freamunde, o avançado Bock foi a único contratação do clube na reabertura do mercado. Coincidência ou não, o facto é que foi a partir daí que a equipa começou a trepar na classificação.“Foi pura coincidência. O mérito é todo desta equipa fantástica, que sempre acreditou que era possível subir de divisão”, afirmou Bock ao ND. Aos 29 anos, o avançado freamundense, que alcançou a quarta subida do seu currículo, não tem dúvidas em afirmar que “nenhuma se equipara a esta”: “É um campeonato para mais tarde recordar. A recuperação que conseguimos foi absolutamente fantástica e todas as pessoas de Freamunde merecem festejar”.Em relação aos factores decisivos desta conquista, Bock não tem dúvidas de que “a união do grupo foi chave do sucesso”: “Este grupo de trabalho é fantástico. Para além de ter muita qualidade, também tem uma ambição enorme”.Na hora da vitória, o ex-jogador do Vizela deixou uma palavra de conforto para o União da Madeira, equipa que, segundo Bock, “também merecia ter subido de divisão”: “É uma tremenda injustiça que uma das equipas tenha que ficar pelo caminho”, salientou.Quanto ao jogo da final, o avançado admite que “seria bonito conquistarmos o título”, mas considerou que “o principal objectivo das duas equipas já foi alcançado”. Mesmo assim, Bock assegurou que o Freamunde “vai fazer de tudo para ser campeão”.

Milton:
FOI UM GOLO MUITO ESPECIAL
Um dia depois de ter sido o herói de Freamunde, Milton ainda se mostrava eufórico com o feito alcançado pelos «capões»: “Foi uma felicidade enorme”, referiu ao ND.O autor do único golo da partida frente ao União da Madeira, que aconteceu já em tempo de prolongamento, admitiu que este “foi um golo especial”: “Nunca fui muito de marcar golos. Felizmente tive sorte de ter apontado o golo que nos deu a subida e fiquei muito feliz”.Milton reconheceu que ficou surpreendido pelo feito alcançado pelo Freamunde, já que, o grande objectivo da época nunca foi a subida. “No início da época, o nosso grande objectivo passava por conseguir a manutenção o mais rapidamente possível, mas com o decorrer do campeonato fomos acreditando que era possível chegar mais longe”.Na hora de atribuir méritos pelo feito alcançado, o avançado brasileiro considerou que “a entrada de Jorge Regadas foi muito importante”, mas não esqueceu o ex-treinador, Carlos Pinheiro, adiantando que “foi ele quem formou a equipa e, por isso, também tem a sua quota-parte de sucesso”.

segunda-feira, 21 de maio de 2007

Camadas jovens em grande!

Devido à azafama e intensidade futebolistica vivida este fim de semana em Freamunde só agora foi possível publicar aqui os resultados dos mais novos, mais concretamente juvenis e juniores.
Os juvenis venceram o jogo em casa frente ao Maia por 3-1. o Paços venceu também o seu jogo frente ao Salgueiros e continua na frente com mais um ponto do que os "capões". Na próxima jornada e ultima tudo ficará decidido aquando da recepção do Freamunde ao P. Ferreira.
Já os juniores, venceram também o seu jogo no passado sábado frente ao Barreirense por 2-0, e somam assim os 3 primeiros pontos. Neste momento o Merelinense lidera com 6 pontos, os 2ºs são o Freamunde e o Atlético com 3 pontos, o ultimo é o Barreirense com 0 pontos.
Na próxima jornada o Freamunde desloca-se ao terreno do Merelinense, e espera-se um bom resultado, que permita a continuidade da luta pelo titulo nacional.

Grande final realiza-se na Anadia

A final que apurará o campeão nacional da 2ª divisão entre o Freamunde e o Fátima, realiza-se na Anadia, no Estádio municipal Eng. Sílvio Henriques Cerveira, no próximo sábado às 17 horas.

O Estádio Municipal de Anadia possui condições técnicas para o estágio de qualquer equipa de futebol.
No âmbito do UEFA Euro 2004, foi centro oficial de treino, no qual estagiou a Selecção da Letónia e no campeonato da Europa de sub-21, realizado em Portugal, em 2006, recebeu a selecção da Dinamarca.


Instalações e Equipamentos:
Campo de relva natural de futebol de 11, com 105 x 68 metros.
2 Balizas oficiais de futebol de 11, aprovadas pela Federação Portuguesa de Futebol
2 Balizas oficias de futebol de 11, móveis.
4 Balizas de treino de mini-futebol.
2 Redes de protecção atrás das balizas fixas com 25 x 6 metros.
2 Bancos de suplentes com 14 lugares, modelo UEFA.
3 Balneários com casas de banho e duches para 25 jogadores.
1 Balneário para árbitros.
1 Balneário para técnicos.
1 Rouparia.
1 Gabinete administrativo.
1 Gabinete de Imprensa.
1 Gabinete médico.
Casas de banho femininas e masculinas no interior.
Camarotes para 50 pessoas.
Bancadas com lugares sentados para 6.500 pessoas.
Casas de banho femininas e masculinas no exterior.
Estádio totalmente fechado, com acesso para ambulâncias directamente ao relvado.
Iluminação artificial, para treinos e jogos com transmissão televisiva.
Bar com arrumos.
Estacionamento para 2.000 carros

«Supermacia deu frutos já no prolongamento»

IN "Jornal O Jogo"

A.M.
Foi preciso esperar 110 minutos para se ouvir a primeira explosão de alegria no Complexo Desportivo de Freamunde: uma jogada de Bock pela direita isolou Milton que, à entrada da área, rematou forte fazendo o único golo do encontro, aquele que garantiu a subida à Liga Vitalis da equipa da casa.
É verdade que, segundo os dois técnicos, a promoção das duas equipas era o mais correcto, mas a única vaga existente foi ocupada pelo Freamunde que foi sem dúvida a melhor dentro das quatro linhas. Os madeirenses mais realistas apostaram em retardar ao máximo o golo do Freamunde, raramente incomodando Tó Figueira. A excepção foi um remate ao poste de Vinícius aos 25´.
O Freamunde que, embora sem fazer um grande jogo, teve nos pés de Barbosa as oportunidades para fazer o golo. No recomeço, Regadas apostou ainda mais no ataque, com a entrada de Filipe e Milton, empurrando os madeirenses para o seu último reduto, mas a bola teimava em não entrar na baliza dos amdeirenses.
No prolongamento a equipa da casa foi, então, mais eficaz e acabou por chegar ao golo, mas já depois de Bock, por um lado, e Delfim, pelo outro, terem enviados bolas aos postes. Seguiu-se a festa, claro!

Jorge Regadas"A vitória do querer desta equipa"
No final da partida que deu a vitória ao Freamunde, o ambiente era de festa, com todos a reconhecer que a equipa da casa foi a melhor no cômputo das duas mãos. Jorge Regadas era um técnico feliz e não escondia a alegria por mais uma subida na sua já longa carreira" Quero aqui salientar que sei ganhar e sei perder. O União da Madeira não teve dignidade na forma como reagiu no final deste jogo. Estivemos a 14 pontos do Pontassolense e acabámos por ser campeões. Isto foi a vitória do sofrimento, do querer e do carácter desta equipa", concluiu Jorge Regadas.

Bruno Cardoso"Estamos tristes e com amargo de boca"
Nos balneários do União da Madeira vivia-se um clima de tristeza, estampada no rosto do treinador Bruno Cardoso. "Este campeonato é uma vergonha. Terminámos o nosso camponato com oito pontos de avanço para agora acabarmos desta maneira. O que fizemos hoje (ontem) dava para ganhar a eliminatória, mas esta situação é injusta. Estamos tristes e com amargo de boca. O Freamunde acabou por ser feliz e dou-lhes os meus parabéns", afirmou Bruno Cardoso.

CAMPEÕES!!!







CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES....CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES, CAMPEÕES!!!!!!!!

quarta-feira, 16 de maio de 2007

Que haja dignidade no jogo P.Ferreira-Salgueiros!

...o que eu duvido!

Quando as decisões finais do campeonato de juvenis se aproximam e algumas já estão mesmo decididas , uma pergunta me ocorre para o próximo jogo P. de Ferreira - Salgueiros: Facilitará o Salgueiros a vida ao Paços?? Temo que sim, depois de ter visto e ouvido algumas acções e comentários no ultimo Salgueiros - Freamunde, tais como: um dirigente do clube da casa falando para um amigo nestes termos " puta que os pariu o Freamunde, quiseram jogar meia parte com as bolas deles e só a outra meia com as nossas, é sempre a mesma merda com estes gajos, já que não temos hipóteses de subir que suba o P. Ferreira!!". Logo de seguida o jogo termina e os ânimos aqueceram e até foi preciso reforço policial para a equipa do freamunde conseguir vir embora!
Como transparece, as relações entre salgueiros e Paços são óptimas, já com o Freamunde...péssimas, logo, parece-me que os castores no sábado vão ter uma tarde descansadissima!
Como diz o Jorge Jesus (treinador do Belenenses)," o fair-play no futebol é uma treta" e talvez sábado à tarde em Paços de Ferreira se confirme isso mesmo!
Contudo espero que os jovens salgueiristas honrem aquelas históricas camisolas e que dignifiquem a velha "alma salgueirista", se é que ela ainda existe, e que não dêem razão a Jorge jesus ...e a mim também.

Bilhetes à venda

Os bilhetes para o jogo entre o Sport Clube Freamunde e Clube Futebol União, Futebol SAD a contar para o play-off do Campeonato Nacional 2.ª Divisão, já estão à venda na secretaria deste Clube desde Segunda-Feira.

Os preços são os seguintes:

Bancada Central - 9.00 €
Superior Central - 7.50 €
Cartão Jovem - 4.00 €

segunda-feira, 14 de maio de 2007

U.Madeira 1-1 Freamunde

IN: Jornal da Madeira

União cede empate ante Freamunde e complica as contas da subida

Tudo mais difícil...

Já seria previsível, mas na partida de ontem, ficou confirmado. O Freamunde tem realmente um boa equipa e será muito difícil ao União de alcançar os seus propósitos.Todavia, essa visão poderá ser também vista pela ordem inversa, ou seja, não será nada fácil aos nortenhos subirem de divisão. Em suma, o equlíbrio é a tónica dominante, embora se reconheça agora, alguma vantagem do Freamunde, após o empate alcançado nos Barreiros.Os nortenhos efectuaram uma primeira parte de bom nível, criando inúmeros problemas ao extremo-reduto do União.Logo aos 6 minutos, Bock deu o mote, num remate defendido com os pés por Nuno Carrapato. No minuto seguinte, a sorte acompanhou o União, quando após um canto, a confusão instalou-se junto á baliza, mas a bola caprichosamente saiu junto ao poste.O União não conseguia as “rédeas” do jogo e eram os forasteiros os conjunto mais perigoso. Perigosidade essa, que foi confirmada aos 21 minutos, num remate de Bok à barra.Os visitantes já faziam por merecer o golo, o que haveria de acontecer à passagem dos 23 minutos, por Bok após um livre superiormente apontado por André Lisboa.O União pareceu atordoado e tardou em responderl.
Todavia, aos 32 minutos, Eduardo derrubou inequivocamente Edgar Costa no interior da área. Grande penalidade que Hermes converteu eficazmente, restabelecendo a igualdade.Com o golo, o União cresceu e até ao intervalo foi o conjunto mais incisivo, embora sem criar perigo eminente.A segunda parte foi muito menos intensa, morna e onde o Freamunde procurou gerir o resultado, arriscando muito menos.Não obstante, foi a primeira equipa a criar perigo, quando aos 48 minutos Milton cabeceou, para defesa atenta de Nuno Carrapato.
O União procurava o golo, mas sempre muito ansiosamente e sem grande lucidez e fluidez, o que beneficiava a segura e prática defesa do Freamunde. E foram mesmo os visitantes a estarem perto do golo, num cabeceamento ao poste, do inevitável Bok quando estavam decorridos 79 minutos de jogo.
Nos minutos finais e mesmo reduzido a dez, o União tentou chegar ao golo, que poderia ter acontecido, primeiro num remate de Steve e depois num cabeceamento de Belic.Arbitragem habilidosa. Na dúvida, penalizava sempre os madeirenses.
«Acusámos algum nervosismo»
Bruno Cardoso (treinador do União): «Sem dúvida, que com este resultado a vida fica mais complicada para nós. A equipa demonstrou um certo nervosismo ao longo da primeira parte. Tentámos sempre trabalhar o aspecto anímico, para que no jogo não estivessem tão ansiosos e nervosos. Mas um facto, é que não conseguiram esconder isso, agravado pelas dificuldades impostas pelo nosso adversário. Houve alturas em que não aprecia a nossa equipa. Não estivemos bem, até atendendo ao que vinhámos fazendo nos últimos jogos. De alguma forma, conseguimos melhorar na segunda parte, mas não foi o suficiente para vencermos. Todavia, as ilações tiradas no jogo de hoje (ontem) serão muito úteis para o próximo domingo».
«É lamentável que uma destas equipas fique pelo caminho»
Jorge Regadas (treinador do Freamunde): «Estou medianamente satisfeito com este empate. Temos agora a possibilidade de em casa vencermos este play-off. É lamentável que uma destas equipas fique pelo caminho, por culpa dos nossos dirigentes federativos».

domingo, 13 de maio de 2007

Juvenis vencem Salgueiros




O SC Freamunde venceu esta manha a equipa do salgueiros por 0-1 e continua na perseguição do líder P.Ferreira que também venceu pelo mesmo resultado no terreno do Maia. O Freamunde mostrou durante todo o jogo que era superior ao seu adversário e venceu com toda a justiça, no final do jogo os ânimos estavam bastante quentes com jogadores e publico a chegarem a vias de facto!
A luta agora resume-se a Freamunde e P.Ferreira com 9 e 10 pontos respectivamente, com tudo previsivelmente a ser decidido na ultima jornada quando o Freamunde receber no seu terreno o Paços.
Classificação:
1. P.Ferreira - 10 pontos
2. Freamunde - 9 pontos
3. Maia - 3 pontos
4. Salgueiros - 1 ponto

Começar com o pé esquerdo!

A equipa júnior do SC Freamunde perdeu ontem no terreno do Atlético CP por 1-0, a contar para a 1ªjornada da 3ªfase do campeonato nacional da 2ªdivisão.
No outro jogo, o Merelinense foi vencer ao terreno do Barreirense por 1-2 e comando a tabela com 3 pontos, juntamente com o Atlético.

sábado, 12 de maio de 2007

"Nem o adepto mais fanático acreditava"


IN Jornal de Noticias"
POR: Miguel Pataco
FOTO: Fernado Timoteo


O plantel do Freamunde respira confiança antes dos duelos com o União da Madeira. Na antecâmara da primeira mão dos playoffs de apuramento para a Liga de Honra, amanhã no Funchal, o capitão da equipa, Marcão, salienta a recuperação "extraordinária" protagonizada pela equipa da cidade dos capões na segunda metade da Série A da 2.ª Divisão e garante toda a confiança para os desafios que se avizinham."Acho que nem o adepto mais fanático acredita que isto fosse possível. A nossa segunda volta foi fantástica e julgo que a presença nesta eliminatória é um prémio mais do que justo", referiu, ao JN, o central brasileiro que representa o Freamunde há já cinco temporadas. "Este já é o meu clube de coração e espero ter a oportunidade de vestir esta camisola na Liga de Honra. Para isso, temos de encarar estas duas finais com o União da Madeira com optimismo, mas também com muito respeito". Quem conhece bem a realidade do clube madeirense é Oséias, autor do golo, no último minuto, em Bragança que valeu ao Freamunde o primeiro lugar da Série A e afastou o Pontassolense da segunda fase da prova. "Foi uma alegria muito, muito grande. Este golo valeu toda uma época e dedico-o a todos os adeptos que nos deram muita força nesta fase final da temporada. Já joguei no União e sei que é uma equipa que nunca vira a cara à luta, mas, com todo o respeito, vamos procurar o apuramento para a Liga de Honra", afirmou o melhor marcador da equipa, com 13 golos. Se os golos de Oséias foram importantes para o apuramento do Freamunde, o mesmo se pode dizer das defesas de Tó Figueira. "Aproveitamos da melhor forma a quebra do Pontassolense e agora temos de estar tranquilos para os jogos com o União da Madeira. Não conheço muito da equipa madeirense, mas sei que vai ser muito difícil, até porque qualquer uma das quatro equipas apuradas para os playoffs merecia subir de divisão. Estas eliminatória são injustas", afirmou o guarda-redes.

Orlando lesionado

"In jornal A Bola"



Orlando está indisponível para defrontar o U. da Madeira no 1º jogo dos playoff de acesso à liga vitalis, após lesão num joelho durante um treino da equipa.
Sendo assim o jogador será uma baixa importante na difícil deslocação ao Funchal já amanha.

Juvenis em jornada importantissima!

VS

Os juvenis do SC Freamunde têm no próximo domingo uma deslocação muito difícil ao terreno do Salgueiros, que se encontra na ultima posição e em caso de derrota diz adeus por completo a uma possível subida aos escalões nacionais.
O Freamunde tem que vencer para não deixar fugir o líder P.Ferreira que se desloca à Maia, ou ultrapassa-lo em caso os pacenses percam.


O jogo realiza-se no campo emprestado do Sra da Hora e tem inicio ás 11 horas do próximo Domingo.

Força rapaziada!!!

Inicio da ultima etapa


Tem amanha inicio a ultima etapa da grandiosa carreira que a equipa júnior do SC Freamunde está a realizar, com a deslocação a Lisboa para defrontar o Atlético Clube de Portugal.

Esta fase que vai juntar os 4 campeões de serie tendo em vista o apuramento do campeão nacional da 2ªdivisão, sendo que estas 4 equipas têm já a subida à 1ªdivisão garantida.


Os jogos da 1ª jornada são os seguintes: Atlético-Freamunde e Barreirense-Merelinense.


Força!! O titulo vai ser nosso!!


sexta-feira, 11 de maio de 2007

Vençam por nós!!

Aproxima-se a fase decisiva da luta pela subida, a tarefa é árdua, mas foram vocês jogadores com a vossa luta e garra que nos colocaram neste sonho por isso agora, FORÇA, tornem-no realidade!!
Muitos de nós estarão aí convosco nessa dura batalha, mas todos os outros estarão aqui a milhares de kms juntos numa só voz a gritar por Freamunde, bem sabemos que estas vozes não se vão fazer ouvir aí, mas queremos que as sintam na vossa mente como se elas aí estivessem!
Nunca vos deixaremos sozinhos... lutem por vós e por nós!!!

FORÇA FREAMUNDE!!!

Freamundenses, deixem aqui uma palavra de de incentivo aos nossos jogadores.

terça-feira, 8 de maio de 2007

Questionário

Foi colocado um questionário na barra lateral direita do blog questionando todos os freamundenses e não só, sobre quais as reais possibilidades do SC Freamunde subir à Liga Vitalis.
Por isso meus amigos, toca a responder!

segunda-feira, 7 de maio de 2007

Mais videos de Bragança!

O inicio do jogo Bragança - Freamunde



O final do jogo Bragança - Freamunde

primeiro jogo do play-off na Madeira

O sorteio do calendário para os Play-off de acesso a Liga Vitalis, foi hoje realizado, e a sorte ditou o seguinte:
Dia 13 de Maio, 16.00 horas U. Madeira - SC Freamunde
dia 20 de Maio, 17.00 horas SC Freamunde - U.Madeira

Juvenis sofrem primeira derrota

A equipa de juvenis do Freamunde sofreu a 1ª derrota na fase final do campeonato frente ao P. Ferreira, por 1-0, assim os jovens "capões" viram-se ultrapassados na classificação, e passam a ocupar a 2ª posição na tabela.
No outro jogo deste mini-campeonato o Maia derrotou o Salgueiros por 2-0.
A classificação está agora ordenada da seguinte forma:

1. P.Ferreira-7 pontos
2.Freamunde-6 pontos
3.Maia-3 pontos
4.Salgueiros-1 ponto

Na próxima jornada o Freamunde desloca-se ao campo do Sra da Hora para defrontar o Salgueiros, enquanto o Maia recebe o P. Ferreira.

Festa em Bragança

Grande vitória do Freamunde, mais uma, sofrida mas justa, a emoção e a euforia redobram mas o coração assim sofre demais! O SC Freamunde entrou no jogo mais uma vez bem, e criou algumas boas oportunidades que não conseguiu concretizar, depois o jogo começou a ser mais dividido, e assim continuou até final da 1ª parte. O Pontassolense vencia por 3-0 e os nervos começavam a apoderar-se de todos, o tempo passava e o tão ansiado golo não surgia, até que ao minuto 76` Diogo acabado de entrar punha em delírio as varias centenas de adeptos que se deslocaram a Bragança. Contudo um "balde de agua fria" ainda estava para vir, o GD Bragança através de um pontapé de canto restabelecia a igualdade...mas os freamundenses continuaram a acreditar, e a "Brigata Azzuri" e todos os que a eles se juntaram tiveram um papel importantíssimo na revira-volta, e mal a bola foi ao centro o apoio continuou ainda mais forte!
O freamunde voltou a "carregar" e enviou uma bola a Barra da baliza de Ximena, e pouco tempo depois a vitoria acabaria por acontecer, Oseias a passe de Milton marca o golo...e os freamundenses deliraram, nunca tinha assistido a uma manifestação de vitoria tão entusiasta, toda a gente se abraçou, alguns choraram, outros caíram na confusão, mas que importava?! O NOSSO SC FREAMUNDE tinha ganho, e toda a gente estava-se "borrifando" para o resto!

O Freamunde jogou com: Tó Figueira, Eduardo, Marcão, Orlando e Cadete (André Lisboa), Nelson (Oseias),Barbosa,Brandão (Diogo), Filipe, Milton e Bock.

Agora vem o U. da Madeira e todos juntos, jogadores, adeptos, direcção, escreveremos mais uma linda pagina na historia de Freamunde e do SC Freamunde.

VIVA Freamunde!
VIVA o SC Freamunde!



Podem assistir a um resumo do jogo aqui

sábado, 5 de maio de 2007

Bragança 1-2 Freamunde

Hoje não consigo "postar" nada , o meu coração ainda está a bater a 1.000/h...este Freamunde mata-nos, mas felizmente ganha, ainda que no final!
Prometo que quando recuperar, amanhã ou depois,escreverei umas notas e colocarei aqui uns vídeos.

quinta-feira, 3 de maio de 2007

Nova revista do SC Freamunde


Foi lançada no passado jogo frente ao Ribeira Brava mais uma grande iniciativa do SCF: uma revista que é uma espécie de 2 em 1, ou seja, serve de numero para o sorteio da bola de jogo e analisa ao mesmo tempo o jogo a que todos vão assistir, dando informações e estatísticas, quer sobre a cidade e a equipa da casa (Freamunde), quer sobre a cidade e equipa visitante.
O 1º nr. da revista registou-se diante do R. Brava e, revelou-se um enorme sucesso, as revistas esgotaram.
Esperemos que esta iniciativa se mantenha por muitos anos, para alem de ser útil a todos os espectadores poderá ser também uma boa fonte de receita para o clube.
Ficam os parabéns á comissão administrativa por mais esta brilhante ideia, que podendo não ser inédita, será com certeza rara nos clubes nacionais.
Bem hajam!

quarta-feira, 2 de maio de 2007

O regresso da Brigata Azzuri


A claque Brigata Azzuri afecta ao Freamunde, regressou aos estádios, depois de largos meses de ausência os elementos regressaram como uma verdadeira claque, as bandeiras e estandartes que se encontravam no fundo do baú saltaram cá para fora , esvoaçaram ao vento e deram um bonito colorido ao jogo. Apesar da longa ausência, as gargantas apareceram afinadas e os cânticos bem ensaiados.

Fica apenas um senão: será que alguns elementos da Brigata serão apenas adeptos das vitórias? O regresso do apoio não deveria ter acontecido um pouco mais cedo e não apenas na penúltima jornada?

Contudo é de salutar o seu regresso, tarde ou cedo, e espero que o apoio continue forte em Bragança, na possível final e em todos os jogos, quer da próxima época quer de todas as que se seguirem.

Um bem haja à Brigata Azzuri!

Nova vitória dos juvenis


Os juvenis do SC Freamunde alcançaram nova vitória, desta feita fora de portas, mais concrectamente no terreno do FC Maia, 0-2 foi o resultado, numa tarde em que a chuva não deu tréguas.

Com este resultado, o Freamunde isolou-se na liderança da prova, da qual apenas o 1º classificado atingirá o campeonato nacional da categoria.

No outro jogo o salgueiros não foi além de um empate a zero com o P. Ferreira.

Na próxima jornada haverá o "escaldante" jogo: P.Ferreira - SC Freamunde ás 11 horas de domingo, dia 6 de Maio, em caso de vitória o Freamunde dará um passo de gigante rumo a mais uma subida esta época nos escalões jovens.

Neste momento o Freamunde comanda com 6 pontos, o Paços está em 2º lugar com 4 pontos, o Salgueiros em 3º, com 1 ponto e em último o Maia ainda sem pontos somados.

terça-feira, 1 de maio de 2007

Juniores vão disputar o titulo de campeão


Os juniores vão disputar o titulo de campeão nacional da 2ª divisão,, após terem vencido a equipa açoriana do barreiro por 2-1. A vitória foi alcançada apenas no último minuto da partida por intermédio de Luís Pedro. O Barreiro mostrou em Freamunde que tem uma boa equipa e dificultou e de que maneira o triunfo freamundense.
Tendo obtido assim o 1º lugar da serie, o Freamunde disputará a ultima fase da competição, a taça de campeão é agora o próximo objectivo! Os adversários do Freamunde na 3ª e última fase serão o Merelinense (um velho conhecido), Barreirense e Atlético.

Parabéns rapazes!!

Ficam os agradecimentos ao Jaime Moura pelo envio das fotos do jogo e as nossas desculpas pelo atraso na publicação das mesmas.

Quem quiser colaborar com o blog pode enviar todo o tipo de material que de algum modo seja do interesse dos freamundenses, para: freamundeallez@hotmail.com.

Jogo decidido cedo






SC Freamunde 2-0 Ribeira Brava

O Freamunde entrou no jogo a todo o gás, talvez impulsionado pelo muito publico que compareceu ao seu estádio, e ao quarto de hora do jogo já vencia o seu adversário por 2-0, chegou a pensar-se mesmo na goleada! Contudo tudo não passou de uma mera suposição, e o resultado não mais se alterou, o freamunde começou a jogar de uma forma mais lenta e até ao intervalo o Ribeira Brava de "bravo" também não teve nada!
Na 2ª parte o jogo continuou incaracterístico, muito desenrolado no centro do terreno, as substituições operadas por Jorge Regadas pouco mexeram com a equipa que apenas tentou controlar o jogo e o resultado. O Ribeira Brava na parte final do encontro teve mais posse de bola mas nunca conseguiu criar perigo junto da baliza de Tó Figueira.
Excelente arbitragem.